Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

All Stars 6

Silky Nutmeg Ganache fala sobre Drag Race All Stars 6

“Eu quase parei de fazer drag. Eu tive que aprender como me reconstruir”, Silky Nutmeg Ganache merece paz finalmente e nesta entrevista a lenda fala sobre suas lutas pessoais e profissionais após a S11 e uma nova ascensão no All Stars 6.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 7 min de leitura

“Eu faço esta oração todas as manhãs: Para ser a cabeça, não a cauda; o começo, não o fim; o pacificador, não o drama, e todas as coisas serão acrescentadas a você”.

Essas foram as palavras de despedida do ícone de RuPaul Drag Race All Stars 6, Silky Nutmeg Ganache, que liderou com graça e se despediu com graça no último episódio.

Para uma rainha cuja trajetória pós-show original foi marcada por ataques violentos de fãs, o retorno de Ganache à televisão representou uma grande oportunidade de dobrar tudo que os trolls amavam odiar na 11ª temporada: sua personalidade ousada, sua franqueza direta, e sua “prontidão” para dublar. Mas, ela sentiu o tributo da reação ressoar muito além dos limites de uma tela de TV. Como Ganache disse à EW na entrevista abaixo, ela sentiu um retorno profundo em sua carreira profissional e abordou o AS6 com uma atitude diferente: “Eu quase parei de fazer drag. Eu tive que aprender como me reconstruir”.

O resultado, no AS6, a deixou em algum lugar no meio termo, com Ganache cuidadosamente equilibrando sua personalidade elétrica que conhecíamos na temporada 11 (vamos lá, ela tirou um copo de leite de seus seios no episódio 1!) e sua abordagem cautelosa nos desafios. Embora seu comportamento reduzido a tenha levado à eliminação (os jurados a colocaram no bottom 2 por não ter se destacado no desafio de atuação da semana), ela merece todo o crédito do mundo por ter sobrevivido como pôde. Leia a entrevista completa a seguir.

Silky! Estou tão arrasado que estamos falando sobre sua eliminação. Você é uma força incrível, você merece todo o crédito do mundo.

Tudo bem! Pode não ser o fim!

Nunca é o fim com Silky. E voltando ao programa depois que os trolls tiveram uma resposta negativa durante a 11ª temporada, você disse em seu confessionário que estava preocupada com a reação dos fãs desta vez, e que tinha promotores que queriam cancelar os contratos e colegas que te trataram de maneira diferente ?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Não vou citar o nome das pessoas em particular, mas, eu estava em um vôo para Orlando, aterrissei e vi um panfleto [para o meu show] e não estava nele…. o dono da boate disse que eu não era bem-vinda em seu clube. Por que razão? Eu não tenho ideia.

>  As rainhas vetadas de RuPaul’s Drag Race
>  Dancing Queen | Alyssa Edwards fala da série na DragCon NY

Você já tinha um evento contratado e foi removida enquanto estava no vôo?

Sim! Eu estava tão chateada. Vanjie estava tão chateada. Ela estava em El Paso e disse: “Venha para El Paso, tenho um show lá”. Eu fui lá, bebemos e choramos a noite toda porque era esse o tratamento que eu estava recebendo. Não apenas por meio deles, mas também por meio de meu agente. Recentemente, tive que demitir meu agente e estou fazendo os contratos de eventos por conta própria porque se tornou, muito francamente, “ninguém quer contratar você”, e eu simplesmente tive uma experiência horrível. Eu recebi uma mensagem de um promotor de boate outro dia, e foi como, “Você não é nada parecido com o que as pessoas disseram que você seria”. Isso parte meu coração porque, como uma garota negra na comunidade Drag Race, eu não tenho um apoio. Não peço nada, não espero nada, já fui a boates e tive que comprar minhas próprias bebidas. Deve ser uma cortesia que a menina beba de graça! Não reclamei nem um pouco, porque sou uma garota negra e não tenho esse luxo, e é fácil para eles dizerem que sou difícil ou arrogante [mas] me sinto, como artista, quando faço dinheiro, o clube ganha dinheiro e as meninas ganham dinheiro. Isso é uma coisa que não foi contada: durante minha corrida na 11ª temporada, eu não guardei nenhuma das minhas gorjetas. Eu doei todas as minhas gorjetas para cada garota em todos os shows em que participei. Estamos falando de milhares de dólares.

