Conecte-se conosco

Notícias

RuPaul’s Drag Race UK foi renovado para 2ª temporada

O sucesso é real! RuPaul’s Drag Race UK foi renovada para a segunda temporada. YASSSS!

Compartilhe!

Publicado

on

Shantay, you stay! RuPaul’s Drag Race UK foi renovado pela BBC Three e World of Wonder para uma segunda temporada.

Desde que o spin-off britânico invadiu as telas no mês passado, recebeu elogios da crítica especializada e se tornou um fenômeno internacional, com mais de 6,5 milhões de acessos no iPlayer – isso porque está no meio da temporada! Em um comunicado mama Ru declarou:

“Quero agradecer à BBC e a todos os nossos fãs pelo apoio esmagador a RuPaul’s Drag Race do UK”.

>  Primeiro teaser da 3ª temporada de Dragula é divulgado
>  Werq The World no Brasil, aparentemente, é cancelada

As rainhas desta temporada provaram que a Grã-Bretanha tem carisma, originalidade, coragem e talento, e queremos ver mais!

“Que venha outra temporada de amor, risadas e luz!”

Kate Phillips, que trabalha para a estratégia de entretenimento da BBC, disse que a resposta à série britânica tem sido “nada menos que grandiosa” e que os espectadores “realmente levaram o show e as incríveis rainhas no coração”. Ela acrescentou:

“Estou feliz que Ru e sua gangue vão ficar por aqui. Que comece a busca pelo próximo grupo de rainhas!”
>  Plastique Tiara revela se participaria do All Stars
>  AS4 | Billboard entrevista: Trinity The Tuck

Fiona Campbell, da BBC Three, também disse:

“Estou feliz que a BBC Three seja o lar da segunda temporada de Drag Race UK. Cada rainha da série trouxe algo diferente para a mesa e eu adorei assistir e conhecê-las. O programa é um grande sucesso para nós e estamos ansiosos para lançar outra temporada para que nosso público participe!”

Para se candidatar à segunda temporada da Drag Race de RuPaul, vá até:

https://get.rupaulsdragraceuk.com/casting/

Manas, é melhor se apressarem, pois as inscrições devem ser realizadas até 15 de novembro de 2019.

Nesta temporada, Baga Chipz, Blu Hydrangea, Cheryl Hole, Crystal, Divina De Campo, Gothy Kendoll, Scaredy Kat, Sum Ting Wong, Vinegar Strokes e The Vivienne entraram na corrida para serem coroadas a primeira drag superestrela de Drag Race UK.

Para ler mais sobre Drag Race UK clique aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Babados

Miss Fame expõe Justin Bieber por explorar artistas LGBTs

“Se você solicitar meus serviços, pague meu cachê. Eu tenho contas a pagar”, Miss Fame criticou a equipe de Justin Bieber e a indústria no geral por explorarem a mão de obra de artistas LGBTs, não os pagando de forma justa.

Compartilhe!

Publicado

on

Depois de receber uma oferta para aparecer em um novo videoclipe da equipe de Justin Bieber, Miss Fame que é famosa por suas habilidades maquiagem está se impondo e enviando uma mensagem para a indústria do entretenimento em geral: nos abordem de forma justa ou nem se deem ao trabalho.

Miss Fame, que passou pela S7 de RuPaul’s Drag Race, usou seus stories no Instagram (em 13 de novembro) para expor publicamente Justin Bieber e sua equipe por uma tentativa preguiçosa de conseguir “pinkmoney”, sem realmente investir em artistas LGBTQ+.

A rainha começou postando uma captura de tela de uma conversa entre o que parece ser a equipe de Bieber e a dela sobre as filmagens de um novo videoclipe para o cantor em Los Angeles.

O e-mail afirma que a equipe de Bieber estava disposta a pagar apenas 500 dólares – que a Miss Fame aponta não ser suficiente para cobrir o custo de seu voo – para que ela aparecesse no novo vídeo. Eles afirmam que ela seria a única drag queen a aparecer no vídeo imediatamente após uma declaração sobre ter uma rainha como segunda opção.

