Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Asia O’Hara desabafa sobre rejeição e racismo em shows

Em triste depoimento, Asia O’Hara fala da rejeição que sofre por parte de alguns fãs na turnê Werq The World, evidenciando mais uma vez o racismo tão presente do fandom de Drag Race.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 2 min de leitura

A segunda temporada da série Werq The World estreiou com um episódio dedicado à rainha Asia O’Hara, participante da S10 de RuPaul’s Drag Race. Em determinado momento a drag faz um triste depoimento sobre a rejeição que sofre no Meet & Greet da turnê, pois vários fãs pedem que ela não participe das fotos deles com as demais rainhas.

Em tempos de levantes mundo a fora em defesa do povo preto, a fala de Detox no vídeo apenas evidencia a dura realidade de profissionais e artistas negros que sobrevivem numa sociedade racista:

“Algumas das minhas drags favoritas são pretas. E não entendo como e porquê elas precisam fazer tanto para serem elogiadas e reconhecidas pelo que fazem, mais do que as brancas medíocres do show”.

>  Katrina Addams dá vida à Barbie Fascista em performance icônica
>  Monique Heart explica o problema dos fãs racistas de Drag Race

Confira a seguir o depoimento de Asia:

Este relato apenas mostra como o fandom de Drag Race é extremamente racista, não importa de que parte do mundo seja.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Vanessa Williams e Asia O’Hara

Asia O’Hara é magnífica e merece todo apoio do mundo. Visite as mídias sociais da rainha e demonstre um pouco de carinho por ela.

Shows como Werq The World são caros, logo seu público tende a ser pessoas com boa renda, em sua maioria branca. Por isso que nascem shows como o NUBIA, que é estrelado apenas por rainhas pretas. A falta de suporte e valorização da arte criada por drag queens negras, fez com que as rainhas pretas de Drag Race criassem um show especial que celebrasse a excelência dessas queens tão talentosas, mas extremamente marginalizadas. Torço para que mais edições de NUBIA aconteçam e uma turnê chegue ao Brasil. Para saber mais sobre NUBIA clique aqui.

>  Kandy Muse lamenta falta de oportunidades pós Drag Race
>  Gia Gunn | 30 Dias em Transição pt10

Para assistir a série da Werq The World na Fuzzco News clique aqui. Para ler mais notícias sobre o racismo no fandom de Drag Race clique aqui.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

Depois de postar uma foto super bronzeada, A’Whora revela ter psoríase e se defende de acusação de fazer blackfishing: “estou cansada de todos me...

Drag Queens

“Drag abrange um espectro tão amplo. Drag Race, por outro lado, é predominantemente uma indústria branca”, diz Anastarzia Anaquway nesta entrevista exclusiva.

Babados

"Eu assumo total responsabilidade por esses tweets inaceitáveis" Charity Kase de Drag Race UK S3 se desculpa por passado racista.

Drag Queens

Victoria Scone, primeira mulher cis a competir em RuPaul’s Drag Race, agradece apoio que tem recebido e critica a misoginia e transfobia do fandom:...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.