Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Por onde andam as primeiras eliminadas de Drag Race?

“Hey, Porkchop!” 15 drag queens, elas tem muito mais em comum do que a profissão. Todas foram as primeiras eliminadas de suas temporadas em RuPaul’s Drag Race.

Compartilhe!
🕓 7 min de leitura

Desde a sua estreia, em 2009, RuPaul’s Drag Race ditou muitos memes e momentos inesquecíveis. Eles ultrapassaram o espaço do programa e viraram assunto nas redes sociais e conversas de bar. Um deles é o fenômeno da primeira eliminada.

Desde Victoria Porkchop Parker até os dias de hoje, 15 drag queens foram embora para casa de primeira. Destas, 13 saíram da versão original, a americana, e duas são dos spin-off canadense e britânico, ambos com uma temporada cada.

Amadas, odiadas ou esquecidas no churrasco? Não importa, todas elas passaram pelo show e mostraram um pouco do seu trabalho. No mundo real, assim como você e eu, estas drags trabalham, tem sentimentos e merecem respeito, então, nada de ir espalhar ódio nas redes sociais delas, tudo bem? Se não for para ajudar no #EngajaDrag, pule essa matéria, por gentileza! Entendido? Vamos lá:

S1: Victoria Porkchop Parker

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia

Uma frase: “Would you fuck me? I’d fuck me”

Victoria Porkchop Parker mal poderia imaginar a importância do dia 2 de fevereiro de 2009. Nesta data, estréia de RuPaul’s Drag Race, ela saiu do palco principal para a história ao ser a primeira drag queen a levar sashay away de RuPaul. Depois de ser mandada para casa por Akashia, Porkchop, sem querer, também criou o título que nenhuma drag quer ostentar: o de primeira eliminada. Aos 33 anos de carreira, esta típica Pageant Queen é conhecida por sua relação amistosa com o programa que lhe levou a fama e segue por aí com suas filhas drag, performances e projetos.

Advertisement. Scroll to continue reading.

S2: Shangela Laquifa Wadley

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia

Uma frase: “Halleloo”

Foto promocional de Shangela para a 2ª temporada de Drag Race.

Shangela Laquifa Wadley foi a primeira eliminada a quebrar a maldição da drag que faz as malas mais cedo do que todas as outras. Baby Queen em 2010, quando participou da segunda temporada de Drag Race, Shange voltou com força na peruca na season seguinte e o resto você já conhece: briga histórica no Untucked, All Stars 3, performance para Beyoncé, carreira musical com 4 singles oficiais, filme com Lady Gaga e muita pomada para inchaço depois de tantos splits e death drops, ufa, “I’m back, Halleloo”.

S3: Venus D-Lite

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia
Uma frase: “Thats shady to me”

A primeira impersonator a gente nunca esquece: Venus D-Lite serviu Madonna nos últimos anos? Sim, mas ela também lançou, em 2014, dois singles: I’m Not Madonna, e The Plastics (feat Adam Barta); e sua versão de Justify My Love, em 2018, além de apresentar-se nos Estados Unidos e continuar sua saga para retornar em alguma edição futura do All Stars. Ah, Shangela eliminou Venus.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

S4: Alisa Summers

Área de atuação: Tampa, Flórida
Uma frase: “Baked potato couture! You look like you’re ready to bake at 350”

Alisa é um pouco difícil de ser encontrada nas redes sociais e as informações sobre ela são parcas, mas esta drag mantém uma conta ativa no Instagram, onde compartilha suas montações e trabalhos no geral. De Porto-Rico, foi a primeira latina a ser a primeira eliminada na história do programa. Jiggly Caliente a mandou para casa.

 

>  Rainhas de Drag Race revelam quais perguntas odeiam em entrevistas
>  S11 | Prévia do 1º episódio

S5: Penny Tration

Área de atuação: Estados Unidos
Uma frase: “Hello Boys”

Penny Tration não atualiza suas contas no Twitter e Instagram desde abril e maio, respectivamente, o que é curioso quando lembramos do fato dela ter entrado para o Drag Race através de votação popular online. Originária de Cincinnati, Ohio, ela perdeu o lipsync contra Serena Cha Cha e foi a segunda big girl, depois de Porkchop, a ir embora para casa primeiro.