>  AS4 | Billboard entrevista: Trinity The Tuck
>  Hurricane Bianca 2 disponível, em breve, na Netflix brasileira

Os dois stories de Miss Fame que se seguiram criticaram a indústria de maneira mais genérica por tokenizar pessoas queers e aproveitar a inclusão como uma estética e não como uma missão.

“Para a equipe do Justin Bieber: Se você quiser envolver o artista LGBTQIA + em um videoclipe do JB, sugiro uma compensação/cachê respeitável pelo nosso tempo e talento. 500 dólares não cobrem o vôo para LA e não se oferecer para pagar pelo cabelo e visual dá a entender que vocês esperam que tudo esteja incluído [nos 500 reais]. Nós merecemos construir nossas vidas através de nossa arte, assim co o Bieber acumulou uma fortuna de 265 milhões de dólares. É o mínimo que vocês deveriam fazer. Não posso pagar meu aluguel com a ‘honra’ ou ‘experiência’. Rejeito respeitosamente a oferta”.

A rainha rejeitou respeitosamente a oferta e ainda dedicou outro stories para direcionar sua mensagem a todas as marcas que tentam exatamente a mesma coisa:

“Você não tem permissão para tokenizar meu talento, minha homossexualidade não é tendência. Meu tempo é precioso assim como o de vocês. Respeite as pessoas e celebre o que elas contribuíram. Se você solicitar meus serviços, pague meu cachê. Eu tenho contas a pagar. Isto é direcionado a todas as marcas, grifes e industrias que estão tentando passar uma boa imagem para conseguir nosso pinkmoney, mas na verdade não investem em nós… para aqueles que aceitarem a “oportunidade” de trabalhar com o Justin Bieber, eu espero que eles façam valer a pena financeiramente sua participação. Lembrem-se eles está indo muito bem $$$, você merece o mesmo”.

>  DRUK S1 | Top 3: The Vivienne, a embaixadora que tinha muito a provar
>  DRUK S1 | Vinegar Strokes se declara a competidora “mais relacionável”

Miss Fame então compartilhou outro stories recomendando aos seus seguidores a comprarem sua linha de maquiagem, em que parte do valor das vendas é revertido para uma instituição de caridade LGBT.

Para apoiar a drag maquiadora diretamente, visite MissFameBeauty.com e compre sua linha completa de produtos de maquiagem.

Compartilhe!
Continuar lendo

Cultura

Pabllo Vittar será jurada na estréia de Queen Of Drags, Drag Race alemão

Pabllo Vittar faz participação especial no reality alemão Queen Of Drags, o Drag Race da Alemanha, que estréia esta semana. Laganja também aparece. Veja a seguir.

Compartilhe!

Publicado

on

Queen of Drags é o novo reality em que Heidi Klum, Bill Kaulitz e Conchita Wurst estão procurando a melhor drag queen. A emissora ProSieben anunciou que as filmagens foram em Los Angeles. Um total de dez drag queens da Alemanha, Áustria e Suíça competirão entre si no estilo de RuPaul’s Drag Race. Os participantes são acompanhados semanalmente por uma estrela convidada diferente.

“Adoro drags, estou entusiasmada com o show e estou feliz que a Alemanha finalmente veja nossas melhores e mais coloridas drags”, diz o cunhado de Klum, Bill Kaulitz, sobre o novo formato. Acima de tudo, Conchita Wurst quer mostrar que Drag “tem muito mais a oferecer do que roupas, perucas e maquiagem deslumbrantes”. Heidi Klum promete que o show mostrará as “facetas criativas do mundo das drag”. A emissora alemã comprou os direitos de Drag Race e adaptou o formato, assim como foi feito com The Switch, do Chile.

