S11 | MTV entrevista: Brooke Lynn Hytes

“Alguns dos meus momentos ruins no show foram alguns dos meus melhores momentos”. Brooke Lynn Hytes, a rainha canadense fala sobre chegar na Grande Final, se apresentou Celine Dion desde o Snatch Game e mais coisas de Drag Race.

Modo Escuro

Durante a maior parte da décima primeira Temporada, Brooke Lynn Hytes estava na ponta – literalmente, seja dos pés ou da competição. A rainha canadense mostrou seus movimentos de balé e dançou em direção à Grande Final de RuPaul’s Drag Race, ficando em segundo lugar para Yvie Oddly.

A MTV News conversou com Brooke Lynn sobre sua incrível revelação de peruca, como foi deixar a casa em Nashville, e se ela ainda tem algum trauma a cerca de sua Celine Dion no Snatch Game.

>  The Vixen | Os dois pesos e duas medidas do racismo em Drag Race
>  S10E02 | Runway | Very Best Drag

Ei Brooke Lynn! Como você está se sentindo hoje?

Eu estou bem! Estou um pouco cansada, mas estou descansando um pouco. Como você está?

Eu estou bem, falando com vocês garotas do top 4. Eu estava apenas re-assistindo sua clássica revelação de peruca que você levou para o palco de Drag Race. É tão bom. Isso é do Play [boate em Nashville]?

Sim, é originalmente da Play.

Você sabia que iria levar essa revelação para o palco de Drag Race?

Bem, assim que recebemos à lista dos temas dos desfiles, eu sabia que queria levar isso para uma das passarelas. Isso meio que sempre foi minha carta na manga, a revelação de peruca.

Eu amo tocar sempre que vou em Nashville. Você está tirando uma licença da Play?

Eu não trabalho mais lá. Eu me demiti em fevereiro. Quando o show foi anunciado, decidi que não queria mais estar no elenco de lá. Eu amo a Play. Eu trabalhei lá por anos, e eles me trataram muito bem. Eu estava pronta para seguir em frente, sair de Nashville e tentar coisas novas. Eu queria encerrar isso com eles em bons termos também, e meio que seguir em frente. Mas estou muito animado por voltar a tocar lá no dia 14 de junho – vai ser muito legal.

Sua dublagem para “Sorry Not Sorry” foi muito boa. Você percebeu que estava arrasando no momento?

Obrigada! Sim, foi tão divertido. Sinceramente, eu nunca fiquei ansiosa em nenhuma daquelas dublagens. Toda vez, eu simplesmente me diverti. Eu nunca fiquei nervosa; eu nunca fiquei assustada. Eu fiquei apenas – isso é o que eu mais amo fazer em drag, performar. Então eu estava apenas me divertindo.

>  S10 | Comentários do 2º Episódio
>  S11 | Plastique Tiara fala sobre início de sua arte drag
>  S11 | Billboard entrevista: Mercedes Iman Diamond

Como foi ver a Grande Final?

Foi ótimo. Eu não estava nervosa nem nada. Quero dizer, eu realmente me diverti na final. Eu acho que fiz um bom trabalho. Eu lembro que depois que terminamos de gravar, eu estava feliz e realmente contente com a forma como tudo aconteceu. Eu cheguei ao top 2, e é realmente tudo que posso pedir. Foi emocionante. Então sim. Foi bom. Foi divertido assistir. Foi estranho – nenhuma de nós estava nervosa. Todas nós ficamos muito quietas assistindo. Todos os outros estavam mais nervosos do que nós!

Quando você chegou ao top 4, você recebeu algum conselho de rainhas do passado?

Não, na verdade não. Eu estava indo lá para fazer o melhor que pudesse fazer. Eu queria me divertir, o que eu fiz. Até aquele ponto [no programa], estamos todos no jogo. Somos todos jogadores iguais naquele momento e todos somos vencedores em nossos próprios termos. As vidas de todos melhoram por causa de Drag Race. Não me arrependo do que fiz.

Você venceu o primeiro desafio da temporada. Isso te deixou nervosa?

Não. Eu acho que é importante que as pessoas vejam todos os lados de você. Então eles viram os lados legais; eles viram os lados ruins. Eles viram meus altos; eles viram meus baixos. Isso faz de você humano. Isso faz você amigável. Isso faz você relacionável. Você não pode se identificar com alguém que é perfeito o tempo todo. Então eu não estava preocupada em ter momentos ruins. E no final, alguns dos meus momentos ruins no show foram alguns dos meus melhores momentos. A vida não é plana. É tudo a cerca de vales e picos.

Você se lembra do seu pior dia em Drag Race?

Para mim, meu pior dia foi definitivamente o dia do Snatch Game. Isso foi difícil. Esse não foi um dia divertido para mim. No entanto, tudo o mais foi divertido para mim.

Você já apresentou alguma Celine desde então, ou você tem transtorno pós traumático?

Oh, eu me apresento como Celine o tempo todo. Não é sobre isso. Eu não me importo com isso. Acho que as pessoas se confundem com dublar uma celebridade e personificá-la. Eu não personifico Celine, mas eu dublo músicas dela o tempo todo. Eu não tenho problema em fazer isso. Mas desde o show, eu realmente não fiz muita Celine Dion. Você sabe, porque sim. [Risos]

>  S11 | Miley Cyrus participará do episódio de estréia
>  S11 | Comentários do 13º episódio, Reunited

Qual sua música favorita da Celine Dion?

Boa pergunta! Provavelmente “My Heart Will Go On” ou “It’s All Coming Back to Me Now”.

Então, você está atualmente na turnê da Season 11. Você chegou ao top 2. O que vem a seguir?

Bem, eu tenho alguns projetos rolando agora que eu realmente não posso falar sobre, porque assinei contratos a respeito. É tudo sigiloso. Mas estou trabalhando em alguns projetos muito interessantes. Então eu tenho isso, e estou na estrada a partir de agora até dezembro. Eu duvido que eu tenha tempo para muito coisa [até então. Fazendo os dois shows, viajando por aí – eu estou me apresentando ao redor do mundo, meio que fazendo uma turnê mundial por agora. E também estou trabalhando em montar um show solo para começar a tocar apenas no próximo verão no P-Town ou algo do tipo. Eu também quero entrar em modelagem e espero fazer algumas coisas de moda de passarela. Estou muito atarefada e abençoada! [Risos]

Que conselho você daria para futuras rainhas pensando em se inscrever?

Eu digo: se insecreva! Isso muda sua vida, de verdade. Abre tantas portas. Seu mundo explode; todas essas coisas estão meio abertas para você. Meu conselho é que, enquanto você está se preparando para o show, prepare-se, prepare-se. Traga a melhor versão de si mesmo. Saiba quem você é e não tenha medo de mostrar essa pessoa. Não tenha medo de se expor e mostrar cada lado de você. Tipo, as pessoas querem conhecer o seu verdadeiro eu. Eles querem assistir a uma pessoa real e podem dizer se você é falso.

Para ler mais entrevistas clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here