AS4 | Billboard entrevista: Farrah Moan

Farrah Moan fala sobre sua eliminação em Drag Race, briga com Gia Gunn e apresentação com Christina Aguilera

Modo Noturno

O dia de imprensa não foi fácil para Farrah Moan: “Estou tentando não chorar agora. Isso é muito difícil”, admite a showgirl de Las Vegas, a mais recente rainha eliminada de RuPaul’s Drag Race All Stars 4.

A eliminação de Farrah foi especialmente dolorosa, devido a uma briga com outra concorrente, Gia Gunn. Durante o episódio, Gia se aproximou de Farrah para refazer a briga que aconteceu meses antes de começarem a filmar a competição – algo que Farrah achava que era passado. Farra declarou:

Eu fiquei completamente surpresa, porque achei que eu e Gia estávamos de boa. Cada interação que tivemos e fizemos foi muito agradável, então fiquei muito surpresa que isso se tornou um assunto.

Abaixo, a Billboard conversa com Farrah sobre sua eliminação, seus relacionamentos com Gia Gunn e Valentina (a rainha que a mandou embora) e como foi trabalhar ao lado de Christina Aguilera:

Eu tenho tanta sorte que alguém que eu admiro tanto, que inspira muito minha drag, me aceita, me inclui, e eu a amo muito por isso.

>  Kelly Clarkson | Carta de amor para a comunidade LGBTQ
>  AS4 | Gia Gunn revela que conspirou com Trinity em Drag Race

Garota, esse episódio me causou muita ansiedade – que montanha-russa. Eu não posso nem imaginar o que é estar na competição real. O que você faz —

Com uma pessoa de verdade pronta para para te atacar.

O chá está quente hoje! Antes de chegarmos lá, o que você sentiu que teve que provar em All Stars?

Quero dizer, para ser completamente honesta, eu realmente só queria me divertir, e eu só queria criar memórias, e mostrar ao mundo queevolui a drag. Eu meio que queria que as pessoas vissem a visão artística da minha mente e minha estética. Você sabe, sim, eu queria ganhar. Mas o mais importante, eu só queria me divertir e … eu não consegui fazer isso.

Bem, então quando você viu que a Gia estava lá, você suspeitou que ela poderia trazer o drama de fora de Drag Race?

Eu não tinha ideia de que ela iria mencionar essa pequena confusão no clube, porque já havíamos conversado sobre isso. Nós já tínhamos passado por isso. Ficou muito óbvio o que estava acontecendo. Eu estava tipo, “Ok, então é isso que você vai usar no seu tempo de ar. Ok, entendi”.

>  AS4 | Billboard entrevista: Valentina
>  AS4 | Gia Gunn mentiu que não estaria na temporada somente para nos enganar?

Como telespectador, eu vi um pouco de evolução em você: não achei que você voltaria tão forte como você fez com seu retorno – quando você disse que não precisava criar drama para ganhar tempo de tela. Eu sinto que na 9ª temporada, você não teria dito algo assim.

Bem, na nona temporada, ninguém estava tentando fazer coisas que buscam atenção para conseguir tempo de tela. Você sabe o que eu quero dizer? A nona temporada foi como uma temporada especial para o entretenimento LGBT, porque mostramos ao mundo que não precisávamos ter um drama maluco, que todos nós poderíamos nos dar bem – que poderíamos conversar sobre assuntos reais, como distúrbios alimentares. Nós cobrimos tantos tópicos que foram reais para nós, e eu acho que as pessoas se relacionam com a nona temporada, porque somos um grupo tão unido e mostramos ao mundo que você não precisa ser insignificante para participar de um reality show , você entende? Até aquela reunião, é claro …

Então, olhando para trás, você deixou Gia entrar na sua cabeça?

Isso magoou muito meus sentimentos e… estou muito ansiosa. Ansiedade é algo que eu lidei por toda a minha vida, então ela surgiu do nada e pegou essa enorme briga comigo, mexeu comigo um pouco. Mas é o que é.

Qual é o seu relacionamento com Gia agora?

