Willam e Katya contam sobre passado como garotos de programa

Modo Noturno

Willam Belli, drag queen participante da quarta temporada de RuPaul’s Drag Race, revelou que trabalhou como garoto de programa quando tinha 17 anos de idade. Willam se abriu sobre seu passado no podcast de Katya (queen da S7 e All Stars 3), Whimsically Volatile, a senhorita Belli também admitiu ter dormido com oito republicanos na Convenção Nacional Republicana (RNC) na Filadélfia em 2000. A história desse período de vida de Willam é chocante.

Após ter sido emancipada de seus pais aos 16 anos, Willam começou a trabalhar com um serviço de acompanhantes chamado Premier. A idade de consentimento na Pensilvânia na época era de 16 anos.

>  Especial Lady Bunny | Pt3: Go-Go Boy por 40 dólares

“Convenção Nacional Republicana, o ano 2000, Filadélfia: eu chupei oito paus em um dia. Dois deles no mesmo hotel”, conta Willam. “Você sabe por que? Porque eu era novinha”.

“Foi um período divertido para mim dos 17 aos 18 anos, quando eu era uma prostituta”, acrescentou. “Eu gostei porque era menor de idade e eu também poderia dizer aos caras: ‘Ei, se qualquer uma das fotos que você tirou de mim para ganhar grana extra cair na internet, eu vou atrás de você por pornografia infantil'”.

Willam, que se rotula como “principalmente uma garota oral”, revelou que tinha cerca de 130 clientes, ela recebia 120 dólares por cliente e ficava com 85 dólares aproximadamente.

>  The Vixen | Não há lugar para o preconceito no Orgulho LGBT

“Eu transei talvez com oito deles?”, conta Willam. “Todo o resto era boquete. Eu sou ótimo em mamar”.

Katya, nome verdadeiro Brian McCook, também contou sobre quando foi paga para fazer sexo enquanto trabalhava em Boston.

“Ele claramente contratou muitos garotos de programa porque ele estava muito familiarizado, dizendo: ‘meia hora de massagem, meia hora de boquete, $ 200’. Este é o acordo!”, contou Katya. “Ele era um homem muito pouco atraente… não era uma pessoa legal, mas o pau era transcendente”.

>  Barraco Drag: Tatianna expõe Tyra Sanchez no Twitter

Brian explicou que ficou completamente nu, mas deixou a peruca. “Eu fui à cidade pelo pau, era grande, mas não intimidante. Era curvado e proporcional ao seu corpo gigante. Foi a primeira experiência de prostituição mais maravilhosa de todas”.

Você pode ouvir o podcast a seguir

Artigo traduzido daqui.

Por falar em podcast, já conhecem meu podcast semanal com a Fuzzco News? Chama Batendo Cabelo com Rod e Saullete, nele comentamos os episódios de Drag Race, se tiver interessado, se inscreva e acompanhe nosso canal acessando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here