Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Alyssa Edwards fala sobre a origem de Dancing Queen na Netflix

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 2 min de leitura

A paixão é uma necessidade, se você quer ser tão prolífico quanto Alyssa.

Além de uma carreira internacional, ela também dirige o estúdio de dança Beyond Belief, em Mesquite, Texas. Os altos e baixos do estúdio são apresentados em uma nova docuseries, Dancing Queen. O show de oito partes estreou na Netflix no início deste mês de outubro.

A drag queen de 38 anos não poderia estar mais feliz com a resposta dos fãs ao show.

Quando toda essa série surgiu, eu fui muito, muito honesta e sincera que não estava realmente interessada em uma série roteirizada e produzida. Eu queria algo muito natural e quando a Netflix voltou e ficamos tipo ‘amamos essa ideia e queremos filmar isso como um documentário, como uma série estilo documental’. Eu pensei que é isso, perfeito, faz sentido. Que quando você liga as câmeras, fica no canto, não fala. Deixe a mágica acontecer e eles conseguem isso e eles respeitaram meus desejos.

>  Vanessa Vanjie Mateo, Silky e Shangela são flagradas em aglomerações durante pandemia
>  Denali foi presa por porte de cocaína em 2017

>  Drag Race leva sashay away da Netflix em maio

Alyssa explicou que filmar alguns momentos muito “reais” e “crus” no programa eram seus favoritos.

Existem tantas lembranças lindas que eu vou tirar da experiência, mas no final, compartilhando com minhas irmãs, quero dizer, se você viu a série você vai entender completamente, foi difícil porque é real e era cru.

A capacidade de Alyssa de falar sobre sua vida de uma forma incrivelmente séria, grata e otimista foi muito impressionante.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Quer dizer, estamos vendo drags por todo o mundo. Eu estava esperando o mundo mudar e agora estou muito grato por fazer parte dessa mudança. Então fique ligado, está ficando bom.

Rodrigo Prado e eu fizemos uma divertida edição especial do podcast Batendo Cabelo com Rod & Saullete sobre Dancing Queens que você pode conferir aqui.

Via Gay Star News.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Celebridades

Confira Monique Heart, Valentina, Kim Chi e outras RuGirls recriando performance de Meryl Streep em “A Festa de Formatura”.

All Stars 5

All Stars 5 chegou na Netflix Brasil, vamos maratonar? Yassss!!!

Variedades Drag Race

A edição especial de Drag Race com celebridades já está disponível na Netflix Brasil, que tal maratonar neste final de semana? Fica dica!

Season 12

Já está disponível na Netflix Brasil a S12 de RuPaul's Drag Race.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.