Por que Drag Race UK não dá prêmios em dinheiro às drags?

Uma das surpresas de Drag Race UK é a falta de prêmio em dinheiro para as rainhas e isso tem a ver com o regulamento da BBC, entenda a seguir.

Modo Escuro

O primeiro episódio da RuPaul’s Drag Race UK superou muitas expectativas, mas deixou a desejar em um quesito: premiação.

Nos últimos anos, as rainhas de Drag Race competiram pela mesma recompensa: suprimento de um ano de cosméticos da Anastacia Beverly Hills, um prêmio em dinheiro de 100 mil dólares e uma coroa e cetro da Fierce Drag Jewels.

Ao longo dos anos houve algumas mudanças e substituições: uma campanha publicitária para a LA Eyeworks, a “gorjeta” de 10 mil dólares do All Stars que levou Alaska a levar para casa mais dinheiro do que o orçamento da temporada inteira antes de a coroa sequer tocar sua cabeça – mas o princípio permaneceu o mesmo: as rainhas estão no jogo em busca de uma bolada de dinheiro.

Contudo, para os competidores do Drag Race UK, as coisas são um pouco diferentes. Ao conhecer as rainhas pela primeira vez, RuPaul explicou que a campeã será coroada a super estrela drag de RuPaul’s Drag Race UK. Mama ainda complementou:

“Então ela será levada para Hollywood para estrelar sua própria série virtual, produzida pela equipe de criação de hits que criou RuPaul’s Drag Race”.

Ao final do episódio, RuPaul anunciou que a vencedora do desafio principal de cada semana ganharia um distintivo de RuPeter, inspirado no programa infantil de longa duração, Blue Peter.

>  S11 | Prévia do 12º episódio
>  Gia Gunn | 30 Dias em Transição pt10

Por que não há um prêmio em dinheiro no Drag Race UK?

Muitos tem especulado a falta de prêmios de Drag Race UK se deve ao fato do show estar sob o comando da BBC. E dessa forma a produção é obrigada a seguir o regulamento da empresa. Por se tratar de uma emissora pública, financiada pelo povo britânico, a BBC não permite patrocínios comerciais, pois fere os próprios princípios de éticos, que visam informar e educar o povo e não lucrar. Foram destacadas a seguir algumas das regras da companhia:

  • Nenhum programa em um serviço público da BBC pode ser patrocinado.
  • O dinheiro do patrocinador de um programa da BBC pode ser usado apenas para os custos de montagem do programa.
  • A BBC não aceita patrocínio de órgãos comerciais para programas no ar da BBC.
  • A escolha do patrocinador não deve prejudicar a integridade e independência da BBC e não deve prejudicar a reputação da BBC.
  • Os programas da BBC realizados nas instalações da BBC não devem ser patrocinados.
  • Não devemos destacar o patrocinador no título de um programa da BBC.
  • Nosso objetivo é creditar de maneira justa o papel apoiador dos patrocinadores e quaisquer créditos concedidos devem ser justos sem serem promocionais.
  • Não devemos entrar em acordo contratual que garanta créditos no ar.

Para acessar o guia completo das diretrizes de patrocínio da BBC clique aqui.

>  Drag Race UK | RuPaul fala sobre como a versão britânica será diferente
>  Phi Phi O’Hara faz “Especial Harry Potter” para o Halloween

É por isso que a rainha vencedora do primeiro desafio semanal da temporada, The Vivienne, não ganhou uma viagem, perucas ou jóias, – não é que as rainhas britânicas não valham a pena, é que a BBC não não permite tais negócios. Afinal tais prêmios sempre são anunciados como cortesia de algum patrocinador, o que é proibido pelos regulamento da BBC (ex: Não devemos entrar em acordo contratual que garanta créditos no ar).

Pelo mesmo motivo, isso também significa que Drag Race UK será a primeira temporada sem que mama Ru se vira para a câmera e solte o bordão: “disponível no iTunes”.

Mesmo sem prêmio em dinheiro é vantajoso para as rainhas participarem de Drag Race UK

Ainda assim, não há motivos para desânimo. A drag campeã da S1 pode deixar o show sem um grande prêmio em dinheiro, mas é seguro dizer que todas as 10 competidoras podem fazer “fortuna” a longo prazo.

Analisando a carreira das rainhas americanas, Bianca del Rio, por exemplo, percorreu o mundo com seus shows solo de comédia, lotando recentemente os 12.500 lugares da Arena Wembley em Londres; enquanto Trixie Mattel lançou uma série de álbuns country bem recebidos e até uma linha de maquiagem, além de ter seu seu próprio programa de TV.

Daqueles que não levaram para casa a coroa, Shangela estrelou um filme vencedor do Oscar (A Star Is Born); a Courtney Act apareceu em quase todos os reality shows que existem, e a Delta Work ganhou um Emmy por por seu trabalho como cabeleireira de RuPaul em Drag Race.

Tudo isso significa que, apesar da falta de um prêmio em dinheiro, há dinheiro a ser ganho em turnês, televisão, convenções e, claro, música. Como Michelle Visage disse ao Gay Times:

“Eu sei que elas estão acostumadas a ganhar 50 libras, trabalhando duro por não ter muito dinheiro. Eu espero que o programa possa aumentar os cachês delas e eles saiam em turnê, para outros países. As rainhas americanas sempre recebem a atenção e os shows, e isso é incrível e eu amo nossas garotas, eu quero que elas continuem trabalhando, mas agora é uma oportunidade para as garotas do Reino Unido se tornarem as superestrelass que elas são”.

>  DRUK S1 | Baga Chipz explica por que "não basta ser bonita" no show
>  AS4 | Billboard entrevista: Monét X Change

Em seu twitter, The Vivienne se pronunciou sobre a falta de prêmios em Drag Race UK, confira:

Vocês todos podiam parar de se preocupar com o que as rainhas de Drag Race UK não ganham. Dinheiro, prêmios. Quem liga? É a oportunidade de uma vida. Que vale o próprio peso em ouro! Apenas aproveite o show, beijos.

Para ler essa entrevista completa de Visage clique aqui. Para ler mais notícias de Drag Race UK clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here