Connect with us

Hi, what are you looking for?

Babados

Darius Pierce (Shangela) é acusado de múltiplos abusos sexuais

Cinco homens LGBTs estão denunciando Shangela de abuso sexual e estupro ocorridos no passado. Vieram à público agora após acordo judicial que a drag fez com outra suposta vítima. Leia a seguir.

Compartilhe!
🕓 3 min de leitura

Em um artigo da Rolling Stone publicado na segunda-feira (18), os cinco acusadores relatam incidentes em que Darius Jeremy Pierce, o homem por trás da drag Shangela, que apareceu pela primeira vez na segunda temporada de RuPaul’s Drag Race e no programa da HBO, We’re Here, supostamente abusou sexualmente de indivíduos ou tentou embriagá-los a ponto de perderam a capacidade de dar consentimento para ato sexual. Todos os cinco disseram à revista que se manifestaram depois que o assistente de produção da HBO, Daniel McGarrigle, entrou com uma ação no Tribunal Superior de Los Angeles acusando Pierce de drogá-lo e estuprá-lo após uma festa de encerramento de 2020; o caso foi resolvido em mediação depois que um juiz rejeitou duas das acusações. Pierce negou veementemente a alegação, dizendo que “não tem base de fato ou de lei”.

Muitas das novas acusações contra Pierce na história da Rolling Stone têm detalhes semelhantes aos de McGarrigle e entre si – quase todos os relatos envolvem Pierce supostamente comprando ou fornecendo álcool aos jovens, com idades entre 18 e 23 anos na época em que disseram que os abusos ocorreram; várias lembranças incluem os homens acordando na cama de Pierce atordoados e confusos e há vários relatos de um terceiro homem presente no quarto.

Shangela no lançamento de A Star Is Born em Londres.

>  Sharon Needles se manifesta sobre acusações de abuso de ex-fã
>  We're Here S2 estreia em outubro

Um dos acusadores de Pierce, Helmer, de 27 anos, decidiu registrar um boletim de ocorrência em Los Angeles em 2023 sobre a suposta agressão. Helmer diz que tinha 20 anos quando conheceu Pierce em Los Angeles em 2017 e se lembra de “acordar completamente nu em uma cama e supostamente estar na residência de Pierce” depois que os dois se encontraram para jantar e a estrela drag comprou um mojito para ele.

“[Helmer] perguntou a Pierce o que aconteceu ontem à noite e por que ele estava nu”, dizia a denúncia, segundo o relatório. “Pierce respondeu: ‘Fizemos sexo e havia outro cara envolvido que você trouxe’. [Helmer] perguntou quem era aquele outro cara, e Pierce afirmou que não sabia, ‘mas você realmente gostou disso’”.

Refutando essas alegações, um advogado que representa Pierce disse à revista que os dois fizeram sexo consensual com um terceiro homem que conheceram em um bar. Ele também negou as acusações de um segundo acusador, Edward Ramirez, que alegou que o artista o empurrou no chão de um closet quando ele tinha 21 anos em 2018 e tentou penetrá-lo. Brettler disse à Rolling Stone que três pessoas poderiam “atestar que o Sr. Pierce e o Sr. Ramirez nunca estiveram sozinhos”.

Outro acusador, Zein Checri, disse à revista que tinha 18 anos em 2017 quando conheceu Pierce em Londres. Depois de tomar as bebidas fornecidas por Pierce, ele se viu na cama de Pierce, vomitando; ele disse que não estava “no controle de nada do que estava acontecendo”. O advogado de Pierce disse que ele e Checri não eram íntimos, mas consumiam álcool e ele foi ao apartamento de seu cliente.

>  Entrevista: Orion Story fala sobre Drag Race 14
>  Pabllo Vittar | Lança clipe de Buzina

Um acusador chamado Zachary diz que conheceu Piece em Nova Orleans em 2015, depois “desmaiou” após uma noite de bebedeira e acordou com Pierce e um terceiro homem. “Ouvi Shangela dizer: ‘Enfie nele’ e eu rapidamente disse ‘Não’”, lembrou Zachary à Rolling Stone. Ele disse que desmaiou novamente depois. O advogado de Pierce disse à Rolling Stone que Zachary “se envolveu em atos sexuais consensuais antes de adormecer” naquela noite.

Pierce nega ter conhecido RoyLee Soliz, um quinto acusador que afirma que, em 2012, após receber bebidas, adormeceu, mas acordou com o artista que ele “admirava” tentando colocar seu pênis dentro de sua boca. Em negação por meio de seu advogado, Pierce disse que “não se lembra de ter conhecido RoyLee Soliz” e nunca fez “sexo não consensual de qualquer tipo com eles ou com qualquer outra pessoa”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

De acordo com o relatório, vários dos acusadores que apresentaram acusações contra Pierce hesitaram em fazê-lo, pois isso poderia ser um golpe para a comunidade drag. À medida que a cena outrora underground se tornou popular, com programas como Drag Race e We’re Here encontrando um público mais amplo, eventos familiares como ‘drag brunches’ e ‘hora da história’ têm sido alvo de grupos de ação de direita. Em declarações à revista, Checri disse sentir que “é um grande alívio que, finalmente, esta conversa esteja começando a acontecer”.

Matéria especial completa na Rolling Stones.

Compartilhe!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com.

Click to comment

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

"NUNCA TOQUE NO ROSTO DE UMA DRAG QUEEN", advertiu Ongina ao ser tocada indevidamente durante show no Rio de Janeiro, no fim de semana...

Babados

“Vocês vão para a festa do Diddy ou da Shangela?”, postou King Tyra sobre supostos abusos sexuais de Shangela, confira completo a seguir.

Babados

Kandy Muse usou suas mídias sociais para relatar agressão sofrida em boate, confira o relato à seguir.

Babados

Homem que processou Shangela por suposta agressão sexual durante gravações de 'We’re Here' desistiu do processo. Entenda tudo a seguir.

Advertisement

Portal de notícias sobre arte drag, RuPaul's Drag Race e suas rainhas.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2024 © Todos os direitos reservados.