Conecte-se conosco

Drag Queens

DRUK S1 | Entrevista: The Vivienne

The Vivienne não se desculpa por “jogar o jogo de Drag Race”, fala sobre sua passagem pelo programa e muito mais. Confira a seguir!

Compartilhe!

Publicado

on

🕓 8 min de leitura

Depois de oito semanas servindo looks de cair o queixo e realismo vencedor de um Oscar com suas impressões de Kim Woodburn e Donald Trump, The Vivienne ganhou merecidamente o cobiçado título de Primeira Drag Superstar do Reino Unido.

A rainha de Liverpool venceu suas concorrentes Divina De Campo e Baga Chipz depois de escrever suas próprias letras e gravar um verso para uma apresentação do clássico hino dance pop de RuPaul, Rock It (To The Moon) – agora disponível no iTunes.

“Eu não poderia ter adivinhado enquanto estávamos assistindo até Ru dizer meu nome”, diz Vivienne logo após sua vitória histórica. “Eu estava apertando a mão de Divina e nós duas nos entreolhamos e choramos. Fiquei realmente surpresa”.

Agora, Vivienne está pronta para conquistar Hollywood com dois projetos incríveis. O primeiro, em colaboração com Baga, verá as estrelas reprisarem seus personagens icônicos do Snatch Game como Trump e Thatcher por uma “paródia do Good Morning Britain”.

A segunda será sua própria aventura, cujos detalhes ainda serão anunciados. No entanto, não se surpreenda ao ver The Vivienne lutando contra um Indominus Rex ao lado de Chris Pratt e Bryce Dallas Howard em Jurassic World 3… (Isso fará sentido mais tarde).

Em comemoração à sua vitória, a Gay Times conversou com a Vivienne sobre sua passagem em RuPaul’s Drag Race UK, como ela se sente ao ser rotulada de “vilã” do programa e por que a falta de prêmios não deve impedir a audição de rainhas para a segunda temporada.

Condragulations The Vivienne! Como é ser a primeira vencedora de Drag Race UK?

Muito obrigada! Absolutamente incrível, apenas um sonho tornado realidade. Os últimos 12 anos da minha carreira drag chegaram a isso e é apenas a cereja no topo do bolo.

>  S10 | Prévia do décimo primeiro episódio
>  Revelações dos bastidores da S1 de Drag Race

Você sabia que ia ganhar? Ou você e Divina filmaram coroações separadas?

Sim, sempre filmamos duas corações e eu realmente não tinha como saber. Eu não poderia ter adivinhado enquanto estávamos assistindo até Ru dizer meu nome. Eu estava apertando a mão de Divina e nós duas nos entreolhamos e choramos. Fiquei realmente surpresa.

Na minha opinião, foi o top 2 mais acirrado desde Manila Luzon e Raja na terceira temporada.

Sim, definitivamente! Poderia ter sido qualquer resultado. Nós duas somos vencedoras, mas o que aconteceu aconteceu …

E você vai se casar em dezembro! Você deve amar 2019?

[Risos] Sim, eu sei! Vamos colocar tudo em um ano. Por que não?

O que você quer fazer com o seu legado?

Eu só quero mostrar ao resto do mundo que o Reino Unido é tão bom quanto os EUA. Quando Drag Race UK foi anunciado, houve muita conversa: ‘Não será tão bom quanto o dos EUA. As drags não são tão polidas por aqui’. Estou aqui para dizer: ‘Ouça. Venha assistir a um de nossos shows e aposto que você terá uma noite tão boa, se não melhor, do que se for assistir as rainhas americanas.

Bem, provou ser uma das melhores temporadas de sempre … fato.

Oh, provou que todos estão errados! É simplesmente incrível. Tudo se resumiu ao âmago da questão da drag britânica crua. O humor, a comédia e o visual também, que eu não acho que muita gente esperava. Houve bons looks nessa temporada!

Além disso, não parecia forçado. Tudo parecia autêntico.

Sim, drama forçado e histórias. Voltou a ser uma competição e um show de talentos, em vez de um reality show.

Como é ser rotulada como o ‘vilão’ do Drag Race UK?

[Risos] Se você sair de Drag Race e culpar a edição, a decisão é sua. Eu disse tudo o que disse naquela câmera. Você está lá para ganhar uma coroa. Eu sei que a Divina me expôs para fazer jogos mentais ou algo assim, mas eu não estava jogando jogos mentais com ninguém. Entrei naquela sala para obter uma coroa, fazer o melhor que posso e mostrar ao país que eu a merecia. Acho que as pessoas podem te considerar uma vilã porque você está confiante no que faz, mas certamente, se estiver participando de uma competição, a confiança é fundamental.

