Conecte-se conosco

POSE

POSE | S01E05 | Mother’s Day

Publicado

on

🕓 6 min de leitura

Um novo episódio e um novo ball. E já começa com uma surpresa, Pray Tell não é o apresentador da noite.

Então descobrimos que vemos o prelúdio da história de Blanca. O início de sua vida nos balls. Ela estreiou no desfile de Rainha Virgem na Passarela. Não estava no seu melhor elemento, mas não teve medo de desfilar e ainda exigiu suas notas, mesmo baixas manteve a postura com elegância.

Do lado de fora do ball Blanca pega as outras concorrentes falando mal dela, que estava na categoria errada. E que ela não era uma garota e sim um boy barbado. Blanca as confronta, pois para ela, esse tipo de postura não representa a irmandade dos balls. Blanca e essas mulheres quase saem no tapa, mas Elektra aparece e socorre a desconhecida, no caso Blanca.

Elektra convida Blanca para comer, pois percebe que ela está faminta. E durante o papo reconhece que sua futura filha foi expulsa de casa e a questiona o que a fez desfilar. Blanca revela que queria se sentir bonita e que achou que seria bem recebida e celebrada no ball, por serem todos da mesma comunidade e que mesmo com a recepção negativa, ela se sentiu abraçada pelas luzes do palco. No fim o que Blanca quer é o que Elektra já possui, ser reconhecia como mulher, pois é assim que ela se sente.

Precisa de trabalho, direção e sacrifício para ser uma mulher.

Nesse momento vemos outro lado de Elektra, uma pessoa cheia de empatia disposta a ajudar Blanca em sua jornada.

Você tem uma qualidade mais importante que beleza. Você tem coração. E isso te levará longe e te dará tudo.

Então voltamos para o presente e vemos Blanca bem dona de casa revoltada com a imundíce que seus filhos (Damon, Papi, Ricky e Angel) deixaram o lugar. Ela exige que eles arrumem toda bagunça e tirem a poeira de todos cantos.

Angel está de volta à Casa Evangelista pois está dando uma lição em Stan, “se a quiser de volta, terá que se comprometer integralmente a ela”. É pegar ou largar!

E então vem o choque, Blanca receba pior ligação de sua vida: sua mãe morreu.

Blanca visita sua irmã, Carmen, e descobrimos que seu nome antes da transição era Mateo. Carmen não trata Blanca com sua identidade de gênero atual, se referindo a ela sempre no masculino. Então toda dor familiar vem à tona. Carmen revoltada por Blanca ter sumido e nem sequer ter ficado com a mãe enquanto ela ia de um hospital ao outro, enquanto Blanca não aceita tais acusações pois foi expulsa de casa, sem direito a retornar. E para piorar a mãe de Blanca disse a todos seus familiares que “o filho” havia morrido.

Com Pray Tell Blanca relembra que que o melhor momento que dividia com sua mãe era na cozinha, fazendo comida juntas.

Esse é o fardo de ter país. Eles não fazem ideia do que fazem. E cada erro que cometem tem reflexos em nós.

Blanca não acha correto ir no funeral de sua mãe que a rejeitou, mas Pray Tell a lembra que agora ela também é mãe e deve dar o exemplo a seus filhos de como lidar com a morte.

E outro choque temos do lado Cis Heterossexual da série, Stan é promovido após participar de uma reunião do qual o próprio Trump participou. Matt seu patrão chegou atrasado e foi pego de surpresa com a notícia. Matt então declara guerra ao seu acolhido. Bem, eles que são homens brancos, eles que se entendam.

Enquanto Pray Tell anuncia o ball da “Pontuação Perfeita” em que as participantes têm que passar a ilusão completa de feminilidade, Elektra está na mesa de cirugia para sua redesignação sexual.

>  #30 | Pose S01E04: Fever
>  Indya Moore se irrita ao descobrir que atores cis estão dublando as personagens mulheres trans de POSE

E Matt faz sua jogada desonesta contando para a esposa de Stan sobre a amante dele, pedindo sua ajuda, já que a amante estaria comprometendo o rendimento de Stan no trabalho. Como macho de orgulho ferido não tem limites. É capaz de destruir uma família para recuperar a própria reputação. Ok, Stan não é santo, mas Matt não tinha nenhum direito de se intrometer nisso.

Então a trama se complica e Patty Bowes vai atrás da verdade sobre o suposto apartamento que Stan alugou para Angel e descobre que é tudo verdade. Próxima parada: CASA EVANGELISTA, atual endereço de Angel.

