Monét faz curta aparição em novo clipe de Madonna

O novo clipe de Madonna é polêmico por sua mensagem (controle de armas) e por ter causado a demissão de Monét de uma turnê. Porém os bastidores do clipe reservam outros babados.

Modo Noturno

Vocês lembram do babado da Monét que por ter gravado um clipe da Madonna foi excluída da turnê The Haters Hoast? Se não lembra, leia aqui.

Pois bem, várias drag queens receberam a mesma oferta que Monet, para participar do videoclipe de Madonna, algumas delas foram Miss Fame e Thorgy Thor. Mas pelo visto a gravação do clipe não foi tudo isso.

Segundo Willam, em seu podcast com Alaska, Race Chaser, Monet ficou chocada pelo tratamento recebido no videoclipe de Madonna, pois ela acabou ficando ao fundo como figurante e não teve um bom destaque como esperava, virou participação extra.

Monét sequer conheceu Madonna pessoalmente.

Monét aos 4min9seg no clipe God Control.

Além de Monét X Change e das demais drags virarem figurantes no clipe de Madonna, poucas delas apareceram na versão final do clipe. Na verdade eu identifiquei apenas Monét e em frames curtíssimos aos 4min9seg e 5min12seg. Assim a campeã do All Stars 4 abriu mão de uma turnê para aparecer durante poucos segundos como figurante no clipe de Madonna.

Monét aos 5min12seg no clipe God Control.

De qualquer forma a Murray & Peter Present errou muito ao demitir Monét e desencadeou a revolta de vários fãs e drags que expuseram os podres da empresa no tratamento com sua equipe (leia aqui).

Ainda sobre o podcast, Alaska perguntou a Sharon se ela toparia aparecer no videoclipe com Madonna e Sharon respondeu: “Bem, Madonna apareceria no meu videoclipe?”. Confira a curta aparição de Monét.

>  Madonna recruta queens de Drag Race para novo clipe
>  Acidente falso de Robbie Turner vira meme e recebe shade de outras drags
>  AS4 | Monet e Trinity denunciam imagem racista criada por fãs brasileiros

GOD CONTROL

A mensagem de God Control é muito importante. O clipe, dirigido por Jonas Åkerlund, foca em um tiroteio em massa em uma boate. Há um aviso no início do clipe informando que ele é “muito perturbador” e mostra “cenas gráficas de violência armada” – então não assista se você é afetado por essas imagens. Sobre o novo lançamento Madona declarou:

“Essa música é chamada God Control, e é sobre controle de armas, algo que eu me sinto muito afetada. A ideia da música é que eu estou falando de algo muito sério, mas a música é disco. É irônico, porque costumávamos ir a lugares como discotecas para nos divertir, esquecer, ser livres. Mas agora até mesmo esses lugares não são seguros”.

Juntamente com o vídeo, Madonna pediu aos telespectadores que se juntem a ela na cobrança pela legislação sobre controle de armas nos Estados Unidos.

Este é o seu alerta. A violência armada afeta desproporcionalmente crianças, adolescentes e pessoas marginalizadas em nossas comunidades. Honre as vítimas e exija o CONTROLE DE ARMAS. AGORA. Voluntarie-se, se imponha, doe, se manifeste.

>  RuPaul’s Drag Race Brasil tem futuro incerto
>  Os poderosos discursos do GLAAD Media Awards 2019

Com uma mensagem clara como essa, é difícil não deduzir que Madonna não tenha se inspirado no horrível tiroteio em massa na boate LGBTQ de Orlando, que deixou 49 mortos e muitos feridos, O Massacre de Pulse em 2016 (leia aqui).

Assista ao poderoso vídeo de God Control a seguir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here