Conecte-se conosco

All Stars 4

Os lipsyncs do sexto episódio do All Stars 4 entrarão nos livros de história

Publicado

on

🕓 3 min de leitura

Na mais recente edição de Drag Race, as rainhas eliminadas – Latrice Royale, Gia Gunn, Farrah Moan e Jasmine Masters – retornaram para suas vinganças, o que não foi tão chocante para os fãs que assistiram as duas temporadas anteriores do All Stars. No entanto, desta vez, todas as quatro rainhas tiveram a oportunidade de voltar à competição, enquanto que em All Stars 2 e 3, Mama Ru apenas deu a uma competidora a chance de retornar. Bem, Alyssa e Tatianna voltaram, mas foi Shut Up and Drive, entende o que eu quero dizer né? RuPaul disse às queens:

“Pela primeira vez na história de Drag Race, faremos o festival de dublagem LaLaPaRuZa. Em ordem de eliminação inversa, cada uma de vocês escolherá qual concorrente All Star você acha que pode derrubar em uma dublagem por sua vida. Se a rainha eliminada vencer, ela retornará para a competição e mandará a atual All Star para casa”.

Compreensivelmente, todas as rainhas ficaram chocadas. Como Manila Luzon e Monét X Change venceram o desafio do episódio anterior, elas receberam imunidade, o que – fato curioso! – não foi concedido a nenhuma concorrente desde Alyssa Edwards na quinta temporada. Então, durante todo episódio, elas praticamente não fizeram nada, exceto nos encantar na passarela com dois de seus mais ferozes looks de todos os tempos. Manila nos forneceu outra fantasia temática, e Monét inegavelmente pareceu a mais linda que já foi. Fatos são fatos, América!

>  Rumores Drag Race | Informações sobre AS4 e possível estréia da S11
>  RuPaul’s Drag Race finalmente ganhará versão britânica

A primeira a tentar o seu lugar de volta na competição foi a primeira rainha eliminada, Jasmine Masters. E como ela teve que escolher por último, ela foi emparelhada com a lipsync killer Trinity The Tuck. As rainhas batalharam com a clássica Peanut Butter de Ru, mas Jasmine não foi páreo para Trinity, e acabou levando sashay away. Foi uma performance fabulosa, mas das quatro dublagens em geral, esta foi provavelmente a única com um vencedor óbvio.

>  AS4 | A queda de Farrah Moan no Show de Talentos
>  #39 | Drag Race AS4E03: Snatch Game of Love

Farrah Moan, que não é tão renomada como algumas das outras rainhas por suas habilidades de dublagem nos forneceu um número ‘doentio’ para Kitty Girl contra a melhor amiga Valentina. As duas tiveram uma história complicada no passado, como você se lembra da reunião da nona temporada, e porque Valentina a tirou dessa competição quatro semanas antes, então foi um choque. Infelizmente para Farrah, Valentina arrasou, e novamente, ela foi cortada.

>  Azealia Banks pode estar processando RuPaul por plágio
>  Monét X Change e Gia Gunn fazem as pazes

A próximo foi Gia Gunn e Naomi Smalls com Adrenaline, e honestamente, isso deveria ter sido um duplo shantay. Gia, que atualmente mora na Haus of Edwards, veio preparada com uma revelação e nos deixou positivamente mortos com coreografias, bate cabelo, etc. Ela usou todos os truques do livro, assim como estamos fazendo neste artigo com nossa terminologia Drag Race. Mas podemos ver porque ela perdeu, porque Naomi nos surpreendeu com algo que nunca vimos no palco principal antes: flexibilidade. Yaaass, outras rainhas como Katya exibiram seus “corpos quentes e flexíveis” (obrigado Yuhua por essa citação), mas como você pode ver em nossa imagem de cabeçalho, Naomi veio para jogar. Gia foi então mandada embora, mas ela o fez com orgulho, porque todo desempenho foi matador.

>  S10 | Premiere Party
>  Latrice Royale anuncia data de casamento

O confronto final… ooh crianças. Latrice – que teve a honra de escolher primeiro – pegou o batom de Monique Heart, o que não foi um choque para ninguém porque a) ela a eliminou e b) os primeiros minutos do episódio. As rainhas, que são conhecidas como destruidoras na dublagem, acabaram ficando com a melhor e mais icônica música de RuPaul (depois de Supermodel), Sissy That Walk. Precisamos atualizar nosso ranking de dublagens porque esse foi um dos confrontos mais incríveis na história de Drag Race. Ele tinha tudo que você precisava de um lipsync: revelação de peruca, splits, giros… drama! O carisma, singularidade, coragem, talento e capacidade delas de prenderem duas perucas à cabeça resultaram em um duplo shantay, merecidamente.

Então, ninguém foi para casa (exceto Gia, Farrah e Jasmine, claro), o que significa que temos um top sete novamente. No próximo episódio, as rainhas terão a tarefa de projetar e organizar suas próprias festas noturnas no VIP Club, com as convidadas extras especiais Susanna Bartsch e Rita Ora. Ah, e a propósito, as regras do All Stars não estão mais suspensas…

Via Gay Times.


NOTA: Diferentemente do apresentado no texto acima, Gia Gunn não faz mais parte da Haus Of Edwards, ela revelou isso numa entrevista que você pode conferir aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2019 © Todos os direitos reservados.