AS4 | Billboard entrevista: Manila Luzon

Manila Luzon fala sobre o próximo álbum inspirado na banda Aqua e sua eliminação de Drag Race, 'Foi muito doloroso para o coração’.

Modo Noturno

O episódio de primeiro de de fevereiro de RuPaul’s Drag Race All Stars 4 pode ser considerado um dos mais polêmicos da série. Manila Luzon, a de melhor desempenho na temporada, foi eliminada por Naomi Smalls, que até esta semana lutou para se destacar na competição. A mudança inesperada levou os fãs ao pânico e será lembrada nos próximos anos.

Mas Manila não derramou nenhuma lágrima e disse à Billboard:

“Eu tentei manter minha compostura o máximo que pude naquele palco – eu já tive episódios suficientes chorando na TV”.

A rainha recém-eliminada conversou com a Billboard sobre a sua saída da competição, seu próximo álbum inspirado na banda Aqua, e se ela voltaria para o Drag Race pela quarta vez:

“Se há um All Stars 5, 6, 7 e 8 – vadia, eu estarei lá”.

Leve-me de volta ao que passou pela sua cabeça quando Naomi escolheu eliminá-la. O que passou pela sua cabeça?

No momento eu fiquei extremamente chocada, pois como você pode ver pela minha performance no programa, eu estava muito preparada. Eu sempre soube que isso era uma possibilidade. Eu tentei o meu melhor para ficar fora do bottom, porque eu sabia que quanto mais eu permanecesse no topo, uma maior ameaça eu me tornaria. Parte de mim estava meio surpresa, mas não muito, porque foi a primeira vitória de Naomi. Até aquele ponto, não tínhamos uma ideia de como ela votaria. Ela é muito quieta, ela é tipo passa despercebida pelo radar. Foi definitivamente uma surpresa e foi muito comovente. Eu tentei manter a minha compostura, tanto quanto pude naquele palco – eu tive episódios suficientes chorando na TV.

>  AS4 | Para Gia Gunn looks de RuPaul são horrorosos
>  Charli XCX entrevista Pabllo Vittar

Eu achei muito fofo Naomi dizer que você era uma de suas grandes inspirações do drag quando ela era mais nova, mas depois ela acabou mandando você para  casa. Existe alguma amargura em relação a ela?

Não, quero dizer, ela é jovem. De certa forma, eu realmente amei essas novas rainhas, especialmente aquelas que começaram depois que RuPaul’s Drag Race já estava estabelecido e isso as deixou animadas para começar o drag. Ela é definitivamente uma inspiração para mim sobre o que não fazer na minha cara. [Risos] Você pode querer adicionar um efeito sonoro de cascavel depois disso.

Você veio com fãs das temporadas anteriores, mas o show cresceu muito desde então. Qual foi a maior mudança na base de fãs que você percebeu?

Na terceira temporada, a base de fãs era menor, quase como um grupo de seguidores. Agora é mais popular. Você tem muitas garotas que assistem, e eu amo isso porque, como uma imitadora do sexo feminino, isso realmente me faz sentir como se eu estivesse fazendo um serviço para elas, porque eu as represento bem.

Estou trazendo alegria, felicidade e entretenimento para elas. Seu apoio significa muito, porque nos dias e era atuais com as pessoas dizendo: “oh você está tentando se apropriar da cultura feminina, blá, blá, blá”. Isso só me faz sentir como se eu estivesse no caminho certo e que todos nós estamos aqui apenas nos divertindo. Então as garotas heterossexuais apresentam o programa a seus namorados heterossexuais e então eles têm os bebês heterossexuais, e então eles os criam direito.

>  AS4 | Manila Luzon usaria outro look na runway do 4º episódio

Você tem um álbum a caminho. Que inspirações musicais você teve para isso?

Muita inspiração para o meu álbum Rules!, foi a insolência do Aqua (donos do hit atemporal Barbie Girl). Você se lembra da música “Barbie Girl”? Eu realmente amo a animação e o pop chiclete e os medleys pegajosos. Essa foi a minha maior inspiração.