Independentemente do que ela disse, nunca fomos boas amigas. Eu saí com ela uma única vez, então ela nunca deveria ter ido à TV para falar que eu a considero uma boa amiga, porque eu sabia que ela era problema e eu fiquei longe disso. E eu sei que ela é um problema agora, e eu vou ficar longe, e você sabe o que? Podemos trabalhar uma com a outra e ser cordiais, mas toda vez que eu a vejo, ela quer se desculpar por como ela me tratou no All Stars – mas então ela vai atacar e falar merda. Então eu não confio nela.

>  AS4 | Netflix emite novo comunicado sobre episódios do All Stars 4
>  Elton John | Carta de amor para a comunidade LGBTQ

Voltando para temporada, você também teve algum drama com Valentina, mas foi resolvido. A eliminação dela afetou sua amizade?

Esse é um assunto tão difícil, porque havia tanta coisa acontecendo naquele dia. Eu realmente não queria sair. Eu estava no início da apresentação do grupo feminino, então era difícil para eu ver como todo mundo estava se saindo. Foi muito difícil para mim, sentir que eu era a pior, sabe? E foi difícil não levar para o lado pessoal, mas eu realmente senti que era minha hora, era simplesmente minha hora.

Valentina e eu evoluímos muito juntas e não quero pensar que isso seja pessoal. Eu só quero pensar que ela era justa, e ela fez o que tinha que fazer.

Ok, o resto das minhas perguntas são divertidas, eu prometo.

Eu sei, você me deixou aqui suando. [Risos]

Agora que você está fora da competição, por quem você está torcendo?

Eu estou torcendo por todas as garotas, para ser sincero. Quero dizer, exceto Gia. Estou brincando, estou brincando. [Risos] Eu estou torcendo por todas as garotas. Quando eu vi o que todas trouxeram para a competição, todas trouxeram algumas das melhores coisas que a televisão jamais verá, e eu só quero que todas tenham o seu momento para brilhar.

Fora de Drag Race, você se apresentou ao lado de Christina Aguilera na apresentação da New York Fashion Week na Cerimônia de Abertura – e Nicki Minaj e Troye Sivan estavam na primeira fila. Como foi isso?

Isso foi muito legal. Eles meio que me chamaram de repente, então voei para Nova York e depois aterrissei à meia-noite, e então acordei imediatamente para o ensaio. Christina Aguilera – Eu tenho tanta sorte que meu ídolo, em primeiro lugar, sabe que eu existo, mas, além disso tudo, queria tanto me incluir. Eu pude ir ao palco com ela e anunciá-la na Parada do Orgulho LGBT de Los Angeles. Eu fui ao palco no show dela para a Libertation Tour. Você sabe, ela apenas sempre se certifica de me manter incluída.

>  Celine Dion | Carta de amor para a comunidade LGBTQ
>  Adidas bancou clipe de Sua Cara de Anitta e Pabllo Vittar

Fantástico. Então você tem o telefone dela ainda?

Não não não não. [Risos] Isso seria loucura. Mas ela se certifica de me manter acessível quando precisa.

Agora que eles estão trazendo de volta o ex-All Stars, você retornaria para outra rodada se tivesse a oportunidade?

É muito difícil dizer. Esta temporada foi muito difícil para mim, mental e emocionalmente. Faz muito tempo desde que me senti sobrecarregada por uma escolha de carreira, então acho que talvez por causa da saúde mental, a essa altura, se eles me perguntassem, provavelmente não. Mas talvez daqui a um ano. Nunca se sabe. Eu odeio dizer não para as coisas…

Estamos vendo drag queens em A Star is Born, Os Simpsons, na Netflix – em todos os lugares. Você tem algum grande plano para 2019?

Você sabe, para 2019, eu só quero parar de levar as coisas muito a sério e me divertir com o minha drag novamente, eu tenho algumas músicas escritas. Eu tenho algumas coisas em que estou trabalhando, mas no final das contas apenas quero ficar na passarela arrasando com meus looks.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here