Bill Kaulitz, Heidi Klum e Conchita Wurst

>  Primeiro teaser da 3ª temporada de Dragula é divulgado
>  S11 | Billboard entrevista: Honey Davenport
>  DRUK S1 | Scaredy Kat traz representatividade bissexual para o show

PABLLO VITTAR

Esta semana começa Queen Of Drags e o episódio de estréia conta com nossa rainha brasileira Pabllo Vittar como jurada convidada. Laganja Estranja (S6) também aparece no vídeo, confira a seguir.

Queen of Drags estréia em 14 de novembro na Alemanha. Conheça o elenco da primeira temporada clicando aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Babados

Werq The World no Brasil é cancelada por “questão logística”

Saiba o motivo do cancelamento da Werq The World no Brasil e como solicitar reembolso dos ingressos comprados.

Compartilhe!

Publicado

on

Já é de conhecimento do fandom nacional que a turnê Werq The World não passará mais pelo Brasil. Mas segundo fontes confiáveis não só nosso país foi afetado, pois A Voss Events cancelou a passagem da turnê por toda América Latina, sendo assim nada de Chile e México recebendo o show das RuGirls, mesmo que ainda apareça tais datas no site oficial.

De acordo com email que tivemos acesso, o evento “foi cancelado por questões logística da produção”. Porém até o momento não houve nenhum pronunciamento oficial por parte da Voss Events sobre o cancelamento da turnê na América Latina.

A seguir a confirmação do cancelamento do show em Porto Alegre.

A seguir o email da empresa Uhuu sobre o cancelamento da Werq The World em São Paulo informando como obter o reembolso.

>  Pabllo Vittar concorre como "Melhor Artista Brasileiro" no "MTV: EMA Bilbao 2018"
>  Hurricane Bianca 2 disponível, em breve, na Netflix brasileira

>  Joyce Ribeiro é a primeira mulher negra a mediar debate presidencial no Brasil

Quanto aos fãs brasileiros, para conseguirem reembolso dos ingressos comprados basta enviar email para falecom@uhuu.com e fazer a solicitação.

Compartilhe!
Continuar lendo

Babados

Fantasia racista de KKK de drag queen brasileira gera revolta

Uma drag brasileira se fantasiou de KKK para uma festa e causou revolta com seu ato racista.

Compartilhe!

Publicado

on

Novembro é o mês da Consciência Negra no Brasil e como somos homenageados? Com drag queen fazendo performance racista!

No dia 26 de Outubro em Piracicaba (SP), durante a festa “A Paradinha – The Walking Drag” a Drag Verona, rainha brasileira, se fantasiou de KKK. Na performance ainda bebeu sangue de um boneco que representava um bebê negro. Quem foi ao evento fez registros da performance e expôs nas redes sociais o ato de racismo que pode ser conferido a seguir:

Denúncia de racismo pt1

Denúncia de racismo pt2

Denúncia de racismo pt3

Fotos da performance da Drag Verona.

A drag fantasiada de KKK.

A drag performando e bebendo sangue de um “bebê negro”.

>  DRUK S1 | Vinegar Strokes se declara a competidora “mais relacionável”
>  DRUK S1 | Scaredy Kat traz representatividade bissexual para o show

A drag até fez um pedido de desculpas para as pessoas “que se sentiram ofendidas”. Isso não é questão de se sentir ofendido, racismo é crime e merece punição.

A ONG Casvi responsável pela festa e pela Parada LGBT de Piracicaba emitiu um comunicado oficial sobre a performance da Drag Verona, “INFORMAMOS QUE A DRAG VERONA NÃO FAZ MAIS PARTE DO ELENCO DA PARADA DA DIVERSIDADE E ORGULHO LGBT DE PIRACICABA, POR NÃO TER AGIDO DE ACORDO COM OS VALORES DA INSTITUIÇÃO E DO EVENTO. Não compactuamos com qualquer prática discriminatória nem de conivência com as mesmas. Não compactuamos com qualquer prática discriminatória nem de conivência com as mesmas. Qualquer pessoa que conheça o trabalho que realizamos em prol das populações vulneráveis de Piracicaba conhece os valores que pautam nossa atuação. Reduzir 27 anos de história de luta social por um episódio que não estava sobre nosso controle não é a melhor forma de resolver o problema”. A nota d ONG foi postada aqui.

