Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Babados

James Ross chama Drag Race de racista e expõe Sahara Davenport

James Ross, ex-Tyra Sanchez, revelou encontro sexual com Sahara Davenport e ainda expôs racismo da produção de Drag Race e do fandom.

Compartilhe!
🕓 3 min de leitura

James Ross, ex-drag queen Tyra Sanchez que venceu a segunda temporada de RuPaul’s Drag Race, usou seu Twitter para expor encontro sexual com Sahara Davenport e declarar que Drag Race e toda sua produção é racista.

Primeiro James expôs um encontro sexual que teve com Sahara Daveport.

“Sahara chupou meu pau na primeira noite [de gravação da S2], enquanto Shangela dormia na cama ao lado. Se vocês vão ser desonestos e expor fatos sem razão alguma além de serem boiolas desonestos, ao menos digam a verdade completa. Viados de merda. É por isso que não me envolvo com vocês”. 

Na época das gravações da segunda temporada Sahara já namorava Manila Luzon (S3, AS1 e AS4). Sahara faleceu em outubro de 2012 de parada cardíaca fulminante.

Manila Luzon e Sahara Davenport.

Fãs cogitam que a exposição de Ross sobre Sahara foi um ataque direto a Manila, pelas declarações recentes da rainha em defesa de policiais nos protestos de Black Lives Matter, que pode ser lido aqui. Ainda assim completamente desnecessário, se o problema é com Manila que resolva isso com ela, sem envolver uma pessoa falecida na história.

Atualização: Quem revelou sobre o encontro entra James e Sahara foi Kennedy Davenport durante um podcast (leia aqui).

>  Gia Gunn | 30 Dias em Transição pt8
>  Jaida Essence Hall agradece apoio e carinho durante pandemia do coronavírus

James continuou postando que não quer mais ser relacionado a nada de Drag Race.

“Vocês não entendem. EU NÃO QUERO ME ENVOLVER COM ABSOLUTAMENTE NADA DA SUA COMUNIDADE TÓXICA. PAREM DE ME MARCAR EM SUAS PUBLICAÇÕES, PAREM DE ME INCLUIR COM SUAS CAMPEÃS. APENAS ME ESQUEÇAM. ISSO É DIFÍCIL DE FAZER, PORRA?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Por fim, James apontou como a produção de Drag Race e o fandom do show é racista.

“E RuPaul, Drag Race e World of Wonder ficaram em silêncio por anos sobre a importância de vidas negras. Não pense por um segundo que eles se importam com vocês. É simplesmente a tendência do momento para eles se envolverem. Todos eles são racistas”.

“E não me diga que há coisas mais importantes para serem discutidas agora, quando eu tenho gritado sobre tais coisas pelos últimos dez anos, enquanto vocês continuam mandando seu ódio racista diariamente [para mim]”.

>  S12 | RuView da Grande Final, episódio 14
>  DRUK S1 | RuView do 7º episódio

“Vocês agem como se isso [o desabafo] viesse de lugar nenhum. Toda manhã eu acordo para sua merda racista e digo nada. Eu bloqueio vocês e sigo a vida. Hoje eu tenho tempo. Estou com nojo e cansada de estar com nojo, e cansada de pessoas brancas deixando comentários de ódio em meu perfil e na DM todo santo dia”.

Está não é a primeira vez que James Ross expõe o racismo da produção de Drag Race, no passado ele publicou uma carta sobre isso que pode ser lida aqui. Para mais notícias envolvendo Tyra Sanchez clique aqui.

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

O conteúdo de Plastique Tiara no OnlyFans tem gerado polêmica por ser considerado fetichização de mulheres trans. Entenda tudo a seguir.

Drag Queens

Brita revelou que quase sofreu uma overdose fatal após não aguentar mais os ataques online dos “fãs” de Drag Race.

RPDR

Em entrevista recente, os produtores executivos de RuPaul’s Drag Race deixaram em aberto a possibilidade do show em aceitar drag kings e artistas trans...

Barracos Drag

Rainhas de RuPaul’s Drag Race e Dragula trocam shades devido ao especial de Halloween, Bring Back My Ghouls.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.