Eles a saudaram como vilã, mas todo mundo no Reino Unido tem humor ácido e pesado?

Quando você olha para a versão norte-americana, nossa série era mansa como o inferno. Era tão tranquilo e eu era a vilã, mas nunca fui eu quem sentou lá e disse que sou melhor do que qualquer outra pessoa. Eu acho que algumas rainhas, principalmente Divina, sentaram lá e disseram que eram melhores do que qualquer outra pessoa, mas eu sou a vilã? Mas hey ho!

Bem, pelo menos alguns de seus comentários venenosos se tornaram memes como: “Quem colocou 50p em Cheryl?”

[Risos] E minha mãe agora é um gif oficial! Ela é um diamante. Ela não faz ideia do que é um gif, mas é uma. No entanto você pronuncia…

>  Uma Década de Drag Race | AS1 | Mimi Imfurst
>  #23 | Perguntas e Respostas do Top 4 de Drag Race S10

Havia algo que não foi ao ar que você gostaria que os fãs pudessem ver?

Sim. Quero dizer, acabei de dizer: “Você não pode culpar a edição”, mas havia um lado meu que você não viu. Ajudei muitas outras rainhas, como dizer a Cheryl para colocar o papel higiênico no sapato no episódio um, estilizar a peruca de Blu no episódio dois ou dar a Crystal as esferas que ela usou na cabeça para o desafio de costura. Coisas assim, coisas legais que eu fiz para outras pessoas que nunca foram mostradas.

Por que você acha que eles não incluíram esses momentos?

Talvez não fosse relevante. Talvez… nós estamos fazendo TV. Seria bom ter mostrado um lado mais suave meu, talvez, mas quem se importa? [Risos]

O que eu amei sobre você nesta temporada é que você sabia para o que estava se inscrevendo e não deu desculpas por como foi representada.

Não, não mesmo. Você pode ficar sentado no Twitter até ficar com o rosto azul, mas não faz sentido fazê-lo. Eu sei que sou uma boa drag queen, sabia que queria entrar lá e vencer. Se alguém diz que eu estava jogando, bem, sim, eu estava jogando. Eu estava jogando o jogo Drag Race e é assim que você ganha.

E por que é tão desaprovado “jogar um jogo”? Afinal, é uma competição.

Seria tipo: ‘The Vivienne não deveria vencer porque era boa desde o primeiro dia, enquanto outra pessoa mostrava crescimento’. Mas é tipo: ‘O quê? Desculpe, eu pensei que era uma competição para ser uma boa drag queen!’ Você tem que começar uma merda e depois ficar boa ou o quê?

Como você se sente, sendo fã de Drag Race, por ter seu Snatch Game considerado o melhor da história?

Essa é a coisa mais incrível que poderia sair disso, porque Snatch Game é o único episódio que eu sempre espero em todas as temporadas. Temos visto um pouco de falta de graça no Snatch Game nos últimos dois anos, portanto, ser capaz de trazer de volta esse polimento do Snatch Game é absolutamente incrível. Personificações é algo que eu amo fazer, por isso, se eu tivesse fodido o Snatch Game, ficaria realmente chateada comigo mesma. Estou tão feliz.

Você sofreu alguma crítica dos maravilhosos apoiadores de Trump?

[Risos] Não! Eu pensei que ia ter um monte de ódio por isso. Mas não, tudo foi legal. Talvez eles pensassem que era o verdadeiro Trump? Os apoiadores de Trump são tão estúpidos que provavelmente pensaram que era ele.

>  S11E10 | Runway | Caftan Realness
>  Kim Chi leva golpe de estilistas e expõe tudo nas redes sociais (pt2)

Você corajosamente se abriu sobre seu abuso de drogas no passado durante o show. Que tipo de resposta você recebeu dos fãs?

A resposta foi incrível. As pessoas me enviaram mensagens no Instagram, Twitter, Facebook, contando suas histórias. Eles ainda estando viciados ou em recuperação dizendo: ‘Minha família não sabe disso. Tem sido um segredo que eu tenho carregado e estou muito feliz em poder falar com você sobre isso’. É bom saber que as pessoas viram minha história e que ela ressoou em algum lugar, se as ajudou a fazer uma mudança, os fez perceber que estavam fazendo algo errado, ou se isso os ajudou a contar para a própria família.

