Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

RuView

DRUK S1 | RuView do 8º episódio, Grande Final

Comentários e análise crítica da grande final da S1 de Drag Race UK que coroou a primeira Drag Superstar do Reino Unido!

Compartilhe!
🕓 6 min de leitura

Foi ao ar o último episódio da primeira temporada de RuPaul’s Drag Race UK! A seguir posto meus comentários e análise do que rolou. Contém spoilers.

O episódio final já começa com um breve resumo da trajetória de Baga Chipz, Divina de Campo e The Vivienne na temporada. E então as rainhas voltam pra sala de trabalhos e comentam sobre a eliminação de Cheryl e como estão animadas por estarem no top3. Também curti essa formação, de fato as melhores na competição!

Mama Ru chega na sala de trabalhos e anuncia que o desafio final será um performance das Queens para seu hit “Rock It (To the Moon)”, com direito a coreografia e versos solos que elas mesmas terão que compor. E o trio ainda participará do podcast de mama durante os ensaios finais.

>  RuGirls aparecerão em “AJ and The Queen”, nova série de RuPaul na Netflix
>  DRUK S1 | Primeiro desfile de RuPaul no palco principal

PODCAST

Baga revelou que nos últimos dez anos deve ter conversado com sua mãe sete vezes, a relação das duas não é ruim, mas ela foi criada pela avó, com quem tem maior vínculo. Chipz disse que sua mãe arrumou um novo marido, teve novos filhos e como não tinha mais espaço para ela, foi morar com a avó, e isso ela adorou. A queen não se sentiu rejeitada e nem quis se passar de vítima. Mas isso a tornou mais dura com a vida, fazendo da comédia seu mecanismo de defesa. Baga agradeceu a oportunidade de estar no programa, pois isso a tornou uma melhor profissional, mais comprometida com seu trabalho e carreira. (RuPaul abraçando Baga… ela quer ganhar todos os prêmios mesmo)

Divina já chega no bate papo recebendo vários elogios de mama Ru: muito talentosa, determinada e uma incrível ética de trabalho. Tudo isso ajudou ela chegar ao top 3. Mas De Campo revela que não foi fácil está ali pois duvidava muito de si e se sentia subestimada, especialmente por The Vivienne. Divina não a culpa, culpa apenas a si mesma por essa obsessão em ser perfeita e deixar que a validação dos outros a afete.

The Vivienne fala sobre sua dependência química e que esta sóbria há dois anos. E como agora quer ajudar pessoas que também tem problemas com vício em drogas tão presentes no meio Drag e LGBT. A queen ainda manda shade pra Baga, dizendo que as duas fazem o mesmo tipo de trabalho drag, embora Baga não seja toa polida em seus looks. O que não é mentira!

>  DRUK S1 | Gothy Kendoll vai "quebrar o molde" da arte drag britânica
>  DragCon 2018 | Destaques do 3º Dia

ENSAIO

As drags conhecem a dupla de coreógrafos que lhes vão ensinar a rotina de danças para a performance final. Dois gatos, vale ressaltar.

Advertisement. Scroll to continue reading.

E a proposta da dupla é que as Queens façam danças latinas: samba, tango e cha-cha (podia ser a rainha da S5, né? Serena Cha Cha). Mas a coreografia que eles passam é INSANA. Baga e Vivienne têm dificuldades para pegar, enquanto Divina arrasa… Boa sorte, drags!

>  DragCon 2018 | Destaques do 2º Dia
>  RuPaul’s Drag Race Live, a residência Drag Race de Las Vegas

SALA DE TRABALHOS

O top3 faz uma recapitulação da temporada enquanto se preparam para se apresentar.  E comentam que pior look desfilado na S1 foi o visual de papel de Vinegar Strokes.

Então elas comentam que foi tudo muito intenso e pesado. Elas reconhecem que deram o melhor, mas foi uma jornada pesada. E que esse foi o top 3 idealizado por todas.