Mas nem todos aceitaram as desculpas da ONG.

Drag Verona se manifestou em seu facebook se desculpando: “EU NÃO SOU RACISTA E NÃO FIZ APOLOGIA AO RACISMO!!! Eu pensei numa performance satanista, onde eu traria o apocalipse, através de várias coisas; governos (Bolsonaro), igrejas (Universal e demais aproveitadoras da fé cega), rituais e etc, porém fugiu do controle ao colocar o KKK. ERREI??? SIMMMMM!!! e me arrependo amargamente a cada segundo.O bebê foi algo impensado, nada a ver com a ideia acima, porque foi a boneca mais barata que encontrei no centro pra poder usar na performance… EU PEÇO PERDÃO A TODOS QUE OFENDI E DECEPCIONEI!!!” (postado aqui)

>  RuPaul’s Drag Race inspira curso universitário sobre raça e imagem corporal
>  Ilustrador transforma campeãs de Drag Race em Pokémon

A queen Samantha Banks se pronunciou contra esse ato racista no Facebook.

Já não basta a gente ter que lidar com drag fazendo blackface agora isso? Parece que não evoluímos NADA! Brasil e sua falsa democracia racial. Estou enojada e revoltada.

APOLOGIA AO RACISMO NÃO É ARTE, É CRIME.

Peço que não ataquem ou façam ameaças a Drag Verona. Ela errou e tomara que aprenda com isso. Mas é importante que a gente não normalize essas atitudes. Pois foi por normalizar o racismo, machismo, LGBTfobia e muitas outras atitudes problemáticas de Jair Bolsonaro, que hoje ele está eleito presidente do Brasil, dando voz a todas essas opressões que fazem vítimas diariamente.

Infelizmente o fandom de Drag Race tem um grande histórico de racismo, se você quiser ler mais notícias relacionadas ao tema clique aqui.

O QUE É A KKK?

A Ku Klux Klan (KKK) foi uma organização racista secreta que nasceu no final do século 19 nos Estados Unidos. Ela foi fundada em 1866, no Tennessee, como um clube social que reunia veteranos confederados, ou seja, soldados que haviam lutado pelos estados do Sul, o lado derrotado, na Guerra Civil Americana (1861-1865). Na defesa da manutenção da supremacia branca no país, o grupo promovia atos de violência e intimidação contra os negros libertados.

Mais informações sobre a KKK podem ser lidas aqui e aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Destaques

“We’re Here”, nova série da HBO com Bob, Shangela e Eureka estreia em 2020

Bob The Drag Queen, Shangela e Eureka estrelam programa sobre arte drag na HBO, a estreia será em 2020. Saiba mais sobre o show a seguir.

Compartilhe!

Publicado

on

É isso mesmo, manas. Nova série da HBO estrelada pelas lendárias participantes de Drag Race Bob The Drag Queen, Shangela e Eureka O’Hara chamada We’re Here estreia em 2020. Confira o comunicado de Bob:

“O segredo foi revelado! Eu trabalhei numa nova série com a HBO chamada “WE’RE HERE” [Nós Estamos Aqui]. Viajando por pequenas cidades do país com minhas amigas Shangela e Eureka, empoderando comunidades locais com a mágica da arte Drag. #WereHere chega na HBO em 2020”.
>  DRUK S1 | Top 3: The Vivienne, a embaixadora que tinha muito a provar
>  AS4 | Qual rainha deve ganhar? Trinity The Tuck

Na mensagem de Shangela que foi parecida a de Bob a queen completou com:

“Não desistam de seus sonhos, pessoal. E não tenham medo de TRABALHAR DURO pelo que desejam. HALLELOO!”

