Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Cosplay e Drag, o boom da “Drag Cosplayer”

🕓 7 min de leitura

Hoje vamos falar um pouquinho pra vocês sobre o mundo do cosplay e do drag, e sobre o boom do termo Drag Cosplayer!

Mas o que é cosplay?

Cosplay, na acepção da palavra, nada mais é que a união de dois termos em inglês “costume” (roupa, traje, fantasia) e “play” (brincar, atuar), ou seja cosplay nada mais é do que brincar de se fantasiar!

Há diversas versões para o surgimento do hobby, mas muitas delas convergem para o final dos anos 1930, em convenções de ficção científica como a “WonderCon”, onde fãs começaram organicamente,  a se trajar como personagens de suas séries favoritas. É apenas em meados dos anos 1980, que o hobby chega ao Japão, onde toma força e aliado ao crescente mercado de produções de jogos, animações, vídeo games, mangás e filmes, evolui para o fenômeno que conhecemos hoje, um hobby presente na cultura pop , que une praticantes do mundo todo através de fóruns, sites, e até mesmo competições.

Certo, mas onde o cosplay e o drag coincidem?

Bem, sendo objetiva, eu arrisco dizer que, do momento em que o drag é uma prática atrelada a (entre outros) caracterização, criação de personagens, imagens, e toda forma de expressão pessoal, é fácil de se compreender como e onde as práticas coincidem, visto que o drag é — muitas vezes — tido como uma prática de caracterização e transformação.

Uma ressalva que tenho em dizer que ambas as práticas são a mesma coisa, é: Do momento em que o cosplay compreendido como, escolher um personagem já existente, e trajar-se dele à sua imagem e semelhança, o drag trata-se mais da expressão do seu(s) próprio(s) personagens originais. Apropriando-se ou não, de personagens comuns à cultura pop. O cosplay é basicamente, um hobby, já o drag é militância, o trajar-se como drag traz por si só, um ato político. Mas ambos são união de artes e formas de se expressar.

>  Phi Phi O’Hara anuncia "fim" de carreira drag

O termo “drag cosplayer” vem ganhando força a pouco tempo, diferente da prática! Temos diversos exemplos de artistas do meio drag, de diversas gerações, trajando-se de personagens comuns à cultura pop, hora com minuciosa precisão e detalhe, hora dando seu toque pessoal e adequando o personagem à sua persona drag. Não há como dizer que algum deste é mais ou menos “cosplay” que o outro, visto que ambos estão se trajando e interpretando, ou seja, praticando o “costume”+”play”! Vamos conferir agora alguns exemplos de artistas que unem os dois universos com maestria!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Chad Michaels

A veterana e All Stars, além de exímia personificadora da cantora Cher, também se sai muito bem no quesito do cosplay!  A queen inclusive manteve em seu twitter e instagram uma série chamada “Cosplay July”, onde postou diversas fotos de suas caracterizações.

Edward Scissorhands – Edward Scissorhands

Furiosa – MadMax: Road to Fury

Sally – Nightmare Before Christmas

Jessica Rabbit – Who Framed Roger Rabbit?

Megara – Hercules

Dax ExclamationPoint

O universo geek, em especial dos quadrinhos é extremamente presente no repertório da queen (também conhecida por ser mãe drag de Violet Chachki) que é uma ávida praticante da intersecção do drag e do cosplay! Veste-se várias vezes de personagens diferentes, e tem por assinatura seu icônico cosplay de Tempestade, dos X-Men – que inclusive, inspirou seu look de entrada na 8ª temporada do show, seguido de seu bordão “what’s up nerds?”.

Chun Li – Street Fighter 2

Scarlet Witch – Avengers

Storm – X-Men 92′

Storm – Uncanny X-Men

Wonder Woman – DC Comics

PhiPhi O’Hara

A polêmica All Stars divide opiniões, mas uma coisa que não se pode negar, é seu talento para caracterização. Em seu bem sucedido projeto “365 Days of Drag”,  pudemos apreciar diversas montações baseadas em personagens da cultura pop, desde ícones facilmente reconhecíveis, a personagens que fizeram os fãs urrarem com sua criatividade em abordar o retrô! A queen recentemente esteve no Brasil, em um evento de cultura pop, ao invés de uma casa noturna, mostrando que há espaço sim para o drag em diversas áreas do entretenimento, seja no dia, seja na noite!

