Ranking de todas as temporadas de RuPaul’s Drag Race

Ranking definitivo e atualizado de todas as temporadas de RuPaul’s Drag Race. Qual sua temporada favorita?

Modo Escuro

Ao longo de dez anos, fomos abençoados com onze temporadas regulares e quatro edições All Stars de RuPaul’s Drag Race, cada uma das quais nos proporcionou um fanatismo sedutor pelas drags com muito carisma, originalidade, coragem e talento.

Bebe Zahara Benet, Tyra Sanchez, Raja, Sharon Needles, Chad Michaels, Jinkx Monsoon, Bianca Del Rio, Violet Chachki, Bob The Drag Queen, Alaska Thunderfuck, Sasha Velour, Trixie Mattel, Aquaria, Monét, Trinity e Yvie ganharam a cobiçada coroa e título da America’s Next Drag Superstar – mas qual dessas temporadas é a melhor de todas?

Então o portal Gay Times decidiu destilar toda a verdade fazendo um ranking definitivo das melhores temporadas de Drag Race:

15º | All Stars 1

Alguém está surpreso? All Stars 1 é a nossa menor temporada de Drag Race por causa da enorme quantidade de talento que foi desperdiçada na reviravolta terrível, que fez as rainhas competirem entre si em DUPLAS. É decepcionante, porque nós tivemos os talentos de Manila (roubada!), Raven, Jujubee, Latrice Royale, Tammie Brown, Chad Michaels, Shannel, para citar alguns. Com um elenco como este, poderia ter sido a melhor temporada de Drag Race de todos os tempos.

Momento mais icônico: Raven vs Jujubee – Dancing on My Own

14º | Temporada 1

A primeira temporada de Drag Race, também conhecida como a “temporada perdida”, realmente não é apreciada o suficiente. Sim, nós não tivemos o Snatch Game, e fomos amaldiçoados com esse filtro de vaselina, mas, henny, nos deu tantas rainhas incríveis. Bebe Zahara Benet, Nina Flores, Tammie Brown, Ongina, Shannel… A razão pela qual está tão baixa no ranking é porque não foi a Drag Race que todos nós conhecemos e amamos hoje.

Momento mais icônico: Shannel – “Sou bonita”

13º | Temporada 8

A classificação da oitava temporada oito abaixo de sétima pode ser um movimento controverso. No entanto, a temporada foi uma das mais curtas – com apenas 10 episódios -, não teve muitos momentos icônicos e foi a temporada mais previsível de todo o reality. Alguém realmente duvidou que Bob The Drag Queen, fosse embora sem a coroa?

Momento mais icônico: RuCo Empire.

>  As rainhas vetadas de RuPaul’s Drag Race
>  Ilustrador transforma campeãs do All Stars em Pokémon

12º | Temporada 7

A sétima temporada recebe muito ódio dos fãs e é compreensível. Um elenco que consiste principalmente de rainhas da moda foram desperdiçadas em uma temporada repleta de desafios de comédia roteirizada. Apesar disso, a temporada entregou algumas das mais adoradas rainhas de todos os tempos como Katya, Pearl, Miss Fame, Ginger Minj, Violet Chachki, Max, Kennedy Davenport, Jasmine Masters…

Momento mais icônico: o tartan que Violet Chachki revelou.

11º | Temporada 11

A temporada mais recente de Drag Race não foi nada ruim. Comparado a outros shows por aí, ele ainda fica no topo, e foi uma jornada emocionante do começo ao fim. Mas quando você coloca dentro desta classificação, foi – como Nina West disse na final – “meh”. O drama foi mais malvado do que sombrio, talvez tenha sido o pior Snatch Game de toda a série, e a eliminação de Nina doeu. No entanto, Yvie é inegavelmente uma das mais memoráveis vencedoras da história do show, Brooke e Vanjie nos proporcionaram o primeiro romance na tela, e “OPPALANCE” se tornou outro grande momento viral.

Momento mais icônico: “OPPALANCE! YOU EARN EVERYTHIIING!”

10º | Temporada 2

A segunda temporada de Drag Race é onde o show entrou em cena. É possivelmente a mais malvada de todas, com momentos icônicas como Mystique vs Morgan (“Bitch, eu sou de Chicago!”), Tatianna vs Tyra (“Eu não acho que você esteja vendo que Tyra é uma vadia completa”) e Tyra contra, bem, todo mundo. A segunda temporada também contou com o primeiro Snatch Game, e os lipsyncs foram incrementados com a Jujubee. É um clássico absoluto.

Momento mais icônico: “Tyra é uma completa vadia”.

>  Roxxxy Andrews manda mensagem para rainhas da S11
>  Aquaria revela conselhos de Sharon, dramas sobre a final e seus planos como vencedora

9º | All Stars 3

A temporada mais recente de All Stars pode não ter feito jus à seu antecessora, mas certamente nos deu algumas cenas lendárias e dignas de nos deixar engasgados. Aja tornou-se a estrela em ascensão (o que foi aquele deathdrop?!), a vencedora da primeira temporada, Bebe Zahara Benet fez um retorno sem precedentes, e BenDeLaCreme quebrou a internet quando ela eliminou… A SI MESMO. Nós ainda não superamos.

Momento mais icônico: a auto-eliminação de BenDeLaCreme.

8º | Temporada 10

A décima temporada do programa contou com o momento mais viral da série até agora, quando a participante icônica, inovadora e revolucionária, Miss Vanjie, se afastou (para trás) do palco principal e recitou seu próprio nome mais de 12 mil vezes. A filha drag de Sharon Needles, Aquaria, também provou ser uma das rainhas de moda mais doentias da HERstory, vários favoritos dos fãs foram eliminados pela dubladora matadora Kameron Michaels, e The Vixen e Eureka forneceram aos fãs uma das mais explosivas disputas de todos os tempos.