Você não merecia nada disso. Você é maravilhosa.

Estou com o coração partido, porque fiz muito pela minha comunidade gay. Eu era um recrutador de faculdade e estava tirando as pessoas das ruas tentando conseguir um estilo de vida melhor, deixei mulheres trans ficarem em minha casa porque não as queria na rua…. Programas beneficentes, arrecadação de dinheiro e para eu entrar na Drag Race e tudo o que já fiz pela comunidade gay ser substituído por pessoas dizendo que sou transfóbica, xenofóbica, sou um ser humano horrível, não talentoso o suficiente para estar em Drag Race, isso me machucou por muito tempo, e eu tive que aprender a me reconstruir.

Fico feliz em saber que Ra’Jah – que passou por algo semelhante após a 11ª temporada – e A’Keria te apoiaram tanto. De que maneiras vocês todas se apoiaram?

Quase parei de drag. Eu tenho graduação em tudo; se minha comunidade não me quiser, se eu sou tão horrível assim, eu poderia simplesmente voltar para o setor corporativo e viver minha melhor vida. A’Keria e Ra’Jah me pegaram e me levantaram. O que mudou tudo isso foi que, antes do coronavírus, em janeiro, fizemos uma tour…. Estávamos na estrada, no estilo To Wong Foo, e no estilo AJ and the Queen, e nos aproximamos muito. Essas meninas ajudaram a me montar para que fosse inegável, que ninguém pudesse vir atacar [minha maquiagem ou vestimenta]. Elas se tornaram treinadoras ou mentores. Sempre digo a Ra’Jah: “O que Deus tem para você é para você”, e ela chegou a um ponto em que ela precisava me dizer isso. Esta é a nossa jornada e, se for difícil, lidamos com asperezas como homens negros nos Estados Unidos. Essas meninas estavam ao meu lado e me ajudaram a seguir em frente arrastando-me e a não me questionar.

Advertisement. Scroll to continue reading.

>  Crianças viram rainhas de Drag Race em ensaio fotográfico
>  AS5 | Rumor | Spoilers do sexto episódio

Estou feliz por ver esses momentos emocionantes com você nesta temporada na sala de trabalhos para que as pessoas possam ver a bondade. Mas porque você disse que estava tão ansiosa sobre como iria se sair, isso significa que você estava paranóica sobre isso, então é estranho assistir a si mesma nesta temporada, sabendo que você pode ter tentado minimizar certos traços de personalidade?

Sim. Foi muito estranho e meio degradante. Eu tive que sentar lá e pensar sobre tudo o que eu disse e fiz em vez de viver sem remorsos porque alguns gays na internet me intimidaram até mesmo para pensar sobre isso. Eu sempre digo que a maneira como vocês me trataram durante a 11ª temporada é da mesma forma que pessoas heterossexuais, pessoas da igreja, professores e valentões tratam as crianças que estão na escola tentando viver suas vidas sem remorso…. o que me fez voltar foi o apoio dentro da irmandade. Alyssa [Edwards] ligou, Shangela ligou, Vanjie, aquelas garotas me ajudaram a me preparar para o All Stars. Alyssa disse: “Quer saber, Silky? Você tem que continuar. Mas, se você sentir que está em uma [posição difícil], saia graciosamente”.

Por falar nisso, vimos que você e A’Keria votaram uma na outro. No Untucked, vemos que ela lhe deu permissão para votar nela. Você já tinha decidido em quem iria votar antes disso, ou o discurso de A’Keria tomou essa decisão por você, e por que você acabou votando nela em vez de Jan?

