Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Babados

Miss Fame denuncia racismo de Jeffree Star

Miss Fame denuncia comportamento racista de Jeffree Star e sugere que seus seguidores consumam outras marcas de maquiagem.

Compartilhe!
🕓 6 min de leitura

Desde que o movimento #VidasNegrasImportam ganharam força mundo a fora, várias celebridades tem demonstrado seu apoio ao povo preto, seja mudando atitudes, fazendo doações ou assumindo erros racistas do passado que precisam melhorar. Nessa onda também entram aqueles que expõem comportamento racistas de terceiros, pedindo que se retratem e sejam responsabilizados. E foi o que Miss Fame fez ao exigir que o guru das maquiagens Jeffree Star se responsabilize por seu comportamento racista que não é novidade e tem sido recorrente ao longo dos anos, mas que graças ao seu privilégio branco segue impune.

A rainha da sétima temporada de RuPaul’s Drag Race que também é referência entre maquiadores famosos tem usado sua plataforma para não só expor Jeffree, como também indiciar a seus seguidores marcas de maquiagem que pertencem a pessoas pretas.

Para quem não conhece, Jeffree Star é uma pessoa LGBT muito famosa e poderosa no ramo das maquiagens, que tem um longo histórico racista. Ele já se desculpou por isso, mas sempre é exposto por mesmo após emitir desculpas públicas continuar com seu comportamento racista.

“PAREM DE APOIAR MONSTROS”

O título acima Miss Fame usou como legenda para postar a seguinte declaração em suas redes:

“Nota séria para esses grandes influenciadores com um longo passado problemático, infratores reincidentes, que prosperam com controvérsias promovendo a si mesmos e suas marcas. Errados são eles por serem destrutivos e tóxicos, seguido de desculpas oportunas no YouTube na tentativa de se redimirem e se mostrarem humildes e limpos de sujeiras para um movimento, enquanto monetizam para ganho próprio.

Cabe a nós expor os monstros, e interromper o apoio as suas contribuições tirânicas  para nossas comunidades. Tirem deles seu falso poder ao focarem suas energias nas pessoas de valor… que estão mudando o planeta para melhor.

Seja a mudança que o mundo precisa, isso começa com você e comigo. Juntos podemos trazer a frequência e resetar o tom para vivermos em amor… além disso há várias outras marcas/produtos por aí que são tão boas quanto, se não melhor que daqueles ‘favoritos problemáticos’”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A maquiadora então continuou com com diversas mensagens que podem ser lidas a seguir.

>  The Vivienne não aceita se apresentar no The X Factor por falta de pagamento, mas Baga Chips aceitou
>  S10 | Aquaria se pronuncia sobre polêmica com The Vixen no Untucked

“Tenho usado o link deslizante para cima do Instagram para destacar marcas de beleza que pertencem a pessoas negras e queer… meus amigos e familiares. Visite os stories do meu IG para ver essas incríveis linhas de cosméticos. Não há motivo para continuar apoiando “favoritos problemáticos” que estão contribuindo com veneno para nossas comunidades”.

“Quantas desculpas estamos dispostos a aceitar de Jeffree Star em relação a seu passado problemático? Ele é um reincidente e é tóxico. Hora de mudar. (Leia o post anterior para entender o contexto)”.

A rainha postou a seguinte este imagem, com o rosto de Jeffree censurado, junto a mensagem acima.

“Este vídeo foi deletado do meu twitter. Hora de responsabilizar o Jeffree Star. #VidasNegrasImportam #MêsDoOrgulho”

“Vejo suas desculpas oportunas pelo seu histórico tóxico repetitivo e conteúdo problemático Jeffree Star. Uma tática manipuladora para limpar sua imagem enquanto pondera para o seu público. Eles tem perdoado você de novo e de novo. A mim não enganou. Hora de responsabilizá-lo por esse comportamento inaceitável”.

Junto ao post acima ela acresceu o texto a seguir.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Reserve um tempo para demonstrar solidariedade com o #VidasNegrasImportam, Vidas Negras Trans Importam e o mês do Orgulho LGBT. É crucial que olhemos para nosso interior e vejamos as mudanças que precisam ser feitas, com relação a opressão na nossa sociedade e nossas comunidades. Ao destacar empresários pretos e LGBTs que investem em energia positiva com relação a integridade de seus produtos, nós podemos contribuir para modificar e fortalecer a comunidade.

Assim como, é nossa responsabilidade responsabilizar as pessoas tóxicas e problemáticas. Como consequência disso, eu removi a transformação ’Painted By Fame’ com Jeffree Star do meu canal do YouTube (gravado há 4 anos), já que o repetitivo comportamento racista flagrante de Jeffree Star continua a ser exposto. É hora de pegar a responsabilidade nas nossas mãos e reorientar a energia para as pessoas de valor e integridade. Vamos expor os opressores e começa a reconstruir nossa linda comunidade.