Já Eureka postou:

“(O que é a vida, OMD)(Mãe te amo) Sempre estejam focadas e determinadas e vocês chegarão a onde quiserem. Eu tenho tanto orgulho de todos que trabalharam tão DURO para que isso acontecesse”.

Em comunicado, foi informado que o programa terá seis episódios, e vai acompanhar as três rainhas enquanto elas recrutam moradores de pequenas cidades nos Estados Unidos para participar de um show drag que acontecerá em sua cidade por apenas uma noite.

Bob The Drag Queen, Shangela e Eureka O’Hara

Já estou muito ansiosa pelo programa das lendas e vocês???

Compartilhe!
Continuar lendo

Cultura

The Boulet Brothers Dragula está disponível na Netflix

O reality das drags monstras agora faz parte da Netflix e em breve estará disponível no Brasil.

Compartilhe!

Publicado

on

Se você é fã de arte drag e morria de vontade de assistir o programa das rainhas monstras agora está mais fácil do que nunca realizar este desejo, pois o show foi adquirido pela Netflix. A boa notícia foi dada pelas próprias Boulet Brothers, criadoras do show, confira a seguir.

“Travessuras ou gostosuras! Há uma últimas supresa nesta temporada de Halloween e guardamos o melhor para o final! Agora, The Boulet Brothers Dragula será transmitido exclusivamente pela Netflix – reveja o programa, maratone, faça com que todos que você conhece assistam e ajude-nos a espalhar o evangelho”.

O reality já está disponível na Netflix dos Estado Unidos. E de acordo com fontes confiáveis, a partir da próxima semana, 8 de novembro possivelmente, Dragula chega à Netflix Brasil.

>  DRUK S1 | Top 3: The Vivienne, a embaixadora que tinha muito a provar
>  DRUK S1 | Scaredy Kat traz representatividade bissexual para o show

DRAGULA NA AMAZON

Dragula migrou do YouTube para o serviço de streaming Amazon Prime, com suas três temporadas completas, neste ano. Contudo, foi uma relação muito conturbada, pois a Amazon atrapalhou todo o cronograma de exibição da temporada postando episódios antes do dia correto ou até mesmo publicando mais de um episódio no mesmo dia. Isso pode ter sido um dos fatores principais na troca de plataformas da série.

 SPOILERS DA S3 A SEGUIR 

>  Primeiro teaser da 3ª temporada de Dragula é divulgado
>  Joyce Ribeiro é a primeira mulher negra a mediar debate presidencial no Brasil

Nesta semana foi ao ar a grande final da terceira temporada que coroou sua mais nova Drag Queen Supermonstro do Mundo, no caso o primeiro Drag King: Landon Cider.

Landon Cider sendo coroado o campeão da S3 de Dragula e recebendo clássico banho de “sangue”


Se quiser ler mais notícias sobre Dragula clique aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Notícias

Dragula | Terceira temporada estreia 27 de agosto

Publicado

on

De acordo com o portal Alt Press estamos nos aproximando rapidamente da estréia da terceira temporada de Dragula. E agora temos uma data precisa para marcar em nossos calendários.

O reality de competição das drags monstras começou no YouTube, mas a nova temporada vai estrear em um serviço de streaming pela primeira vez em sua história.

O primeiro episódio da nova temporada vai ao ar em 27 de agosto na Amazon Prime. A terceira temporada promete ser revolucionária pois marcará Dragula como o primeiro reality drag a escalar um drag king (Landon Cider) e uma drag mulher cis (Hollow Eve) como participantes da competição.

The Boulet Brothers também anunciaram, via Instagram, uma turnê européia com o elenco da terceira temporada, a partir de 31 de agosto. O show irá ao ar às terças-feiras às 21h local.

>  DRUK S1 | Crystal é a rainha "gender-fuck" da temporada
>  Pabllo Vittar concorre como "Melhor Artista Brasileiro" no "MTV: EMA Bilbao 2018"

As rainhas da nova temporada são: Priscilla Chambers, Maddelynn Hatter, Maxi Glamour, Hollow Eve, Louisianna Purchase, Evah Destruction, St. Lucia, Violencia Exclamation Point, Dollya Black, Landon Cider, o drag king, e Yovska, a mulher cis.

