Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

All Stars

All Stars Choices: Season 1

48 Rugirls já retornaram para competir no formato All Stars, algumas mais de uma vez. Da season 1, de um elenco com nove drag queens, 5 já tiveram essa chance. Você sabe quais são as últimas quatro queens da fornada original que ainda podem retornar?

Compartilhe!
🕓 4 min de leitura

No dia 24 de julho a VH1 transmitiu o último episódio de RuPaul’s Drag Race All Stars 5. Após o término deste spin-off, ansioso por novas temporadas, comecei a imaginar o elenco da próxima season. Neste processo, minha memória afetiva retornou para 2 de fevereiro de 2009, quando tudo começou. Sim, caro leitor, tempos difíceis de baixo orçamento, 20 mil dólares de prêmio e filtro esfumado. Mas o programa prosperou, amém?

No decorrer dos anos, naturalmente a “fornada original”, de nove drag queens, retornou ao programa através do formato All Stars, no qual uma competidora volta à competição para tentar, mais uma vez, ganhar a coroa, o cetro e o cheque de cem mil dólares.

Três anos depois da estreia de Drag Race, em 22 de outubro de 2012, no All Stars 1, Nina Flowers, Shannel e Tammie Brown foram as primeiras a regressarem em um casting formado por 12 drags reunidas no famigerado modelo de duplas. Nesse esquema, o time Brown Flowers foi o segundo eliminado. Shannel, Shad, junto a Chad Michaels, teve mais sorte e conseguiu o terceiro/quarto lugar.

No All Stars 3, de 25 de janeiro de 2018, é a hora da volta de Bebe Zahara Benet, a única, nem xerox sai igual. Reapresentada com pompa e mistério, Bebe chegou a final do programa, garantindo, junto a Shangela, o top 3.

Muito pedida pelo público, Ongina é, até este momento, a quinta e mais recente drag da season 1 a retornar ao All Stars, no último dia cinco de junho deste ano. Infelizmente, a pequena musa careca amargou um nono lugar e foi mandada embora na segunda semana.

No final das contas, das nove queens originais, restam quatro opções para o All Stars 6: Akashia, Jade Sotomayor, Rebecca Glasscock e Victoria “Porkchop” Parker. E é sobre elas que nós vamos falar agora mesmo.

AKASHIA

Uma certa lenda URBANA LGBTQIA+ diz que a terceira dublagem é o beijo da morte. Este conto nasceu com Akashia, drag queen de Ohio, primeira lipsync assassin da franquia. Celebrizada por ter emendado três bottoms consecutivos, Akashia mantém uma conta sem selo de verificação no Instagram e não usa Twitter. Seu canal no youtube, ladyakashia, com 119 inscritos, tem apenas oito vídeos, a maioria postados 12 anos atrás.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Por que deve voltar? Rainhas negras são diariamente silenciadas, hostilizadas e diminuídas pelo fandom. Akashia merece ser reapresentada ao mundo, renovar seu público, ganhar seguidores, expandir a carreira. Além do mais, ela mandou Porkchop e Tammie Brown pra casa nas dublagens que participou. Certeza que encheria de sangue o palco do show.

>  S12E03 | Runway | Buttons e Bows
>  Entrada das campeãs de RuPaul's Drag Race

JADE SOTOMAYOR

Latina responsável pelo primeiro split da herstória do programa, Jade infelizmente foi eliminada muito cedo e arrumou as malas no quarto episódio, após uma dublagem contra Rebecca Glasscock. Inspirada por Jennifer Lopez, Jade atualiza suas contas no Instagram e Twitter (não verificada); no youtube como JadeSotomayor, quase todos os seus 28 vídeos disponíveis foram lançados há nove anos.

Por que deve voltar? Pra fazermos meme dela out of drag. Risos. Brincadeiras a parte, Jade é feroz e não pôde mostrar tudo na sua temporada original. Depois de todo esse tempo, com certeza renovou seus truques, aperfeiçoou habilidades, logo, está pronta para ser amada pelo grande público novamente.

>  S11 | Comentários do 6º episódio
>  S11 | Miley Cyrus, disfarçada de homem, espia as queens em Drag Race

REBECCA GLASSCOCK

Muitos já entendem que a terra não é plana, porém, 11 anos depois da estreia de Drag Race, ainda há quem não entenda como ela chegou ao top três da season, inclusive eliminando nossa amiguinha aí de cima, Jade. Rebecca Glasscock está presente no Instagram e Twitter. Em ambos, assim como não é verificada, também amarga na última posição de seguidores em relação a suas irmãs de temporada. No Instagram são míseros 16K, você a encontra como @the_javier_rivera. No Twitter, @RebeccaGlasscoc, 1.615K. Canal no youtube ela não tem.

Por que deve voltar? Porque nós gostamos de drama, confusão e babado. Imagine como seria o máximo ver a filha drag de Misty Eyez soltar aquele shady sobre coisas que aconteceram mais de uma década atrás? No mais, Rebecca já parou de fazer drag uma vez, seria uma oportunidade para se ela reinventar.

>  Relato | Show da Alaska em São Paulo
>  S10 | Impacto Miss Vanjie pt2: RuGirls

VICTORIA “PORKCHOP” PARKER

Vai parecer que eu não tenho vocabulário suficiente, mas precisarei me repetir: ícone, ícone, ícone! Primeira eliminada da história do Drag Race, ela faz drag desde que a luz elétrica foi inventada. Da velha guarda, nossa costela de porco preferida é facilmente encontrada nas redes sociais. No youtube, uma curiosidade: Porkchop só tem um, isso mesmo, eu disse um, um inscrito em seu canal, no qual você pode ver três vídeos.

Por que deve voltar? Nem que fosse numa homenagem em mini-desafio, desafio principal ou como participante: Victoria “Porkchop” Parker ousa viver esta profissão desde quando ela era muito mais próxima da marginalidade e clandestinidade. Além do mais, hierarquia é tudo e salve as bichas que vieram primeiro e abriram caminho para que eu inclusive pudesse escrever esta matéria que você lê agora.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Para ler mais sobre a S1 de RPDR clique aqui.

Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Drag Queens

Brita revelou que quase sofreu uma overdose fatal após não aguentar mais os ataques online dos “fãs” de Drag Race.

RPDR

Em entrevista recente, os produtores executivos de RuPaul’s Drag Race deixaram em aberto a possibilidade do show em aceitar drag kings e artistas trans...

Barracos Drag

Rainhas de RuPaul’s Drag Race e Dragula trocam shades devido ao especial de Halloween, Bring Back My Ghouls.

Moda

Bring Back My Ghouls será um especial de Halloween com as rainhas da S12 de RuPaul's Drag Race e terá dublagens, gorjetas do público...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.