S11 | Billboard entrevista: Kahanna Montrese

Kahanna Montrese fala do salto mortal, conselhos de sua mãe drag, Coco Montrese, e mais coisas sobre Drag Race.

Modo Noturno

Na última quinta-feira (07/03), RuPaul’s Drag Race exigiu que suas rainhas mostrassem seu lado dramático. Em um desafio de atuação, as 14 rainhas remanescentes foram testadas em suas habilidades de performance em dois filmes de paródia, Corra! e Pantera Negra, respectivamente.

Uma vez que os filmes foram concluídos, uma rainha teve que levar sashay away. Depois de uma empolgante dublagem do clássico hit de Britney Spears “Work Bitch” que incluiu revelações de peruca, especates e saltos mortais insanos, a rainha de Vegas Kahanna Montrese foi eliminada da competição, enquanto Mercedes Iman Diamond conseguiu manter-se na corrida.

Kahanna conversou com a Billboard um dia depois de sua eliminação sobre suas inacreditáveis ​​acrobacias, como é ser chamado de “trade” (macho sonho de consumo), e o conselho que sua mãe drag, Coco Montrese, concedeu a ela antes da competição.

>  A era de Aquaria
>  As heroínas desconhecidos de ‘A Star Is Born’ são as drag queens
>  O épico encontro de Sasha Velour e Ikaro Kadoshi

Como você está se sentindo depois de ver sua eliminação?

Eu estou no topo do mundo, estou me sentindo tão bem, tenho recebido muito amor. Foi incrível assistir, afinal eu estava muito estressado durante todo o processo, mas estou tão feliz agora. Eu fiz o melhor que pude, e agora posso ver que estava lutando tanto, e isso ficou completamente obvio.

Você lutou muito, e aquilo foi uma dublagem, garota! Você realizou um salto mortal usando saltos! Foi fantástico!

[Risos] Sabe a real, honestamente, foi a primeira vez que eu fiz aquilo! Sim, eu não estou brincando! Quer dizer, eu costumava dar cambalhotas, então saltos mortais e acrobacias são o tipo de coisa que eu faço. Mas naquele momento, eu estava tipo, “Ok garota, eu tenho que fazer algo que vai me manter no jogo e que as pessoas vão se lembrar”. Isso saiu, literalmente, do meu rabo, e eu não posso acreditar que funcionou.

Os fãs não ficaram encantados, somente, pelas suas dublagens, mas pela sua beleza desmontada – muitos o consideraram o “trade” (macho sonho de consumo) da temporada. Como se sente ao ser olhado desse jeito?

Eu sinto que isso é muita pressão [risos]. Mas quer saber, eu aceito. Isso é agradável! Para mim, minha drag e a pessoa que sou desmontado é uma questão de equilíbrio, então o fato de as pessoas entenderem isso, significa muito. Porque eu me orgulho de cuidar de mim em drag e desmontada.

>  S10E10 | Runway | Social Media Kings Into Queens
>  RuPaul’s Drag Race | Episódio de Natal | Eureka O'Hara fala sobre o especial
>  Mimi Imfurst é a 1º Drag Queen dos EUA a se Apresentar em Cuba

Então, antes de ir para a competição, você recebeu algum conselho de sua mãe drag, Coco Montrese?

Sim, conversamos brevemente, porque Coco é ocupada, ela está lotada até aqui (de eventos). Mas ela me concedeu uma breve mensagem motivacional antes de eu ir competir, disse “Ok, é assim que vai ser: é muito intenso e será a coisa mais difícil que você já fez”. Ela estava me dizendo, em último caso, apenas para ser eu mesmo e me divertir, essa era sua mensagem geral para mim. Isso acabou me ajudando enquanto eu estava no show.

Certo, mas quando você entrou, Vanjie literalmente marcou você como “filha da Coco”. Esse relacionamento com Coco colocou alguma pressão indevida em você durante o seu tempo no show?

Ah, você não faz ideia! Todo o tempo! Porque não é como se ela fosse apenas uma ex-participante de Drag Race, mana. Esta é uma lenda drag, Coco tem trabalhado tão duro nesta indústria e criou um nome para si, que as pessoas já respeitam apenas ao ouvir o sobrenome Montrese. Para mim ser sua filha, eu senti que havia uma obrigação por trás disso, mas também tipo… você sabe, somos diferentes. Então não foi só eu retomando de onde ela deixou, mas também eu estava tentando mostrar que não sou a Coco. Eu vou errar [risos].

>  RuPaul's Drag Race ganha versão brasileira
>  Uma Década de Drag Race | S2 | Tatianna

Ao sair, você disse “algo está vindo”. Você tem uma nova música e um clipe para “Scores”. Você trabalhou com tantas grandes rainhas, como Sharon Needles, Trinity the Tuck e Peppermint no vídeo – qual era a mensagem que você queria transmitir através desta faixa?

Para mim, é sobre as pessoas saberem que, tipo, nunca me subestimem. Sim, fui para casa na segunda semana, mas ainda sou aquela garota. No vídeo, é apenas sobre ser independente e forte, e ir até o fim. Você verá no vídeo, estou fazendo muito isso. Eu sou uma líder e não deixo minhas dificuldades assumirem o controle. Eu sou definitivamente uma lutadora, então o vídeo é sobre ser aquela garota. Ela é capitã, é a chefe do time da escola!

Confira a seguir o clipe de SCORES.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here