Assista a seguir o vídeo de apresentação do elenco da nova temporada.

>  DRUK S1 | Top 3: The Vivienne, a embaixadora que tinha muito a provar
>  Ilustrador transforma campeãs de Drag Race em Pokémon

Para ler mais notícias sobre Dragula clique aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Babados

Cardi B tem registro da marca “Okurrr” negado pelo governo

Publicado

on

Em março postei que Cardi B queria registrar a expressão “Okurrr” com o intuito de vender produtos licenciados com a palavra e assim aumentar ainda mais sua fortuna. O movimento causou controvérsia, pois a expressão “Okurrr” é muito usada na comunidade LGBT dos EUA, onde se originou. Muitos se manifestaram contra a atitude da rapper (leia aqui). O processo de registro finalmente chegou ao fim e as notícias para a cantora não são muito boas.

Três meses após fazer o pedido de registro da marca “Okurrr” para fins comerciais, Cardi B teve o pedido negado, devido ao fato de seu pedido ser mais comum do que ela pensava, de acordo com documentos judiciais obtidos pelo portal The Blast.

Nos documentos oficiais, os responsáveis ​​pela Patentes e Marcas dos EUA disseram que a frase de Cardi era considerada uma “expressão comum amplamente usada”, depois de saber que a família Kardashian e muitos de seus fãs haviam usado “Okurrr” ao longo dos anos.

Desde 2017, Khloé e Kourtney Kardashian e Kendall Jenner já usavam a frase em vários episódios de Keeping Up with the Kardashians. Os próprios fãs de Cardi B também apresentaram pedidos semelhantes de registro de marca antes mesmo dela, de acordo com o The Blast.

>  Primeiro teaser da 3ª temporada de Dragula é divulgado
>  S11 | Billboard entrevista: Honey Davenport
>  Ilustrador transforma campeãs de Drag Race em Pokémon

Cardi B no MET Gala 2019.

Além disso, funcionários do USPT explicaram nos documentos que o famoso bordão usado por Cardi “não funciona como uma marca registrada ou marca de serviço para indicar a fonte dos bens e/ou serviços do solicitante” e que ele não se distingue de outras marcas similares.

O pedido inicial da rapper seria para para registrar duas versões de “Okurrr”, escrito com 3 R e 2 R, feito em 11 de março.

Os planos de Cardi B eram colocar a frase em produtos de papel, como copos e cartazes. “Okurrr” também era esperado para aparecer em uma linha de roupas que contaria com calças, camisas e blusas com capuzes, de acordo com o The Blast.

As notícias sobre a negação da marca registrada de Cardi ocorrem em meio à batalha legal da estrela por uma suposta agressão que ela cometeu. Na terça-feira (25), Cardi fez uma aparição no Tribunal Penal de Queens County depois de ser indiciada por um grande júri por causa de uma briga que ela esteve envovida num clubes de strip em agosto passado.

>  Shangela, Shea e Aja falam sobre racismo na fanbase de Drag Race
>  Alaska não aprova Cardi B registrar “Okurrr”

Para ler mais babados clique aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Celebridades

MET Gala 2019

Publicado

on

Rolou na última segunda (6 de maio) o tão aguardado MET Gala, baile promovido pelo Metropolitan Museum of Art (Museu Metropolitano de Arte), em Nova York. O tema desse ano foi CAMP, que nós fãs de RuPaul’s Drag Race conhecemos bem. Mas se você tem dúvida sobre o que é camp eu explico resumidamente: camp é exagero, extravagância, teatralidade, até mesmo cafona e brega e para homens se aplica o conceito de afeminado na construção do look.

LADY GAGA

Lady Gaga

Lady Gaga foi a anfitriã do evento e sua entrada foi uma verdadeira performance com direito à várias revelações.