Você espera que essa mensagem ressoe também com outros artistas que estão vivendo esse estilo de vida?

Sim, espero. Drag é uma ótima maneira de ganhar a vida, porque você faz o que ama e não parece trabalho. No entanto, quando você faz drag, não está trabalhando em um escritório. Você está trabalhando em uma boate, então você tem bebidas fluindo de graça e drogas fluindo de graça. Apenas tente tomar boas decisões, como ‘Ok, talvez vamos aproveitar o show e depois ir para casa’. Você é contratado como performer, tente agir dessa forma. Talvez tome um drinque, faça seu trabalho, divirta-se, vá para casa e prepare-se para o trabalho do dia seguinte.

Como você acha que a Drag Race UK afetará a cena drag do Reino Unido?

Vai acender um fogo embaixo da bunda de todo mundo, não é? Eu acho que toda drag queen vai se candidatar à segunda temporada e boa sorte para todos que fizerem isso. Se você deseja se inscrever, faça-o. É a melhor oportunidade de negócio que você poderia ter como drag queen. Se você gosta do show ou não, faça-o! Se você seguir em frente, terá uma ótima vida depois disso.

Houve alguma controvérsia sobre o programa que não concedeu prêmios [em dinheiro] às rainhas, devido ao fato dele estar na BBC. Você foi sincero sobre isso no Twitter…

[Risos] ‘Oh, você não quer fazer um teste porque não quer ganhar um distintivo? OK!’

Por que você acha que isso causou tanto alvoroço?

Eu não sei. Se você está participando de RuPaul’s Drag Race apenas pelo prêmio em dinheiro, está fazendo isso pela coisa errada. Entrei em Drag Race para conquistar reconhecimento. Eu sei que sou uma boa rainha, mas obter o reconhecimento de RuPaul e do mundo… é incrível. Você terá uma carreira que se destaca do programa e, se você a gerenciar corretamente, vai durar uma vida. Estou prestes a viajar pelo mundo. São essas coisas que vêm depois. Você ganhará 100 mil em três meses, espero. Não se trata apenas de prêmios. É sobre a experiência, divertindo-se e impulsionando seu sucesso.

>  AS4 | Gia Gunn mentiu que não estaria na temporada somente para nos enganar?
>  Repercussão do ranking das drag queens entre RuGirls

Quem você gostaria de ver na segunda temporada?

Segunda temporada… Definitivamente precisamos de mais garotas de Liverpool, então Tiara Fletcher, Brenda LaBeau e Michael Marouli. Quem mais? Eu adoraria ver a senhorita Rory de Newcastle. Ela é uma verdadeira rainha do mal, meio que comediante. Ela é brilhante.

Você gostaria que algo mudasse para a segunda temporada?

Eu acho que eles acertaram em cheio. Havia muita especulação sobre se seria uma merda, se seria uma versão barata, mas acho que eles absolutamente não poderiam ter feito melhor se tentassem. Houve muitos murmurinhos sobre ‘Oh, essas rainhas não foram representadas’, mas havia apenas dez vagas nessa primeira temporada. Você nunca representará todo o Reino Unido com uma temporada. Isso vai durar tantos anos, eu posso ver, para que todos tenham a chance de ser representados.

Você tem duas séries saindo. O primeiro é com Baga – o que podemos esperar disso?

É como uma paródia do Good Morning Britain e Good Morning America. Donald Trump e Maggie Thatcher estão tendo um romance estranho na tela, lendo notícias ridículas, algumas verdadeiras e outras falsas. Muitas notícias falsas. É simplesmente ridículo (leia mais sobre essa séria aqui).

Eu estou totalmente a bordo. Então você tem um solo saindo, sobre o que não sabemos nada…

Sim, ainda não temos um recorte final do que queremos fazer, mas definitivamente será algo como: ‘The Vivienne conquista Hollywood’. Vamos ver! Eu quero uma participação especial no Jurassic World 3, então … [Risos]

Espero que seja o seu personagem “Estou pingando”!

[Risos] Você pode imaginar todos na Hollywood Boulevard me vendo andando por aí dizendo: ‘Estou suando horrores!’

Pergunta final: Como você se sente sobre competir no  Strictly [Dança dos Famoso] agora?

Eu faria sim! Foda-se, por que não?


Para ler mais notícias sobre a S1 de Drag Race UK clique aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2019 © Todos os direitos reservados.