A hora é agora, a mudança está aqui”.

>  Todrick Hall se defende das sérias acusações que tem sofrido
>  Rainhas de Drag Race revelam quais perguntas odeiam em entrevistas

 

“Às minhas irmãs de RuPaul’s Drag Race que filmaram com Jeffree Star! Eu gravei com ele 4 anos atrás, eles me convidaram para um #PaintedByFame. Excluí todo o conteúdo do Jeffree Star, seu comportamento tóxico e racista repetitivo, com desculpas oportunas de ingenuidade para monetizar as vendas de seus produtos, eles devem ser responsabilizados. #BLM”

Miss Fame possui mais de um milhão de seguidores em seu Instagram e estes são alguns exemplos das marcas de maquiagem de pessoas pretas que a drag tem divulgado em seus stories.

Miss Fame ainda cobrou posicionamento de outras RuGirls que já trabalharam com Jeffree Star, que foram mencionadas por um seguidor.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“O que acham… Trixie Mattel, Gigi Goode, Aquaria, Laganja Estranja, Adore Delano e Alyssa Edwards”.

The Vixen, ativista negra super ativa nas redes sociais, até elogiou a iniciativa de Miss Fame, citando um dos tweets da maquiadora.

“Mais disso, por favor! Também digo que a Miss Fame foi a primeira rainha a me enviar maquiagem e isso pode parecer pequeno, mas validou tanto [meu trabalho] e significou o mundo, porque as meninas negras geralmente não recebem esse tratamento. Glória”.

Fame respondeu com: “Estou aqui para você, mana”.

Teve fã que questionou o momento oportuno de Miss Fame se manifestar e The Vixen saiu em defesa dela.

Cleo: “Fofo para a Fame, mas o Jeffree Star não é um racista explícito e conhecido há mais de 4 anos? Bom para ela abrir os olhos, mas”…

Vixen: “Você precisa deixar o progresso… progredir”.

Cleo: “Eu apenas sou crítico as pessoas que ignoraram essa merda até elas, absolutamente, não poderem mais ignorar. Contudo, eu te escuto”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Vixen: “Eu te entendo, mas nós precisamos superar o ressentimento, o objetivo sempre foi ter todo mundo do nosso lado. Nunca é tarde para fazer a coisa certa.

Cleo: “Te entendo”.

Miss Fame ainda expôs como famosos problemáticos lucram com seus pedidos de desculpas públicos.

“Quando seus favoritos problemáticos postam vídeos de desculpas no canal deles, eles estão lucrando (sendo pagos) com visualizações. É assim que os YouTubers se tornam milionários. Assistindo a qualquer conteúdo, incluindo suas falsas desculpas, torna-os ricos. Pare de apoiar monstros… Vá assistir conteúdo de influenciadores negros… marquem e colem aqui os links dos seus favoritos, do YouTube, Twitter e Instagram”.

Jeffree Star, que recentemente gravou vídeo com Gigi Goode da S12 de Drag Race e causou polêmica (leia aqui), ainda não se manifestou sobre as declarações de Miss Fame.

Hora de ficar bem Goode. Novo vídeo sendo transformada em Gigi Goode sai sábado (30 de maio).

>  Monét faz curta aparição em novo clipe de Madonna
>  Yvie Oddly rebate críticas de Katya à sua arte drag

Neste momento o mundo da maquiagem dos EUA sofre uma grande “revolução” com vários maquiadores famosos sendo expostos por comportamentos problemáticos, especialmente racistas. Os consumidores tem exigido não só que essas figuras sejam responsabilizadas, mas também punidas, com as pessoas deixando de consumir produtos que enriquecem racistas.

Como gostaria de ver artistas brancos LGBTs brasileiros agindo como a Miss Fame, denunciando famosos e marcas racistas, recomendando marcas de pessoas negras. Mas aqui rola o contrário, os brancos correm pra se defenderem e aos amigos racistas também, “poxa gente, perdoa, quem nunca errou?”. Choices que a vida cobra!

Miss Fame tem mostrado na prática como um aliado do Movimento Negro deveria agir, usando seu privilégio branco e grande plataforma para denunciar pessoas racistas que são poderosas e ainda divulgar o trabalho de pessoas pretas. Fica a lição!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Para ler mais notícias sobre racismo no universo de Drag Race clique aqui.

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

Yvie Oddly rebateu as críticas de Katya e também do fandom à sua forma de arte, apontando que tem racismo por trás de tanta...

Babados

E o fandom tóxico de Drag Race faz mais uma vítima, pois Widow Von’Du revelou que vai se afastar da carreira drag devido aos...

Babados

Jeffrey, jurado de Canada’s Drag Race, tem sofrido inúmero ataques de ódio e The Vixen saiu em sua defesa, acusando o fandom do show...

Babados

A produção de RuPaul’s Drag Race publicou nota contra os ataques de ódio que o fandom do show tem cometido contra as rainhas e...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.