Momento mais emblemático: “Miss Vaaaaaaaaaaaaanjie”.

7º | Temporada 9

Novamente, isso pode ser uma colocação controversa, mas esta temporada nos proporcionou algumas das rainhas mais talentosas: Shea Coulee, Trinity Taylor, Valentina, Peppermint, Sasha Velour e Alexis Michelle, vieram todos para jogar. Para ser honesta, praticamente todo mundo no elenco tinha carisma, originalidade, coragem e talento. A temporada também está tão alto no ranking porque teve alguns dos momentos mais emblemáticos de Drag Race de todos os tempos: a lesão de Eureka, a eliminação de Valentina, a dublagem com pétalas de rosa de Sasha em So Emotional, para citar alguns.

Momento mais icônico: Valentina – “I’d like to keep it on please (eu gostaria de deixar, por favor”.

>  Jasmine Masters reagindo à coroação de Trixie Mattel no AS3
>  S10 | Aja testa o elenco sobre a história do programa

6º | All Stars 4

Apesar de ser nosso programa favorito, achamos um pouco demais ter duas temporadas de All Stars em um ano. Mas com um elenco assim, nós rapidamente NOS AQUIETAMOS. Trinity, Monét, Monique, Naomi, Jasmine, Valentina, Farrah e Gia voltaram para uma segunda chance pela coroa, juntamente com as competidores do All Stars 1, Latrice e Manila. Apesar de competir pela primeira vez há oito anos, Manila provou ser uma das melhores da competição. Mesmo tendo o melhor histórico, ela foi eliminada por Naomi… e foi a primeira vez de Luzon no bottom 2! Choque do século? YASSSSS! A temporada também pode se orgulhar de várias dublagens de cair o queixo (Naomi Vs. Gia, Trinity Vs. Manila, Valentina Vs. Monét), e fez história com a sua primeira dupla coroação.

Momento mais icônico: a dupla coroação.

5º | Temporada 3

Em retrospectiva, a terceira temporada é provavelmente a mais difícil de Drag Race. Teve os desafios de costura mais obscuros do que qualquer outra temporada, como: drag de brechó; alta costura inspirada em bolo; três roupas para um show de cabelo – uma feita inteiramente de cabelo; e um vestido feito de dinheiro. Isso nos proporcionou algumas dublagens de cair o queixo, com Manila x Delta, Raja x Carmen, Mimi x India e o top 2 mais acirrado da história do show. Manila Luzon para o All Stars 4!

Momento mais icônico: “Me solta!”.

4º | Temporada 4

Metade das rainhas da quarta temporada sano descartáveis. No entanto, a temporada compensou com a mais icônica rivalidade entre Sharon e Phi Phi, uma das competidoras mais arrogantes, Willam, e uma das melhores dubladoras, Dida Ritz. A temporada também teve a primeira desclassificação, e nos proporcionou a rainha mais amável em todas as dez temporadas… Latrice Royale.

Momento mais icônico: a desqualificação de Willam

>  Drag Race leva sashay away da Netflix em maio
>  S10 | Aquaria se pronuncia sobre polêmica com The Vixen no Untucked

3º | Temporada 5

Enquanto a quarta temporada teve a melhor rivalidade da série, a quinta temporada teve a melhor história de azarão. A Jinkx Monsoon concorreu em uma temporada de fortes competidoras drag, como Roxxxy Andrews, Alaska, Detox, Alyssa Edwards e Coco Montrese. Apesar de não ser tão polida (na época) quanto as rainhas ferozes, ela quebrou o recorde de mais semanas consecutivas no topo, com nove, e se firmou como uma das competidoras mais talentosas da série. A temporada também contou com algumas das maiores personalidades em todas as dez temporadas do show, daí porque cinco delas apareceram no All Stars 2.

Momento mais emblemático: Alyssa vs Coco – Cold Hearted

2º | Temporada 6

Agora este é o ponto alto de Drag Race. A sexta temporada foi a combinação perfeita de comédia e drama, e teve uma boa mistura de desafios de design e atuação. Muitas vezes, consideram seu top 3 o mai icônicos, com Bianca Del Rio, Adore Delano e Courtney Act. E os lipsyncs foram in-crí-veis. Trinity K Bonet pode não ter arrasado em todos os desafios, mas ela se estabeleceu como uma das, se não a melhor rainha dubladora de todos os tempos. Foi também a temporada do slogan… OKCURRRRR!

Momento mais icônico: “Eu me sinto MUITO atacada!”

>  S11 | MTV entrevista: Yvie Oddly
>  Barraco Drag: Nina Bonina Vs. Evah Destruction

1º | All Stars 2

Como essa não poderia ser o número um? All Stars 2 é a temporada definitiva de Drag Race. Ele apresenta o melhor elenco da HISTÓRIA da série, com lendas drags como: Alaska, Katya, Detox, Roxxxy Andrews, Alyssa Edwards, Tatiana, Phi Phi O’Hara, Ginger Minj, Adore Delano e Coco Montrese. A vingança das rainhas é provavelmente o melhor episódio de todos os tempos, proporcionando aos fãs a mais bela dublagem de todos os tempos, quando Tatianna e Alyssa destruíram tudo com Shut Up and Drive, de Rihanna. Ah, e aquela cena do espelho? Engasguei. A Reação de Phi Phi? Engasguei. O confronto? ENGASGADÉRRIMA… querida.

Momento mais icônico: Alyssa Edwards vs Tatianna – Shut Up and Drive

E aí, dragliciosa, o que achou desse ranking sobre as melhores temporadas de RuPaul’s Drag Race?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here