Outro vídeo da entrada de Gaga.

>  Primeiro teaser da 3ª temporada de Dragula é divulgado
>  Plastique Tiara revela se participaria do All Stars

RUGIRLS

RuPaul, Violet e Aquaria compareceram ao evento.

Violet Chachki

A campeã da S10 também apostou num look preto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

RuPaul, como de praxe, foi desmontado, com um look de zebra e acompanhado do marido, Georges LeBar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

POSE

Então tivemos o muso maior da noite, mais uma vez arrasando num evento, Billy Porter que interpreta o Pray Tell na série Pose, que questionado sobre como definiria seu look em 3 palavras respondeu: “Diana Ross, ‘Mahogany.’”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais atores e roteiristas de Pose.

Dominique Jackson

MJ Rodriguez

Indya Moore

Janet Mock (produtora e roteirista da série Pose)

Ryan Murphy, criador de Pose.

>  DRUK S1 | Scaredy Kat traz representatividade bissexual para o show
>  Pearl revela se participaria do All Stars
>  S11 | Rainhas visitam universidade que ministra curso sobre Drag Race

BLACK POWER

A atriz e roteirista Lena Waithe foi aparentemente “simples”.

Lena Waithe

Mas nas costas carregava uma mensagem poderosa.

Lena Waithe

“Drag Queens negras que inventaram o CAMP”.

Tracee Ellis Ross, filha de Diana Rosa, a talentosa e premiada atriz emoldura a beleza negra, mostrando a importância da representatividade e como devemos recontar nossa história, nos colocando no centro das atenções e celebrando nossa beleza.

Tracee Ellis Ross

Já Zendaya apostou na fantasia.

Zendaya de Cinderela e seu estilista, La Roach, de fada madrinha.

✋🏾✨MÁGICA✨🤚🏾 Confira a Fada Madrinha de Cinderela fazendo sua magia e dando brilho ao look Zendaya!

Zendaya subindo as escadas com seu vestido brilhante.

>  AS4 | Billboard entrevista: Trinity The Tuck
>  DragCon NY 2019: destaques do 1º dia

FAMÍLIA KARDASHIAN-JENNER

Família Kardashian

Kim Kardashian

Kylie e Kendall Jenner

>  Ilustrador transforma campeãs de Drag Race em Pokémon
>  Shangela, Shea e Aja falam sobre racismo na fanbase de Drag Race

MAIS CELEBRIDADES

Anna Wintour

Este slideshow necessita de JavaScript.

Celine Dion

Ciara

Danai Gurira

>  S11 | Billboard entrevista: Honey Davenport
>  DRUK S1 | Crystal é a rainha "gender-fuck" da temporada

Darren Criss

Dua Lipa

Ezra MIller

Florence Welch

Frank Ocean

>  Pabllo Vittar concorre como "Melhor Artista Brasileiro" no "MTV: EMA Bilbao 2018"
>  AS4 | Qual rainha deve ganhar? Trinity The Tuck

Harry Stiles

Hemish Bowles

James Charles

Janelle Monáe

Jared Leto

>  DRUK S1 | Vinegar Strokes se declara a competidora “mais relacionável”
>  RuPaul’s Drag Race inspira curso universitário sobre raça e imagem corporal

Joe Jonas e Sophie Turner

Kacey Musgraves

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Kerry Washington

>  Yvie Oddly compartilha emocionante depoimento sobre sua passagem em Drag Race
>  Hurricane Bianca 2 disponível, em breve, na Netflix brasileira

Laverne Cox

Lewis Hemilton

Lizzo

Lupita Nyong’o

>  Werq The World no Brasil, aparentemente, é cancelada
>  Joyce Ribeiro é a primeira mulher negra a mediar debate presidencial no Brasil

Maluma e Gwen Stefani

Michael B Jordan

Michael Urie

Miley Cyrus e Liam Hemsworth

Naomi Campbell

>  DRUK S1 | Top 3: The Vivienne, a embaixadora que tinha muito a provar
>  AS4 | Billboard entrevista: Trinity The Tuck

Nick Jonas

Nicki Minaj

Serena Williams

Shawn Mendes

Thessa Thompson

>  DRUK S1 | Scaredy Kat traz representatividade bissexual para o show
>  Ilustrador transforma campeãs de Drag Race em Pokémon

Thalia

Winnie Harlow

Yara Shahidi

Veja os looks do MET Gala 2018 aqui.

