Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

RuView

DRUK S2 | RuView do 10º episódio

Confira o resumo e análise crítica de tudo que rolou na grande final da segunda temporada de RuPaul’s Drag Race UK.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 9 min de leitura

Uma das temporadas de Drag Race mais agradáveis ​​dos últimos anos chega ao fim.

Não importa o que acontecesse nesta final, RuPaul’s Drag Race UK Season 2 teria sido declarado um sucesso. Com base no que veio antes na excelente primeira temporada, o show reuniu um elenco altamente carismático e eclético, colocou-as em alguns dos desafios mais divertidos que vimos em anos e tirou disso outro hit absoluto de uma música de girl group drag. A moda variava do genuinamente maravilhoso ao afável e agradavelmente desastroso, enquanto o drama fornecia piadas suficientes para nos manter investidos sem tornar a temporada tóxica. E a dublagem – a maior fraqueza da primeira temporada – melhorou aos trancos e barrancos desta vez.

Um grande crédito tem que ir para essas rainhas, que entraram em alta, sofreram um enorme desvio em uma pausa de sete meses nas filmagens devido ao COVID-19 e nunca pararam de dar o seu melhor. É ótimo ver todos elas de volta na grande final, juntando-se à performance de RuMix da temporada (para “A Little Bit of Love”) e desfilando pela passarela a em sua melhor drag no final do episódio. Até Ginny Lemon, que saiu do set durante a dublagem, e Veronica Green, que testou positivo para COVID-19 e não conseguiu voltar para terminar as filmagens, conseguem suas chances para brilhar.

Mas é claro, este episódio final pertence às quatro finalistas: Bimini Bon Boulash, Ellie Diamond, Lawrence Chaney e Tayce. Entre elas, temos um azarão, uma lipsync assassin, uma rainha da comédia que dominou a primeira metade da competição e uma Jacqueline-of-All-Trades que voltou do confinamento para dominar a segunda metade. E embora todas digam que o jogo é de qualquer uma, é difícil acreditar que qualquer uma senão a última que vai vencer esta competição. Isso, claro, é Bimini.

Chegando na final, com base nas enquetes do show via Twitter, Bimini está claramente na frente do grupo. Tayce e Lawrence estão um pouco atrás dela (embora próximas uma da outra), enquanto Ellie é uma clara quarta colocada. No entanto, The Vivienne foi um pouco menos popular do que Divina de Campo em pesquisas de popularidade semelhantes da 1ª temporada, então provavelmente é loucura investir muito nos votos dos fãs. Mas ao mesmo tempo… olhe para os números de Bimini! Veja suas quatro vitórias, um recorde para Drag Race UK até agora! Veja as notícias positivas na imprensa! Ela tem todo o ímpeto da competição. Certamente isso está na bolsa de Bimini.

Leitor, não está garantido para Bimini. Na verdade, a coroa é de Lawrence, já que ela é declarada a próxima Superstar da Drag Race do Reino Unido. E embora haja muito o que dissecar na tomada de decisão que levou a isso, vamos primeiro reservar um tempo para comemorar a vitória de Lawrence.

Ela absolutamente esmagou a parte inicial desta competição, entrando na sala de trabalho primeiro e nos fazendo rir por semanas. Ela mostrou seu lado vulnerável como alguém com inseguranças e problemas de autoconfiança, mas triunfou sobre eles para vencer três desafios distintos: uma tarefa de costura, o desafio de improvisação do programa matinal e o desafio RuRuVision como parte do United Kingdolls. Há um conjunto variado de habilidades representadas em suas vitórias; ela merece muito crédito por acertar os diferentes elementos desta temporada.

Advertisement. Scroll to continue reading.

É verdade que a metade da temporada de Lawrence não foi tão forte. Ela teve que dublar por sua vida após o Snatch Game, quando sua personificação de Miriam Margolyes não agradou os juízes. Ela também de alguma forma ficou no bottom 3 com seu visual no desafio de costura de super-herói, embora essa decisão particular me deixe perplexo até hoje. E enquanto ela ficava no topo no desafio standup, sua reação raivosa com Ellie por sua disposição das apresentações deixou uma má impressão no fandom.

Mas neste episódio, Lawrence demonstra muito do que a tornou uma candidata nesta temporada. Ela comanda o palco na apresentação RuMix, escreve um verso inteligente (superior ao verso “UK Hun”, na minha opinião) e fica linda em um vestido inspirado em Drag Race – completo com suas três medalhas RuPeter como brincos e um broche! Além disso, ela é puro encanto tanto com suas companheiras rainhas quanto com Ru e Michelle Visage em uma entrevista, mostrando a personalidade que nos encantou desde o início.

