Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Gia Gunn | 30 Dias em Transição pt9

Gia Gunn realizou um especial entitulado “30 dias em transição”, em que relata sobre seu processo de transição, confira a nona parte.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 2 min de leitura

“30 dias em transição” é um compilado especial de Gia Gunn relatando seu processo de transição. Confira a seguir a nona parte.

25º Dia (25 de abril) | EMPODERAMENTO

Desde que comecei minha transição, ganhei um grande senso de empoderamento. Eu sinto que ser transgênero é uma bênção e algo para se orgulhar, já que é preciso muita força para sair todos os dias com a possibilidade de ser comparada a mulheres e homens biológicos. Desde que me apresentei com a minha verdade e fiquei sabendo quem eu realmente sou, aprendi a abraçar todos os aspectos da minha vida e agradeço a todas as mulheres fortes e poderosas neste mundo que me influenciaram a ficar de pé diante de vocês como uma orgulhosa mulher transgênero japonesa e americana!

>  Who's That Queen? Nina Flowers

26º Dia (26 de abril) | LIBERDADE

Apesar de toda a sua identidade de gênero ou preferência sexual, é sempre importante se sentir bem com a sua verdade. Quando me assumi depois dos 15 anos sendo gay, o peso nos meus ombros era mais leve. Mas sair com a minha verdade de ser transexual me deu uma grande sensação de liberdade. Avançar com a sua verdade pode ser um pouco assustador ou talvez não por razões familiares, da sociedade e do público em geral. Mas no final do dia, para viver uma vida autêntica, temos que ser honestas com a gente mesmo e nos orgulhar de nossas vidas e do que fazemos. Há muitas pessoas neste mundo que passam uma vida vivendo sem a sua verdade e eu não quero isso para você. Espero que com estes 30 dias de transição você possa se inspirar para viver uma vida mais confortável de quem você é sem arrependimentos.

>  Entrevista: Art Simone fala sobre Drag Race Down Under

27º Dia (27 de abril) | PASSABILIDADE

Como um indivíduo trans, existe uma grande pressão para ser o mais “passível” possível. Três anos depois da minha transição, não sinto mais a necessidade de atender às expectativas da sociedade sobre o que as mulheres são, quanto mais parecer. Eu sinto que somos mulheres livres para nos vestir e parecer como quisermos. Eu percebi que a maioria dos indivíduos trans que são elogiados na cultura de hoje são aqueles que são mais convincentes e fisicamente capazes de se comprometer totalmente com sua identidade de gênero. Embora isso possa ser uma meta para alguns de nós, não é necessariamente assim para toda a comunidade. Devemos respeitar todas as pessoas e identidades de gênero!

>  13 temporadas de Drag Race ensinaram RuPaul a ser mente aberta

Confira as demais partes deste especial (você acabou de ler a parte 9):

Pt1 | Pt2 Pt3 | Pt4 | Pt5

Pt6Pt7 | Pt8 | Pt9 | Pt10

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

Delta Work parou de fazer as perucas de RuPaul em Drag Race por questões sindicais, vem entender todo o babado.

Drag Queens

“A luta ainda está aí”, cinco vencedoras - Symone, Jaida Essence Hall, Yvie Oddly, Monét X Change e BeBe Zahara Benet - organizaram uma...

RPDR

De BeBe Zahara Benet a Aquaria e todas as concorrentes no meio, descubra o que as dez primeiras vencedoras de RuPaul’s Drag Race estão...

Celebridades

Do vasto repertório musical de Britney Spears, oito músicas foram utilizadas para lip syncs em RuPaul’s Drag Race. Quais são elas? #FreeBritney

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.