Connect with us

Hi, what are you looking for?

Mais

Jessie J | Carta de amor para a comunidade LGBTQ

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 2 min de leitura

Para o Mês do Orgulho LGBT, a Billboard pediu numerosas celebridades da cultura pop que escrevessem “cartas de amor” à comunidade LGBTQ.

Meu primeiro show oficial foi no clube Heaven, em Londres. Eu tinha 17 ou 18 anos e estava apavorada. Eu usava um macacão de renda, meu cabelo penteado para trás em um moicano, sapatos pretos de stripper e notas musicais desenhadas no meu rosto. Super anônima (obviamente).

>  RuPaul's Drag Race UK S3 estreia em 23 de setembro

O palco estava no meio da pista de dança e o cara que me contratou parou a música (que estava acabando) e anunciou minha performance. Ninguém tinha a menor ideia de quem eu era. Ele ficou em silêncio e eu subi no palco, minha música iniciou e eu comecei a cantar “Mamma Knows Best”. Eu nunca esquecerei aquele momento. O amor e apoio que me foram mostrados foi esmagador e nunca parou da comunidade LGBTQ. Eu me senti aceita, compreendida e respeitada. O sentimento foi e sempre será mútuo.

>  40% dos gays e bissexuais querem filtro de raça nos app de relacionamento

No final do ano passado me pediram para tocar no OnePulse Gala para lembrar todas as pessoas bonitas que perderam a vida no terrível tiroteio em Orlando. Fiquei honrada e orgulhosa ao descobrir que “Domino” era uma das músicas mais pedidas no clube, então eu cantei em sua honra e memória.

Sinto-me tão sortuda e frequentemente tão encantada que a minha música pode ajudar as pessoas a sentirem-se bem – bem por serem elas mesmas, sentirem-se amadas e livres; como deveriam.

>  Repercussão do Assassinato de Marielle Franco entre RuGirls

Amor é amor e ninguém deve ser discriminado ou rotulado pelas escolhas que fazem com o que seu coração sente. É a sua vida. Viva como você quer viver e seja feliz. Vocês todos são tão especiais. Eu amo e apoio todos vocês. Para sempre.

Original aqui.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Click to comment

Deixe uma resposta

Veja Também

Mais

Mel B foi escalada como jurada para a segunda temporada de Queen of The Universe.

Mais

Do vasto repertório musical de Britney Spears, oito músicas foram utilizadas para lip syncs em RuPaul’s Drag Race. Quais são elas? #FreeBritney

Drag Queens

Laganja Estranja inicia um novo capítulo de sua vida como uma mulher trans cheia de orgulho: “A parte das roupas? Isso eu domino, mas...

Entrevistas

Billy Porter descobriu o diagnóstico em 2007 e conta que foi o pior ano de sua vida, mas declara "Eu tenho vivido isso e...

Advertisement

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2022 © Todos os direitos reservados.