Grindr alerta usuários brasileiros para redobrarem segurança após eleições

Modo Noturno

O caótico cenário eleitoral brasileiro tem atingido até os aplicativos de relacionamento, tanto que desde quarta-feira (10 de outubro) o Grindr tem emitido um alerta para que seus usuários redobrem a atenção e tomem maiores medidas de segurança, em virtude da recente escalada de violência contra LGBTs, cometida por apoiadores de Jair Bolsonaro.

>  RuPaul | Carta de amor para a comunidade LGBTQ
>  Jessie J | Carta de amor para a comunidade LGBTQ

O alerta é emitido logo que o app é inicializado. Então se for do interesse do usuário o Grindr compartilha mais dicas:

  • não postar foto do rosto ou dados de identificação direta
  • não marcar encontros com pessoas completamente desconhecidas, somente com amigos de amigos
  • encontrar-se via Skype ou em um local seguro primeiro
  • os usuários devem usar “imagens que representem eles mesmo de uma maneira diferente, como uma relacionada a seus hobbies ou personalidade”

O app vai além e recomenda que “se você for preso, nunca confesse ou admita nada”, para o Grindr a melhor opção é ficar CALADO.

>  Tragédia Contra LGBTs em 2016
>  A Revolta de Stonewall

Comunicado Oficial do Grindr

Em email enviado à Universa o Grindr se pronunciou dizendo que o comunicado emitido aos usuários brasileiros se deve aos casos de violência contra membros da comunidade LGBTQ+ que foram relatados por diversas organizações locais ao app. Jack Harrison-Quintana, diretor executivo do Grindr for Equality, declarou:

“A segurança dos nossos usuários é nossa prioridade principal. Através do Grindr for Equality, braço de direitos humanos do Grindr, nós trabalhamos globalmente com organizações de direitos humanos, , líderes de comunidades e ativistas locais para levar mensagens de segurança. (…) Após as recentes eleições no Brasil, nosso time decidiu publicar um lembrete de segurança para nossos usuários brasileiros com um link para nosso guia online de segurança, seja para momentos de necessidade ou como um recurso adicional de informação”.

Com informações da Universa e Canaltech.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here