Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Who’s That Queen? Janey Jacké

“As pessoas amam quando eu faço uma fantasia completa de mulher em drag, mas não gostam quando mulheres fazem”, afirma Janey Jacké, vice-campeã de Drag Race Holland S1, nesta entrevista exclusiva.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 5 min de leitura

Ela chegou muito perto do título de Primeira Drag Superstar da Holanda. Suas unhas postiças estavam sedentas para tocar a coroa, porém, após dublar “Born This Way”, de Lady Gaga, contra Envy Peru, Janey Jacké despediu-se da primeira temporada de Drag Race Holland com um honroso segundo lugar.

Nesta versão do programa de RuPaul, Janey conseguiu registrar uma participação à altura do seu nível de competitividade: logo na estreia, “Land of The Queens”, em 17 de setembro, ela garantiu o primeiro win da história do show ao servir um look de abelha-rainha na passarela.

No sétimo dos oito episódios, o último competitivo, com um tango memorável, Janey vence “Maxima – The Rusical”. Não podemos dizer que ela não saiu entrando e vencendo a season, certo? Mas tem mais.

Conforme a competição avançava, mesmo quando fora apenas “safe”, Janey mostrou-se notável, seja com seu “Miss Holland Look”, na terceira semana, com efeito aquático proporcionado por uma tecnologia utilizada, inclusive, em Dubai; ou o imponente vestido da passarela “Shine Bright Like a Diamond”.

No Snatch Game, para sua caracterização da cantora pop holandesa Anny Schilder, Janey utilizou, curiosamente, um vestido tradicional em Volendam, uma vila de pescadores fundada no século XIV. Nela nasceu, no dia nove de abril de 1992, Justin Mooijer, o criador da Janey Jacké, drag queen atualmente com dez anos de carreira. Mas como foi a jornada até este ponto?

>  Who's That Queen? La Yoyi
>  Who's That Queen? Meannie Minaj

Antes de entrar para o mundo drag, Justin trabalhava em um segmento totalmente diferente: a indústria da hospitalidade, com ênfase no setor de luxo, como hotéis cinco estrelas e restaurantes do guia Michelin. Para exercer esta profissão, estudara, no ensino médio e faculdade, no Hubertus Vakschool, escola famosa atuante no ramo de hospitalidade, turismo, pão e banquete em Amsterdã.

Sua mãe, Petra Smit, ainda vive em Volendam, local no qual trabalha com tecnologia de cuidados domiciliares na casa de repouso Evean. Apesar de ter quatro filhos, somente Justin virou drag queen. Pelo menos até agora.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Como é de conhecimento público, Petra não tem problema algum com a profissão de Justin, como mostrado no episódio do makeover. O apoio visto ali é real e fundamental para esta pessoa que se montou pela primeira vez aos 16 anos, em uma festa de amigos.

Aos 18 anos, em 2010, inicia sua carreira como drag. Miss YogY, ‘a semi-chique e mais colorida drag queen dos Países Baixos’, é sua mãe drag.

Em 2013, ainda ‘Baby Janey’, ganha o concurso internacional “Miss Fish”, vencido em 2017 por, veja só, Envy Peru, a qual ela viu começar como drag. Além dela, Janey também já conhecia Miss Abby OMG e era amiga de Sederginne, por exemplo. Semelhante ao seu círculo social é sua agenda de shows.

De lá pra cá, países como Estados Unidos, Espanha e Grécia receberam apresentações de Janey. Tudo isto lhe ajudou muito ao encarar a primeira season de Drag Race Holland, programa no qual gostaria de ver Miss Reggy B na segunda temporada, ainda não anunciada oficialmente.

Mas antes de falarmos sobre futuro, voltemos ao presente com a convidada de honra desta edição da Who’s That Queen?: Janey Jacké, direto de Amsterdã, sua cidade atual, para a Draglicious. Confira:

Já se passaram dois meses desde o fim da primeira temporada de Drag Race Holland. Como foi sua chegada à família RuGirl?