>  Jaida Essence Hall, a essência de uma campeã
>  DRUK S1 | RuView do 1º episódio

DESAFIO PRINCIPAL

A apresentação da versão remix de “Rock It (To The Moon)” achei razoável, não tão boa quanto o desafio das girlbands, mas foi bem feito. The Vivienne foi a que mais arrasou, confiança pura!

E a categoria é Final 3 Eleganza Extravaganza!

Depois das críticas positivas dos jurados, mama Ru mostra as rainhas suas fotos quando eram crianças e pergunta o que elas diriam para sua versão versão infantil.

Baga Chipz criança.

Divina de Campocriança.

The Vivienne criança.

No geral as drags dizem que a vida será difícil por um tempo, mas depois de adultas as coisas vão melhorar, graças, especialmente, a arte Drag em suas vidas.

Então mana pergunta porque elas merecem vencer. Baga diz que na verdade as outras são melhores, mas que se ela chegou ali, merece uma chance. Divina aponta todas as suas habilidades e como sempre busca a perfeição no que faz que seria uma campeã humilde e traria leveza para a coroa. Já Vivienne fala sobre como foi uma grande competidora consistente do início ao fim, que se vencer será capaz de se identificar com qualquer um.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O top3 então volta para a sala de trabalhos e tem a surpresa de serem recebidas pelas rainhas eliminadas. YASSSSSS!

A mini reunião é real. Vinegar atua como uma mestre de cerimônias e conduz o papo. As Queens eliminadas concordam com suas eliminações e acham que o top3 foi mais que merecido. Blu inclusive agradece a Baga, Divina e Vivienne pro todo suporte durante a corrida, dizendo que são grandes inspirações.

>  RuPaul’s Drag Race recebe 13 indicações ao Emmy 2020
>  AS5 | RuView do 1º episódio

LIPSYNC FINAL

Todas as Queens e o top3 volta para o palco para saber a decisão final de mama Ru.

RuPaul então anuncia que Divina é Vivienne são o top2 da temporada, dizendo que dessa vez não rolou para Baga. Então o top 2 tem que dublar “I’m your Man” do Wham!

Por fim mama Ru coroa The Vivienne a grande campeã da primeira temporada de DRUK!

Confira a coroação de Viv:

>  S10 | Comentários do 4º Episódio
>  DRUK S1 | Blu Hydrangea quer dar visibilidade para a causa LGBT na Irlanda do Norte

CONCLUSÃO

E assim chegamos ao fim da primeira temporada de RuPaul’s Drag Race UK. Eu amei essa jornada e espero que tenham curtido também.

Embora minha torcida tenha sido para Divina amei o resultado final, The Vivienne foi uma grande competidora e mereceu levar a coroa. E assim ela encerra um ciclo, de embaixadora para campeã de Drag Race. Se tivermos um All Stars, quero muito ver Divina arrasando nele e quem sabe vencendo.

E vale ressaltar o quanto foi perceptível que Michelle Visage e a própria RuPaul estavam se divertindo nessas oito semanas. O ar poluído de Londres fez bem a nossa dupla de juradas favoritas!

Agora é aguardar para a segunda temporada do show que chega no próximo ano. YASSSSSS!!!

Este episódio final merece 4 coroas.

Confira os looks individuais da runway Final 3 Eleganza Extravaganza:

Advertisement. Scroll to continue reading.
>  DRUK | S01E08 | Runway: Final 3 Eleganza Extravaganza

Para ler mais sobre a S1 de Drag Race UK clique aqui.

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Queens

RuPaul Andre Charles é um dos pilares estéticos da comunidade LGBT estadunidense e por sua consequência mundial e sua discografia precisa ser enaltecida. Confira...

Drag Queens

Conheça a origem de um dos looks mais “memoráveis” de RuPaul, o loiro desidratado, que muitos fãs dizem parecer o personagem “Maskara” do Jim...

Celebridades

“Se eu nunca mais voltar a me montar não vou nem ligar" - RuPaul.

Drag Queens

“Onde todos vocês e RuPaul estiveram por anos quando eu e outras rainhas pretas sofremos comentários racistas”, Nina Bonina critica racismo do fandom de...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.