Compartilhe!
Continuar lendo

Cultura

RuPaul apresentará talkshow diário

Publicado

on

Hello, hello, hello, televisão diária!

O apresentador, ator, cantor e produtor de reality shows ganhador do Emmy, RuPaul, revelou os detalhes oficiais de seu programa de entrevistas, que estreia o primeiro de seus episódios diários na quarta-feira, 10 de junho, nos canais da Fox espalhados pelos EUA e se chamará RuPaul.

No programa de três semanas de duração veremos o apresentador de RuPaul’s Drag Race levar sua “voz distinta, habilidades excepcionais de entrevista, paixão por ajudar os outros e uma marca de humor inclusiva para transmitir televisão”, segundo um comunicado à imprensa. O projeto é descrito como “uma abordagem moderna sobre o formato de entrevista”, com discussões de celebridades, entrevistas com jornalistas e um tema diário de de auto-empoderamento através da beleza, maquiagem e estilo.

>  Yvie Oddly compartilha emocionante depoimento sobre sua passagem em Drag Race
>  RuPaul’s Drag Race inspira curso universitário sobre raça e imagem corporal
>  S11 | Billboard entrevista: Honey Davenport

Junto do anúncio de estréia, RuPaul também liberou um teaser do projeto (a seguir), em que vemos o apresentador de 58 anos desfilando pelo palco para cumprimentar uma platéia animada.

“Todo mundo diga ‘amor’! É disso que se trata esse show: espalhar amor”.

Declarou Ru, antes de transmitir seu mantra icônico ao público.

“Começa com amar a si mesmo, porque se você não pode amar a si mesmo, como diabos você vai amar outra pessoa. Vocês me dão um ‘amém’ aqui? Começa com você e começa aqui, agora mesmo!”

>  S11 | Rainhas visitam universidade que ministra curso sobre Drag Race
>  Plastique Tiara revela se participaria do All Stars
>  DRUK S1 | Vinegar Strokes se declara a competidora “mais relacionável”

Em um comunicado oficial mama Ru acrescentou:

“Agora, mais do que nunca, precisamos de uma voz global que ajude as pessoas comuns a navegar neste momento único da história. Não quero apenas fazer parte dessa conversa, quero ajudar a facilitá-la”.

Entre os produtores executivos do programa estão Jill Van Lokeren (da turnê do livro de Michelle Obama e The Oprah Winfrey Show) e os colaboradores de RuPaul’s Drag Race, Fenton Bailey, Randy Barbato e Tom Campbell (do World of Wonder). Será produzido pela Telepictures, uma unidade da Warner Bros, e pela Unscripted & Alternative Television.

O talkshow RuPaul estreia em 10 de junho em algumas estações da Fox, incluindo a WNYW FOX 5 em Nova York e a KTTV FOX 11 em Los Angeles, com novas estações e horários de transmissão a serem anunciados nas próximas semanas. Por enquanto é isso, assistam novamente ao teaserde lançamento a seguir.

Via Entertainment Weekly.

Nota pessoal: RuPaul tem os close errado dele, que não podemos ignorar, mas fico feliz demais vendo-o conquistar cada vez mais espaço no mundo do entretenimento. Pois mama Ru a frente de qualquer programa é representatividade pura para LGBTs, negros, gays afeminados, idosos.

Compartilhe!
Continuar lendo

Modo Escuro

Modo Escuro
Propaganda

Posts recentes

Podcast

Em Alta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2019 © Todos os direitos reservados.