E as batalhas não param!!! Na ausência de Elektra, as filhas lendárias da Casa Abundance desafiam a Casa Mugler. É isso né, mamãe viajando e a garotada faz a festa. Categoria: Modele Effet.

Pray Tell vive pelo desafio de moda, assim como todos presentes. ISSO É ARTE PURA!!!

E a vitória vai para Casa Abundance, Miss Coco e Miss Candy, duas mães em ascensão!

O reinado de Elektra está sob ataque. E sendo assim Blanca faz uma visita a sua eterna mãe no hospital, pelo visto ocorreu tudo bem na cirurgia. E Blanca não poupa críticas à Elektra, pois reconhece que se Elektra fosse uma mãe gentil sua sala de recuperação estaria com todos seus filhos celebrando a cirurgia mais importante de sua vida. Mas em contrapartida todos querem lhe dar o troco por tantos maus tratos, mesmo que Elektra tenha proporcionado muitas vitórias à casa Abundance.

Você não está andando na nossa comunidade. Você é rica, bonita, passa despercebida. Você acha que isso a torna melhor que nós.

E assim Blanca joga na cara de Elektra todos seus privilégios, que a coloca num patamar de superioridade que a desconecta dos membros da comunidade LGBT do qual Elektra deveria ser mais próxima.

E então Blanca revela o real motivo de sua visita, o mundo a deu duas mães, a que a botou no mundo e Elektra. A primeira já faleceu. E a segunda é Elektra, e mesmo que ela não seja a mãe amorosa que resgatou Blanca das ruas e a deu uma boa perspectiva de vida, Blanca não deixará de ser sua filha amorosa.

E então as duas tem um momento muito fofo de mãe e filha e Blanca questiona sobre como Elektra se sente.

Dói muito mais do que eu esperava. Mas é sensação é melhor do que jamais sonhei.

E a casa Evangelista vai ao funeral da mãe de Blanca.

Gentileza não custa nada. Deixe-a se despedir.

Assim Pray Tell impede que os irmãos de Blanca façam uma cena no velório e impeçam a irmã de se despedir da própria mãe. A intolerância é tão grande que nem nos momentos de dor uma família LGBTfobica permite que seu membro LGBT despeça de seus entes falecidos. Isso é tão comum. Família que abandona membros LGBTs e que após eles falecerem invadem suas casas pegam seus pertences e expulsam seus parceiros e amigos que estiveram de verdade ao seu lado depois de terem sido rejeitados.

>  POSE | S02E05 | What Would Candy Do?
>  POSE | S01E08 | Mother Of The Year

E Blanca se despede de sua mãe, reconhece que ela não sabia criar uma filha como Blanca e que a perdoa por tudo que aconteceu entre elas. Agradece pelo que viveram e revela que a ama.

Então uma tia convida Blanca para ir à casa de sua falecida mãe após o velório. Com a tia vai tudo bem, ela parece aceitar Blanca como é, mas ao tentar levar o livro de receitas da mãe, os irmãos de Blanca a expulsam de casa e seu irmão Manny vai além, agredindo Blanca e a acusando de abusar de crianças. Blanca fica arrasada e sai correndo de casa. Ahhhh, que dor. Blanca não merece passar por isso. E se dizem cristãos esses embustes, sempre me pergunto que amor cristão é esse????

Elektra volta pra casa e tenta se redimir com sua família, oferecendo um banquete de reconciliação. O conselho de Blanca parece ter surtido algum efeito. Vamos ver se vai durar.

E vem aí o grande baile de Dia das Mães e Elektra está com sangue nos olhos para sua vitória. Enquanto Blanca quer homenagear sua mãe no desfile.

Blanca você é a melhor parte dela.

E assim a irmã de Blanca faz as pazes com ela, dando-lhe o livro de receitas da mãe e confessou que a a mãe embora não entendesse e aceitasse o “estilo e escolhas” de vida de Blanca, se arrependeu de tê-la expulsado e que ainda a amava.

Blanca e Damon seguem mostrando a relação mais honesta e fofa de mãe e filho.

Patty se produz toda e vai ao encontro de Angel, para descobrir quem é a amante de seu marido. E graças ao Papi, Patty comparece ao baile de dia das mães.

Na categoria Mães e Filhas Elektra ressurge deslumbrante no palco do ball e após um desfile incrível faz a melhor revelação: após abrir sua capa uma mesa de chá com suas filhas Lulu e Candy belíssimas. VIVI POR ESSE MOMENTO! Lenda é lenda!!!

E o encontro mais importante do episódio acontece e Patty se apresenta oficialmente para Angel deixando em aberto o que nos espera no próximo episódio de POSE!

Ouça nosso podcast deste episódio de POSE clicando aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.