Existem alguns elementos históricos para a vitória de Lawrence, incluindo ser a primeira campeã escocesa de Drag Race. Em virtude de entrar antes de Ellie, Lawrence foi a primeira rainha escocesa em Drag Race e não perdeu tempo ganhando rapidamente a coroa para Glasgow.

>  DRUK S2 | Quem é Veronica Green?
>  S12 | RuView do décimo episódio

“Eu realmente quero mostrar ao mundo o que essa grande diva pode fazer. Podemos parecer ferozes, usar alta costura também, nem toda piada precisa ser uma piada de gordo”, Lawrence Chaney

Também significativo: depois de anos se perguntando quando isso finalmente aconteceria, Drag Race finalmente coroou uma vencedora gorda. É uma conquista que a própria Lawrence se propôs a fazer; como ela disse em sua entrevista pré-show, ela queria “estabelecer um precedente” para big queens ganhando Drag Race. “Eu realmente quero mostrar ao mundo o que essa grande diva pode fazer”, disse Lawrence.

Contando apenas as temporadas de RuPaul’s Drag Race – o que significa All Stars e UK, mas não Drag Race Holland, Drag Race Tailândia ou Canada’s Drag Race – houve 20 vencedoras coroadas até agora. É muito chocante que tenha demorado tanto para uma menina gorda vencer. Portanto, Lawrence pode ter muito orgulho em realizar o que se propôs a fazer – e fazê-lo com um espírito divertido e uma bela aparência, enquanto permanece fiel a si mesma o tempo todo.

Haverá espectadores que terão dificuldades com este resultado, principalmente porque significa que Bimini perde. Este é um episódio relativamente discreto para ela, em comparação com o que ela fez nas últimas semanas da competição. Se todos eles variarem de 100 a 90, esta é uma nota 80 sólida.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Ela teve uma tarefa árdua tentando superar seu ótimo verso em “UK Hun”, mas enquanto seu verso esta semana parece um pouco inferior, ela mais do que compensou em sua execução matadora de sua coreografia RuMix. Seu vestido final também é deslumbrante. Assim como nos desfiles de alta costura, ela optou por encerrar sua coleção nesta temporada com um vestido de noiva. É lindo, perfeitamente Bimini e uma ótima nota para terminar sua jornada.

Não surpreendendo ninguém que acompanha essas resenhas, sou um grande fã de Bimini e estaria mentindo se dissesse que não estou com o coração partido por vê-la perder. Lawrence fez um trabalho fantástico nesta temporada e merece totalmente a coroa. Mas Bimini também merecia.

Seu enredo foi fantástico, de estar no bottom 2 na primeira semana para cair novamente no resto da temporada. Ela aproveitou os sete meses de lockdown para realmente trabalhar em si mesma e em sua drag, e voltou forte. Como Graham Norton observa no episódio, ela aproveitou ao máximo o isolamento para se transformar em uma verdadeiro concorrente.

>  DRUK S2 | Rumor | Spoilers do episódio 2
>  DRUK S2 | Rumor | Spoilers do episódio 3

Em termos deste episódio unicamente, no entanto, a vencedora clara para mim é Tayce. Ela tem facilmente o melhor verso no RuMix, e sua dança é nada menos que a perfeição. Sua passarela da “dança das sete perucas”, como Alan Carr coloca, não é a minha favorita dos looks finais, mas é exclusivamente Tayce. E tanto em seu discurso para seu eu mais jovem quanto em seu argumento para a vitória, ela abaixa a guarda, fala com o coração e conta algumas piadas para contrabalancear positivamente. Ela realmente me deixou com os olhos marejados com o discurso para seu eu de seis anos de idade, algo que não aconteceu durante este segmento desde o discurso de Peppermint na 9ª temporada.

A performance final super forte de Tayce provavelmente a coloca no top 3 para dublar pela vitória, enquanto Ellie se torna uma espécie de Roxxxy Andrews no All Stars 2 e é cortada no último momento. Para ser honesto, acho que, em última análise, é certo que Ru elimine Ellie no obstáculo final. Aprendi a apreciá-la cada vez mais a cada semana, mas sua falta de vitórias e impulso geral na competição não é o de uma finalista.

Ela chegou ao top quatro, e por isso, Ellie pode se orgulhar – e ela estava deslumbrante em seu vestido final. Mas, no final das contas, fiquei ao lado de Alan e Graham em seu debate com Michelle sobre Ellie: ela ainda não nos surpreendeu. Dê a ela alguns anos e uma chance no All Stars, no entanto, e eu acho que ela será uma força absoluta.

