Conecte-se conosco

Cultura

A Rainha do Ano de Alaska é eleita

Publicado

on

🕓 3 min de leitura

Neste domingo, no ultimo dia da DragCon LA aconteceu o tão esperado concurso Drag Queen Of The Year, comandado pela vencedora do All Stars 2, Alaska Thunderfuck. A competição será um evento anual que fechará as comemorações da DragCon e dará a coroa a um artista independente do gênero ou estilo de Drag.

O concurso teve contou com um painel de jurados conhecidos, com as queens Jiggly Caliente, Gia Gunn, Willam, Sharon Needles e Landon Cider, as drags Peppermint e Jackie Beat fizeram participações especiais durante o evento que já na sexta feira estava com os ingressos esgotados.

As participantes eram: Abhora, Astrud Aurelia, Aurora Sexton, Calypso Jeté, Gigi Monroe, Kat Sass, Lyle e Sabbyana. Você pode ler mais sobre as participantes clicando aqui.

>  Entrevista | Alaska fala sobre seu concurso Drag Queen do Ano
>  DragCon 2018 | Destaques do 1º Dia
>  A rainha da noite

 

Como o concurso não foi transmitido todas as informações e mídias que conseguimos são dos incríveis fãs de drag que compartilharam e garantiram uma cobertura do evento nas redes sociais. Primeiramente o evento teve cerca de 50 minutos de atraso, mas nada impediu de que a noite fosse uma grande comemoração.

O Show começou com um desfile das participantes, onde todas usavam estampas de leopardo, a marca registrada da nova fase musical da Alaska.

 

Looks da Aurora e Abhora para a entrance com o tema Leopardo.

Após as apresentações as queens fizeram um numero musical ao lado de winner do AS2, ao som das musicas do seu novo album: Vagina.

 

>  Drag queens de RuPaul's Drag Race são convidadas pela Netflix para divulgar novo filme, Dumplin
>  Sonique recria dança d'As Branquelas ao lado das atrizes originais
>  Drag Queen do Ano | 2019 | Elenco

Após a performance a convidada special Jackie Beat se juntou a Alaska para uma sessão de perguntas e respostas para as concorrentes, cujo o foco era fazer a plateia rir.

 

Deram então início as performances individuais das participantes, entre os destaques estão Abhora que surpreendeu o público com um número emocionante e totalmente introspectivo e Astrud que cantou, dançou, tocou dois instrumentos além de estar linda.

Após as performances as concorrentes desfilaram com seu look de gala e se preparavam para os resultados finais.

O top 3 foi formado por Abhora, Kat Sass e Aurora Saxton e a grande vencedora foi Abhora.

Nós estávamos acompanhando a carreira da Abhora e como seu lado sentimental que vimos interferir em Dragula estava reaparecendo e colocando a queen para baixo. Essa vitória foi mais que merecida, foi um grande impulso para uma artista incrível continuar seu trabalho.

Compartilhe!

Futuro psicólogo, apaixonado por séries e leitor assíduo de histórias em quadrinho.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.