Tem sido incrível e ainda é! Eu tenho recebido muito amor da família RuGirl. Mal posso esperar para conhecer tantas garotas quando começarmos a voar para os EUA, Canadá, Reino Unido.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Quando você olha para suas passarelas em Drag Race Holland, quais são seus momentos favoritos, aqueles que você pensa, cheia de orgulho: “Deus, aqui eu mostrei quem Janey realmente é”?

O look “Queen B” do primeiro episódio foi realmente um novo nível Janey onde eu mesma fiquei passada. Eu gosto muito disso ainda todos os dias! O visual da semelhança familiar é verdadeiramente Janey, mas também os visuais de drag rápido para o trabalho e os desafios de vogue.

>  Entrevista: Envy Peru fala sobre Drag Race Holland
>  S11 | Pabllo Vittar fala sobre sua suposta participação em Drag Race

Quais foram os três conselhos que Miss YogY, sua mãe drag lhe deu, e você levou para a vida toda?

  1. Sempre mais maquiagem. Mais, mais, mais.
  2. Continue se desafiando.
  3. Se edite. Realmente olhe para fotos e vídeos para aprender.

O que você tem a dizer para as pessoas que são preconceituosas com mulheres que fazem drag? Como explicar esse ódio gratuito?

Quero dizer, eu não entendo o ódio contra mulheres que fazem drag. É uma forma de arte que joga com gênero, então basicamente você pode ser o que e quem quiser ser. E também, eles adoram quando eu faço uma fantasia completa de mulher, mas eles não gostam de uma mulher real se vestindo. Isso é confuso para mim. Viva e deixe viver.

Você tem feito drag por dez anos na Holanda. Sabemos que fazer drag é caro, mas quão caro é fazê-lo aí? Quais são as dificuldades da drag queen que vive em Amsterdã?

Drag pode ser tão caro quanto você quer que seja. Muitas coisas se tornaram muito mais acessíveis com o passar dos anos e por causa disso muito mais barato. É bom investir na sua drag, perucas-sapatos-maquiagem-fantasias, mas também é a arte de fazer algo parecer muito caro enquanto você talvez não gastou muito dinheiro com isso. Criatividade é a chave.

Desde que Sederginne me disse em uma entrevista que você tem uma voz muito boa para cantar, eu sempre atualizo o Spotify procurando uma música sua. Você pretende fazer uma carreira musical, lançar singles?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Hahahaha! Aquela vadia louca, haha. Eu acho que eu tenho algum alcance, nunca gravei nada. Eu entrei em algumas aulas vocais, mas não tenho treinado para uma carreira musical. Adoraria lançar uma música divertida, mas quem sabe.

Se você pudesse formar um grupo pop de garotas com drag queens, quem você escolheria e por qual razão?

Asia O’Hara, Shea Couleé, Brooke Lynn Hytes, Plastique Tiara, Trinity K. Bonet… tantas rainhas talentosas e bonitas na família! É difícil escolher com quem trabalhar.

>  Pabllo Vittar desmente fofoca sobre namorar suposto Bolsominion
>  S11 | MTV entrevista: Yvie Oddly

Qual interação sua com Fred van Leer não foi mostrada durante o show que você adoraria que o público tivesse visto?

Aquela depois do Snatch Game. Cada vez que ele entrava na sala de trabalho ou quando eu caminhava na passarela ele dizia: “Hallooo ik ben Anny Schilder”. Que foi um das frases de efeito que eu fiz no Snatch Game.

Siga Janey Jacké em suas redes: InstagramFacebookTwitter.

Confira as outras edições de WHO’S THAT QUEEN aqui.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Queens

"Acho que todos concordam que os fãs do Brasil estão entre os melhores do planeta", diz Alaska nesta entrevista exclusiva e hilária para a...

Drag Queens

"Acho que o Drag Race ajudou a tornar a música pop original, divertida e algo que os amantes da música podem levar a sério",...

Drag Queens

"Penso que o que diferiu na minha 8ª audição para a temporada 9 foi que finalmente acho que a abordei como: ‘Isso é quem...

Drag Queens

"Não posso te dizer... talvez o meu grupo pop já tenha sido formado e esteja trabalhando em algo. Possivelmente", afirma Mayhem Miller, nesta entrevista...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.