O que é notório sobre este resultado, na minha opinião, não é a vitória de Lawrence. Acho que ela merece a coroa, e tem o currículo da competição para comprovar isso. Em vez disso, culpo a edição por ter sido incrivelmente dura com Lawrence nas últimas semanas, apenas para mudar de marcha para uma vitória de Lawrence. Pelo menos com The Vivienne, sua edição se suavizou a tal ponto que tanto ela quanto Divina ganhar parecia razoável. Tudo nas últimas semanas tinha claramente caminhado para uma vitória de Bimini, e ver isso não se concretizar chega a ser frustrante.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Minhas reservas da semana passada sobre o resultado final de Drag Race UK permanecem intactas. Os primeiros sete episódios desta temporada? Incontestável. Uma das melhores corridas que já vimos em uma temporada de Drag Race. Claro, houve choques e decepções (pegue-me lamentando o sashay away precoce de Asttina Mandella nos próximos anos), mas eles nunca pareceram inorgânicos ou forçados.

As primeiras eliminações foram frustrantes, mas só porque amávamos tanto essas drags que nos importamos quando elas voltaram para casa. Mas assistir A’Whora ir para casa de forma duvidosa, ter que passar episódios muito longos sem nada para preenchê-los e ver a edição de repente e drasticamente mudar para se encaixar na narrativa de uma vencedora diferente, realmente, colocou um freio nesses últimos três episódios.

Eu ainda acho que esta é uma temporada de alto nível, e esta final por si só é muito boa. Tem realmente um toque britânico; como uma final do X Factor, parece um evento desde o início. E, novamente, há tanto para comemorar sobre a vitória de Lawrence que quase parece que estraguei a festa para reclamar – só queria que a forma como chegamos aqui fizesse um pouco mais de sentido.

Mas, independentemente de qualquer problema, estou deixando a segunda temporada da Drag Race UK muito feliz com a forma como passamos os últimos dois meses. E eu vou admitir, ouvir Lawrence dizer a Veronica “Deus ajude aquelas rainhas na 3ª temporada” Apenas me fez desejar ainda mais uma nova temporada.

Temos muitas Drag Race de outros países para passar primeiro, mas por enquanto, você pode me pegar batendo palmas para o Reino Unido, hun.

>  S11 | Comentários do 13º episódio, Reunited
>  Shangela, Monét e Miss Vanjie dublam Frock Destroyers

DESAQUENDANDO AS CONSIDERAÇÕES FINAIS

As rainhas entram na sala de trabalhos com uma pequena e linda lembrança de “UK Hun”, completa com coreografia. Legal da parte delas deixarem Ellie se juntar à United Kingdolls por um dia!

Parece que abandonamos o conceito das rainhas gravando um podcast em suas entrevistas finais e, em vez disso, o programa trouxe de volta os Tic-Tacs. Honestamente? Gosto! Sempre odiei que os podcasts nunca fossem realmente lançados. E é divertido ter Michelle nas entrevistas finais, apesar da mudança no formato.

Alguns detalhes deliciosos de Tayce: Seu pai era baixista no Wham! E o primeiro CD single que ela comprou foi “Lady Marmalade” do Moulin Rouge! Tayce era uma das minhas favoritas durante toda a temporada, então estou feliz que ela tenha uma edição tão adorável no final.

Ellie revela que a primeira temporada de Drag Race que ela assistiu foi a 6ª Temporada, e ela instantaneamente se apaixonou por Adore Delano. Que sabor!

A última música dublada é “I’m Still Standing” de Elton John, que é perfeitamente britânica, gay e apropriada para o final. É a segunda música de Elton a ser usada para dublagem – embora a primeira, “The Bitch Is Back” no All Stars 4, seja na verdade um cover de Tina Turner.

Uma mensagem final para Asttina Mandella, que está absolutamente linda na passarela final em um visual preto e branco. Eu rezo para que ela volte em uma temporada futura, porque ela é muito boa para ter apenas três episódios de Drag Race em sua carreira.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Este episódio merece 4,5 coroas!

Confira os looks da runway em:

>  DRUK | S02E10 | Runway: Final 4 Eleganza Extravaganza

Recap por Kevin O’Keeffe no Xtra. Leia mais notícias de Drag Race UK S2 aqui.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Race UK

RuPaul's Drag Race UK S3 chega a partir de setembro, confira o anúncio oficial!

Drag Queens

“Tudo que eu queria era chegar à final. O que quer que acontecesse depois seria um bônus”, Bimini celebra passagem em Drag Race UK...

Pod: Drag Race

Conversei com Alexandre Nuns sobre tudo que rolou na S2 de Drag Race UK: rainhas, desafios, passarelas, dramas e muito mais.

Drag Queens

“Eu nunca participaria de Drag Race novamente”, confira entrevista de Lawrence Chaney após sua merecida vitória em RuPaul’s Drag Race UK S2.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.