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

S6: Kelly Mantle

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia
Uma frase: “Don’t wear bacon”

Atriz e cantora, Kelly Mantle conseguiu um feito inédito com sua passagem pelo Drag Race: colocar o bacon na pauta do dia e nos fazer falar dele. Brincadeiras a parte, depois de dublar Madonna contra Vivacious, esta queen foi a primeira pessoa de gênero fluído a concorrer por uma vaga de indicação como melhor ator/atriz coadjuvante no Oscar. Atualmente, Kelly prepara um novo álbum. Seu último disco, Satellite Baby, de 2006, está disponível no Spotify, assim como mais dois singles, Keyboard Courage, de 2015, e My Neck, My Back, lançado em maio de 2013.

S6: Magnolia Crawford

Área de atuação: Seattle, Washington
Uma frase: “I’m just here for the exposure”

“Eu criei Magnolia Crawford, mas ela está ocupada descansando. Hoje em dia passo o tempo viajando e tocando banjo”, diz Reynolds Engelhart, em sua biografia do Twitter. Sua drag foi eliminada na segunda estreia da sexta temporada de Drag Race. Antes da aposentadoria, chegou a apresentar-se com alguma frequência, regravou Glamazon para um disco de RuPaul, o RuPaul Presents: The CoverGurls, e lançou música/videoclipe com Adam Barta, No One Tells a Queen What To Do, em 2014.

Advertisement. Scroll to continue reading.

S7: Tempest DuJour

Área de atuação: Tucson, Arizona
Uma frase: “I’ll trip a bitch, I’ll cut up a bitch, I’ll poison a bitch”

Tempest Dujour (S7), Stacy Layne Matthews (S3) e Acid Betty (S8).

Professor universitário, pai, ator, Tempest DuJour é lembrada até hoje por sua entrada icônica no programa. Se você ainda não viu, veja agora. Se já assistiu, reassista. Sua persona drag tem grandes influências do teatro, sendo a atuação um de seus fortes, como mostra o filme Cherry Pop, no qual interpretou a Queen ZaZa. Nos dias de hoje, Patrick, criador da Tempest, divide-se entre aulas e o mundo drag. No Drag Race, foi eliminada pela latina Kandy Ho.

 

S8: Naysha Lopez

Área de atuação: Chicago, Illinois
Uma frase: “Hola! The beauty is here”

Naysha Lopez costuma ter dois pesadelos frequentes: em um deles, ela perde um lipsync contra Laila McQueen ao som de Applause, da Lady Gaga; no outro, ganha Sashay Away ao dublar Call Me, do Blondie, versus Chi Chi DeVayne. Agora falando sério: esta latina de Porto Rico foi a primeira eliminada a voltar para a competição na mesma temporada. Apesar de sua curta passagem pelo show, ela segue no drag.

>  S10 | Comentários do 5º Episódio
>  Barraco Drag: Monet X Change Vs. Pearl

S9: Jaymes Mansfield

Área de atuação: Milwaukee, Wl
Uma frase: “Hi shapeshifters”

Advertisement. Scroll to continue reading.

Jaymes Mansfield (S9) e Dusty Ray Bottoms (S10)

Presenteada com a benção da não eliminação no primeiro episódio, Jaymes Mansfield fez as malas na sequência, após dublar Love Shack, do The B-52, contra Kimora Black. Nascida em Madison, WI, Jaymes tem experiência com teatro de fantoches e trabalha na linha do humor e comédia. Por fim, além de continuar na ativa, inscreveu-se para o Drag Race por motivos simples, entre eles, o principal, tem nome e sobrenome: Pit Crew.

