Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Babados

RuGirls reclamam de legenda em Drag Race Holland

Polêmica à vista, rainhas dos EUA reclamam das legendas de Drag Race Holland, seja por questão de saúde ou preguiça. A gente que lute!

Compartilhe!
🕓 2 min de leitura

Drag Race Holland mal começou e já gera polêmica… e por algo simples: a legenda. Como a nova franquia do império de RuPaul tem como língua nativa o holandês é de se esperar que seu elenco fale holandês, mas isso pelo visto tem gerado incômodo em RuGirls que são obrigadas a lerem as legendas se quiserem entender o que se passa na sala de trabalhos e no palco principal.

Trinity The Tuck, campeã de RuPaul’s Drag Race All Stars 4, apontou que tem dificuldade para acompanhar as legendas por sofrer de dislexia.

“Eu queria tanto ver a nova temporada de Drag Race, mas eu não consigo acompanhar as legendas. A propósito, para esses cuz*es que estão insinuando que isso tem a ver com ser estadunidense ou insinuando isso, não tem nada a ver com ser estadunidense. Eu tenho dislexia. É uma problema que me impede de ler e compreender.”

Já a dupla Manila Luzon (S3, AS1 e AS4) e Latrice Royale (S4, AS1 e AS4) reclamaram em seu podcast The Chop do tanto de legenda que tem nos episódios. Latrice declarou que não é muito fã de leitura e seus olhos são preguiçosos devido à medicação que usa (maconha), concluindo que precisou assistir duas vezes o episódio de estréia. As duas ainda brincaram que a única leitura que gostam é o reading do desafio da biblioteca, quando gongam suas irmãs drag.

>  Tyra Sanchez é banida das principais redes sociais
>  Uma Década de Drag Race | S9 | Nina Bonina Brown
>  AS5 | Shea Couleé revela que voltará num All Stars

Trinity acabou apagando tais tweets, pois a reação que recebeu não foi a esperada. Enquanto alguns fãs e seguidores saíram em defesa das RuGirls, afirmando que o problema das legendas era o fato delas serem muito rápidas, pois as queens falam muito rápido, os que discordam pensam diferente. Vários seguidores que falam outros idiomas afirmaram que só conseguiram assistir Drag Race graças as legendas, especialmente os latinos, como nós brasileiros. E outros ainda afirmaram que tais declarações era uma forma de desvalorizar a arte drag holandesa por não ter o apoio das drags queens dos EUA que não demonstraram a devida consideração às suas irmãs.

Pessoas dos EUA, culturalmente, não possuem o costume de consumirem produtos de entretenimento legendados, afinal a maioria dos filmes e séries que bombam mundo à fora são produzidos por lá. Então é normal esse estranhamento com um programa inteiramente falado em uma língua estrangeira e cheio de legendas.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Enquanto os estadunidenses seguem lutando, nós brasileiros vencemos esse desafio com maestria, afinal é graças ao trabalho de legendadores como a Fuzzco News, que democratiza o acesso à Drag Race, que o show faz tanto sucesso por aqui. Legenda é TUDO!!!

Para saber mais sobre Drag Race Holland clique aqui.

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Race Holland

Confira os looks da runway “We are family” do sexto episódio de Drag Race Holland. Quem merece Toot e Boot?

Drag Race Holland

Confira os looks da runway “Half man, half queen” do quinto episódio de Drag Race Holland. Quem merece Toot e Boot?

Drag Race Holland

Confira os looks da runway “Shine Bright Like a Diamond” do quarto episódio de Drag Race Holland. Quem merece Toot e Boot?

Babados

Durante um desabafo de The Vixen sobre racismo, Dida Ritz aproveitou para expor comportamento problemático de Manila Luzon contra outras drag queens.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.