Não se trata apenas de amizade. Eu senti que Jan foi o pior no desafio. Se você for na semana anterior, Jan trouxe aquele espartilho azul de casa e apenas o decorou [desafio do ball em que as rainhas precisavam costurar por inteiro o último look]. Eu senti como se ela não tivesse se esforçado no desafio. Jan é cantora e não cantou ao vivo no show de talentos. Eu cantei ao vivo! Baseei-me em esforços…. Eu ia votar nela, mas A’Keria me disse: “Se você ficar e votar em Jan, as outras garotas vão te tirar”. A votação foi estranha…. O sentimento na votação é como, se você não votar em quem o grupo acha que deveria ir para casa, você vai ser a próxima vadia [a ser votada fora]. Não achei que devíamos ter votado em Serena [ChaCha]. Serena não teve o pior show de talentos. Mas, o grupo decidiu que Trinity [K. Bonet] tem mais a oferecer do que Serena, então o grupo disse que vamos votar para que Serena vá para casa, e se eu não puxasse o batom de Serena, seria a próxima. Foi assim que me senti.

>  S12 | Prévia do 4º episódio
>  Gia Gunn | 30 Dias em Transição pt8

Você estava apreensiva até mesmo para expressar isso como uma preocupação, e que você não poderia dizer nada com medo de causar alvoroço?

Sim, é isso: você tem que votar em quem o grupo quer, ou você vai sair…. Acho que fui eliminada porque não defendi Jiggly ou Serena como deveria, então fui a próximo a ser eliminada e estou em paz com isso. Mas, hashtag #SilkyIsComing, pode não ter acabado para mim!

Você disse no Twitter que estava ajudando outras rainhas com seus looks na sala de trabalhos na semana passada, e Ra’Jah e A’Keria disseram neste episódio que você apoiava muito todas as rainhas. Você pode explicar um pouco mais sobre quem mais você ajudou?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Kylie [Sonique Love], eu a ajudei a costurar e usar as máquinas, Trinity tinha uma bainha inteira porque eu dei a ela aqueles materiais, Yara [Sofia] tinha os cordões e tule porque eu dei a ela, e essas garotas puxaram meu batom. Isso me machucou profundamente. Eu estava assistindo as meninas votarem e elas voltaram e não fizeram contato visual direto comigo. Eu sabia o que estava acontecendo.

E não ajuda que, no palco durante a dublagem, parece que Laganja Estranja bateu em você sem querer no rosto com o casaco? O que aconteceu lá?

Sua jaqueta e seu espartilho, duas vezes! Estou sendo eliminada e estou aqui sendo atingida! [Risos] Ela se desculpou. Eu amo Laganja. Ela estava tendo seu próprio momento, então não posso ficar brava! Ela não fez de propósito!

>  Michelle Visage fala porque o All Stars 5 é especial
>  Ra’Jah O’Hara defende seu look Hot Tropics do All Stars 6

O que vem por aí para Silky, além do seu livro, Cocktails for a Queen?

Neste ponto, não tenho mais um agente. Eu quero fazer mais TV e filme, escrever mais; Quero me tornar um autor de best-sellers do New York Times. Eu só quero conquistar o mundo. Eu quero entreter. Tenho 31 anos, sou do sul, pensei que já estaria casada, mas não estou. Vou fazer tudo o que quero neste mundo de forma independente. Vou trabalhar muito, espero comprar uma casa no início do ano, seis quartos com piscina, porque quero uma grande e velha casa de campo. Eu quero viver minha melhor e autêntica vida. Isso é tudo que posso dar agora. Estou trabalhando para me tornar um palestrante motivacional, porque sou um garoto negro do Mississippi e represento muito. Eu não sabia o quanto eu contando minha história tocaria as pessoas…. como uma pessoa de tamanho grande, como uma pessoa negra, como uma pessoa cristã, como uma pessoa com educação, porque precisamos de uma reforma educacional na comunidade gay, é onde sou necessária agora.

Leia outras entrevistas aqui. Para ler mais sobre AS6 clique aqui.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

All Stars 6

Confira a prévia do oitavo episódio de RuPaul’s Drag Race All Stars 6.

All Stars 6

“A categoria pede looks com inspiração praiana tropical… um maiô de 2 peças é MUITO ISSO!“ Ra’Jah O’Hara defende seu look de biquíni usado...

All Stars 6

"Aceitei o fato de que sou uma figura polarizadora: as pessoas gostam de mim ou não”, Jan fala sobre sua passagem em RuPaul’s Drag...

All Stars 6

Saiba quem vence e quem leva sashay away no oitavo episódio de RuPaul’s Drag Race All Stars 6.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.