Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drags

The Boulet Brothers, Dragula: Falam sobre como se sentem sobre o show ser comparado com RuPaul’s Drag Race

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 3 min de leitura

Se você ainda não está sintonizado com Dragula, então espere uma nevasca de glamour, horror e sujeira julgados e apresentados pela lendária dupla The Boulet Brothers.

O reality show tem como objetivo encontrar a próxima super monstro drag do mundo, com rainhas (literalmente) batalhando pela coroa, enfrentando desafios de eliminação chocantes, do tipo: como se tatuar, comer cérebros e lutar entre si para evitar ser eliminado, e uma morte arrepiante.

Apesar dos formatos muito diferentes e estilos de drag queen, o show ainda é comparado à RuPaul’s Drag Race, que está prestes a lançar sua décima primeira temporada.

Falando exclusivamente para o Digital Spy, The Boulet Brothers contam sobre sua criação [Dragula] e como eles se sentem sobre tais comparações. Dracmorda declara que…

“[Isso me irrita] um pouco porque o que estamos fazendo, pode ser sim comparado com Drag Race, assim como você pode compará-lo ao Fear Factor com a mesma facilidade.

Eu fico um pouco irritada, porque Drag Race foi muito pioneiro para a arte drag, mas mesmo que sem intenção também exclui outros tipos de drag. Eles estão fazendo drag que pode ser mostrado para as massas, então quase que atrapalham a cultura de drag, para mim. Nós seremos sempre comparados com eles, mas minha intenção era realmente abrir um caminho diferente para o nosso show para provar que existem outras vias de drags e outras maneiras de ter sucesso.

Nossa turnê desta vez é muito diferente de qualquer outra turnê de Drag Race. Quase todos os locais que estivemos são boates de rock que tem bandas, heavy metal e muita gente hetero. Estamos os dominando e é divertido”.

>  S2 | Elenco
>  The Next Talent Drag 2: o que vem por aí?
>  Troca de Shades: Kim Chi Vs. Derrick Barry

Falando sobre como programas como Dragula e Drag Race abriram a cultura queer para as massas, a dupla continuou:

“Isso depende de como você faz isso. Eu acho que a visibilidade é importante então sim, ser visível ensina as pessoas sobre isso. Muito pode ser dito sobre não higienizarem tudo porque você está perdendo a cultura em si. Há muita rebelião, política, grosseria, atitude punk e performance que surgem do drag que você não vê em Drag Race, nesse sentido ele quase tira a cultura queer, porque eles são como ‘Ei, somos como vocês. Nós não somos tão diferentes , somos apenas garotas bonitas e meia-calça’, enquanto nós estamos tipo ‘Não, é disso que estamos falando. Pegue ou largue’.”

>  S12 | Entrevista: Dahlia Sin
>  Stacy Layne Matthews anuncia fim da carreira drag
>  S13 | RuView do 5º episódio

Discutindo algumas das decisões conscientes que foram tomadas para distanciar o programa de Drag Race, Drac continuou:

“Inicialmente, nós estávamos hesitantes em mostrá-las desmontadas, e isso é algo que o Drag Race faz muito. Eu estava hesitante, principalmente, porque nós temos nossas vidas privadas e então nós temos personagens drag, eu queria que elas tivessem a oportunidade de fazer isso também, se é isso que elas queriam fazer. Quando estava mais próximo do fim, chegando ao Top 4, então começamos a mostrar um pouco mais daquilo por trás do monstro”.

Elenco das primeira e segunda temporadas de Dragula.

>  VH1 renova RuPaul’s Drag Race e All Stars para novas temporadas
>  Academia de Drags S1: Xantara Thompson

Os Boulet Boulet e o elenco de Dragula estão atualmente em turnê no Reino Unido, com Drac revelando o que o público pode esperar.

“É selvagem, é rock and roll, é alto, é perigoso, é sujo e sexy, muito punk rock. É divertido, não é assustador ou intimidador. É divertido – é como uma celebração de desajustados. Se você sente que não não se encaixa em tudo, este é o show para você”.

Você pode assistir à série (sem legenda) aqui.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Queens

“Também aprendi que posso ficar apertada no meu espartilho por até 16 horas!”, diz Louisianna Purchase, nesta entrevista exclusiva, sobre participar da 3° temporada...

Dragula

Confira os looks que as rainhas monstras desfilaram no floorshow "Monstros Reimaginados" do episódio de estréia de Dragula. Quem merece Toot e Boot?

Dragula

Em três temporadas, Dragula apresentou ao mundo o trabalho de 30 monsters, então, qual deles é a rainha ou o rei do bottom? Descubra...

Babados

Delta Work parou de fazer as perucas de RuPaul em Drag Race por questões sindicais, vem entender todo o babado.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.