Musicalmente, sempre me inspiro em lendas como Barbra Streisand. Eu tenho uma música no meu álbum que é dedicada apenas a Barbra Streisand. Estou muito animada para dar uma homenagem musical a ela. Eu sei que minha voz não é tão boa quanto a de Barbra Streisand, mas, você sabe, eu tento.

Você, obviamente, era próxima de Latrice ao competir no All Stars 4, mas há alguém que você não conhecia muito bem antes da competição com a qual você está próximo agora?

Eu realmente não conhecia Trinity de antemão. Eu sempre a respeitava e admirava seu estilo de drag. Eu poderia dizer que ela era uma pessoa muito inteligente. Você não consegue ver muito da nossa amizade se formando no programa, mas eu realmente me apaixonei pela Trinity.

Eu não sabia muito sobre Naomi e ela é uma querida. Jovem e tudo mais. Eu acho que, talvez, eu deveria pensar duas vezes em minhas amizades, hein? [Risos]

Quais são as rainhas restantes para as quais você está torcendo?

Claro que minha garota Latrice Royale, eu quero dizer, é a número um. Eu sou uma fã de Latrice Royale desde o início dos tempos. Então eu espero que minha garota continue arrasando. Eu sei que ela tem isso nela, então estou esperando que ela continue por nós duas.

Eu sou um grande fã de Monique Heart. Eu sempre acho que ela tem algumas idéias realmente criativas. Ela ainda é muito nova, mas tem ótimas idéias. Eu pessoalmente acho que os conceitos dela estão bem à frente de outras rainhas – em vez de apenas encontrar algo na pista e depois fazer uma imitação disso. Ela conceitua algo e faz isso em sua própria visão, que eu realmente amo e respeito. Ela poderia trazer um pouco mais de refinamento e polidez, mas acho que isso a torna ainda mais charmosa para mim. Vindo desde a terceira temporada, onde tudo era feito com cola quente, estávamos menos preocupados com a nossa bainha sendo reta do que se pudéssemos vender a roupa. De certa forma, ela meio que traz de volta àquela época em que o drag era um pouco mais áspero nas bordas. Ela é apenas uma concorrente feroz. Eu realmente acho que ela tem o que é preciso para levar a coroa. Quero dizer, deveria ser fácil para ela agora que eu fui embora. [Risos]

>  S10 | Billboard entrevista: Mayhem Miller
>  Impressões da Werq The World Tour, por Saullete

Se RuPaul lhe pedisse para voltar pela quarta vez, você faria isso?

Sim, sim. Eu tive alguns dos momentos mais divertidos de toda a minha vida filmando esta competição. Se RuPaul me pedir de volta em capacidade, eu sempre mudarei meu horário para dizer sim. RuPaul me pediu neste outono para fazer uma participação especial em seu novo programa da Netflix e eu deixei tudo de lado. Eu quase perdi um show por causa disso.

RuPaul é uma lenda e o fato de ela ter dado essa plataforma para todos nós, pequenas rainhas. Eu sempre serei agradecida e sempre farei o meu melhor para aproveitar ao máximo. Se houver uma All Stars 5, 6, 7 e 8 – vadia, eu vou estar lá.

Talvez eu consiga um contrato em que eu possa retornar [num próximo All Stars] já direto no último episódio que eu sai? Então eu não teria que passar por tudo desde o começo. Você sabe quando você está jogando um videogame, e você pode salvar isso, se você for morto, você só vai voltar de novo? Talvez eu faça assim.


Nota Pessoal: Eu amei essa entrevista, que foi uma das mais divertidas que já li das queens eliminadas nesse AS4. Manila nos brinda com seu humor despretensioso e uma maturidade forte em aceitar seu destino no show, além dos ótimos shades para Naomi, que não passam de zueira sem maldade (fica dica parcela do fandom que está perseguindo e atacando a Smalls). Manila é uma drag genial e lendária que merece todo nosso apoio e amor em sua carreira. Estou ansioso para ver o que ela nos reserva daqui em diante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here