S10: Vanessa Vanjie Mateo

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia
Uma frase: “Miss Vanjie. Miss Vanjie. Miss… Vanjie… Bitch, I’m back”

Vanessa Vanjie Mateo

Ela não cresceu, ela prosperou: Vanessa Vanjie Mateo, filha drag de Alexis Mateo (S3, AS1 e AS5), soube transformar uma experiência ruim em um caixa eletrônico, após ser a primeira eliminada da décima temporada de Drag Race. Ao dublar contra Kalorie Karbdashian Williams, tudo aconteceu como deveria: o meme, o público comprando, a fama chegando e a segunda oportunidade, na season 11, na qual ostentou o quinto lugar. Hoje em dia, ela tem seu próprio single, I’m Vanjie, lançado em 2018, diversas parcerias musicais, shows ao redor do mundo e a experiência que antes faltava.

 

S11: Soju

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia
Uma frase: “I have a cyst. I’m currently oozing”

Embaixatriz do K-pop, ela foi avisada por Miss Vanjie sobre o que poderia acontecer ao usar tanto tule. Coreana, Soju lançou um EP em 2019 e mais quatro singles em sua carreira musical. Recentemente, no Twitter, ela sugeriu uma turnê em grupo com as primeiras eliminadas desde sua temporada. No geral, Soju segue trabalhando e é bastante ativa nas redes sociais, como exemplifica o seu canal no Youtube, com o Shot With Soju.

Advertisement. Scroll to continue reading.

S12: Dahlia Sin

Área de atuação: Los Angeles, Califórnia
Uma frase: “I’m a fierce brocc-ally”

Ela foi embora cedo? Sim, mas também fez o cruzamento inédito de drag com o mundo dos vegetais, especialmente o brócolis, após um desafio de atuação desastroso no terceiro episódio de RuPaul’s Drag Race Season 12. Assim como aconteceu com Jaymes Mansfield, Dahlia também participou de dois episódios devido a não eliminação na segunda estreia da temporada 12. Filha drag de Aja, tem a Dollhaus e gravou a faixa Love Beauty Work, para o disco Music For Clown Parties, em 2018.

 

>  Pabllo Vittar é um farol de esperança para a comunidade LGBT no Brasil pt2
>  Jaida faz emocionante depoimento sobre Drag Race

DAS FRANQUIAS

DRUK – S1: Gothy Kendoll

Área de atuação: Leicester, UK.
Uma frase: “So this is what it looks like”

DragCon UK 2020, Dia 1: Gothy Kendoll

Porkchop do Reino Unido, a inglesa Gothy Kendoll, modelo e drag fashion queen, foi ironicamente eliminada em um desafio de costura. Em 2020, ela completa quatro anos de carreira. Na época do programa, a falta de experiência não lhe ajudou e ela acabou indo para casa depois de perder um lipsync contra Vinegar Strokes.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

CDR – S1: Juice Boxx

Área de atuação: Toronto, ON
Uma frase: “Ohh, you like that?”

Um dos objetivos de Juice Boxx, no Canada’s Drag Race, era que as outras queens olhassem para ela e pensassem: “O meu Deus, ela é muito gostosa”. Apesar de ter durado somente um episódio depois ter perdido a dublagem contra Lemon, a Porkchop do Canadá já fazia drag por cinco anos antes de entrar no casting do programa. Pouco mais de um mês depois de sua eliminação, agora é esperar para ver o que ela nos reserva para o futuro.

Compartilhe!
1 Comment

1 Comment

  1. Ana Victoria

    20 de setembro de 2020 at 20:21

    Gente, por que nunca colocam Drag Race Thailand nessas listas? The Switch e Drag House é até compreensível pelo título ser tão diferente, mas DRT fez o maior sucesso entre as franquias fora dos EUA antes de UK e Canada????

Deixe uma resposta

Veja Também

RPDR

Com a temporada 2020, RuPaul’s Drag Race totalizou 19 Emmys ao longo dos anos e fez história ao se tornar o reality recordista da...

All Stars

Saiba como as drag queens são selecionadas pelos produtores para participarem de RuPaul’s Drag Race All Stars.

Drag Queens

Jaida Essence Hall, postou um emocionante depoimento em suas redes sobre sua trajetória em RuPaul’s Drag Race.

Season 12

Na atual temporada de premiações, RuPaul’s Drag Race tem feito bonito e levado várias estatuetas do Emmy 2020 para casa, confira quais prêmios o...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.