Conecte-se conosco

Drag Queens

Naomi Smalls | O futuro do drag é um lindo bobão de Chicago

Publicado

on

🕓 3 min de leitura

Naomi Smalls é muito mais que uma rainha. A artista de 25 anos ficou famosa como a vice-campeã da oitava temporada de RuPaul’s Drag Race. Agora, ela está de volta ao All Stars e está pronta para mostrar ao mundo um lado “muito mais confiante, feliz e diferente da Naomi”. Ela também está extremamente satisfeita por ter atualizado suas habilidades de maquiagem para melhor satisfazer as lentes de câmera HD da VH1. Engraçada, inteligente e extremamente elegante, Naomi Smalls é uma rainha que merece uma coroa.

Quando penso em você, penso em quão forte é a sua estética e estilo. Como você se vê?

Sempre que vou ao palco, gosto de transportar meu público para uma sessão de fotos ou algum tipo de editorial que inventei na minha cabeça. Muito disso é coletar inspirações do cinema e da TV. Eu vejo muitas revistas. Quando eu estava no ensino médio, eu ia para a Barnes & Noble e ficava lá por sete horas, apenas examinando revistas, tentando pegar pequenos pedaços de algo para poder colocar em uma história para contar no palco.

>  Tyra fala sobre racismo no fandom de Drag Race
>  AS4 | Comentários do 4º episódio

Você já pensou em mudar para uma personagem diferente ou adicionar elementos radicalmente diferentes a si mesma?

Quando eu comecei a fazer drag, muito disso era sobre tentar ser a linda e fofa garota da boate Acho que aprendi viajando pelo mundo e sendo capaz de conhecer tantos profissionais incríveis que você não precisa fazer apenas uma coisa. Eu tenho a sorte de ter me mudado para Chicago. Eu fui exposta a essa grande cena club kid que eu nem imaginava que existia. Eu não necessariamente me considero uma garoto de boate, mas eu peguei muito do jeito que eles falam de contar uma história com sua aparência e colocar isso na minha história. Sempre há espaço para crescimento. Se chegar a um ponto em que não estou nervosa sobre o que estou fazendo ou não estou empolgado com isso, acho que é hora de dar um tempo.

O que significa “o futuro do drag” para você?

Eu acho que o futuro do drag é realmente normalizá-lo. Isso pode soar como uma coisa ruim, mas eu acho que é uma coisa ótima, porque nós vemos as crianças que têm seus pais trazendo-as para a RuPaul’s DragCon (veja fotos do evento aqui) e elas dizem: “Meu filho está interessado nisso, e eu estou aqui apoiando ele”, e eu acho isso é simplesmente lindo.

>  AS4 | Prévia do 10º episódio, grande final
>  AS4 | Monét X Change está pronta para dominar a indústria da música

Você estava nervosa ao voltar à competição?

Sim, eu não necessariamente gosto de me comparar a ninguém, mas eu sou um grande concorrente. Na oitava temporada, eu não acho que eu realmente tenha feito isso, porque eu era muito imatura. É uma loucura como drag queens evoluem tão rápido. Eu acho que agora estou bem mais equilibrada, e muito mais confortável em me sentir desconfortável e realmente me arriscar e me expor. Eu aprendi que as pessoas realmente me amam quando estou sendo eu e mostro o meu eu autêntico. Isso é tudo que eu posso realmente dar, então eu apenas tento ser a melhor versão disso. Esse é o meu lema, voltando a competição.

O que podemos esperar de você no show? O que veremos?

Eu realmente sou tão pateta. Eu realmente parei de me levar tão a sério. Eu acho que essa é a beleza da Naomi. Ela parece uma diva, mas ela é apenas uma nerdzona.

>  Bianca Del Rio fala sobre All Stars All Winners, sua passagem por Drag Race e sua carreira pós reality
>  AS4 | Elenco oficial da temporada

Por que devemos torcer por você no All Stars e em 2019 em geral?

Eu sou muito grata por viver meu sonho. Eu nunca pensei que quando eu estava assistindo Drag Race como um novinho de 15 anos no ensino médio, eu seria capaz de viajar pelo mundo e trabalhar com essas lendas. Eu só sei que eu tive um sonho, é legal que eu possa mostrar a todos que se você tem um sonho, contanto que você vá atrás dele, você pode vivê-lo também. O meu sonho é vencer RuPaul’s Drag Race e me destacar no drag. Espero que as pessoas possam se identificar com isso.

Entrevista concedida ao The Fader.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.