Didi Pickles – Rugrats

Dot – Animaniacs

HIM – Powerpuff Girls

Judy Funnie – Doug

Oblina – AAAH! Real Monsters

Personagens de Esquadrão Suicida

E no Brasil…

>  Shea Coulee, The Vixen, Monet e Dax! inspiram criação de novo mutante dos X-Men

Ikaro Kadoshi

O trabalho de Ikaro transita por um sem fim de caminhos, dentre eles podemos dizer que o artista por diversas vezes se aproximou e muito do cosplay! Trajando-se de personagens da cultura pop, com sua tradicional maestria, Ikaro é um verdadeiro camaleão, que ostenta diversas facetas! Encontramos inclusive uma entrevista dele falando sobre o tema do cosplay!

>  Tatianna manda shade para Anitta

Jareth – Labirynth

Edward Scissorhands – Edward Scissorhands

Slovakia

Slovakia é talvez um dos maiores expoentes da cultura cosplay do mundo, sendo a cosplayer com o maior número de títulos em campeonatos mundiais de todo o mundo (4 vezes campeã mundial), e traz para sua drag diversas referências e montações altamente atreladas ao cosplay! Seus shows carregam fortes laços com seu background cosplayer, mesclando interpretação de trechos de séries, diálogos e lipsyncs relacionados a seus personagens.

Cersei Lannister – Game of Thrones

Cydaea: Maiden of Lust – Diablo 3

D’Vorah – Mortal Kombat X

Lady Galadriel – The Lord of the Rings

Hela – Thor Ragnarok

Opal – Steven Universe

Duda Dello Russo

A queen paulistana também sempre traz parte de seu universo geek para suas criativas montações, como pode ser visto em seu show na final do “Academia de Drags 2”, onde ela interpretou o tema do anime “Digimon”, trajada da personagem Angewomon, a queen também traz criativas montações inspiradas em personagens do imaginário geek.

Angewomon – Digimon

Diva Plavalaguna – 5th Element

Jinx – Pokémon

Lord Voldemort – Harry Potter

Vegeta – DragonBall Z

Amanda Sparks

Amanda tem sua carreira extremamente atrelada ao universo geek, desenvolvedora de jogos e dona de um canal de conteúdo LGBT gamer, sempre une o universo geek ao drag em suas montações.

Cammy White – Street Figter 2

Mileena – Mortal Kombat 2

Miss Marvel – Marvel Comics

Rogue – X-Men

She-Ra – She-Ra

Estes são apenas alguns exemplos de artistas que colidem os dois universos em seus trabalhos! E você, conhece alguém que ficou de fora da lista? Também curte cosplay e drag? Então fica de olho pois continuaremos a abordar o tema por aqui!

Até breve! 

Mantenham-se conectados para mais informações sobre Drag Race, RuGirls e arte drag. E nos sigam nas redes sociais:

Twitter

Instagram

Advertisement. Scroll to continue reading.

Facebook

Tumblr

YouTube

Fórum Draglicious

Twitter Reserva | Facebook Reserva

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Babados

Após a produção de RuPaul’s Drag Race publicar nota contra ataques de ódio dos fãs, Jaremi Carey (Phi Phi O’Hara) expôs descaso dos produtores...

All Stars 6

As gravações de RuPaul’s Drag Race All Stars 6 começarão em breve e foi uma RuGirl que confirmou. Já o elenco segue um mistério!

Babados

Pela primeira vez, desde que foi excluído da DragCon, James Ross se manifesta sobre atrito com organizadores e suposta ameaça de bomba ao evento.

Babados

Jaremi Carey anuncia “fim” de sua carreira drag, Phi Phi O’Hara agora só aparecerá em eventos especiais.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.