Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Drag Queens

Gottmik é o primeiro homem trans a competir em RuPaul’s Drag Race

“A principal coisa que quero deixar bem claro é que o espectro de gênero é realmente louco, e eu sinto que fazer drag feminina é confuso para muitas pessoas”, conheça Gottmik, o maquiador de celebridades que é o primeiro homem trans a competir em RuPaul’s Drag Race.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

🕓 3 min de leitura

Já vamos entrar em 2021 com uma temporada totalmente nova de RuPaul’s Drag Race, cimentando ainda mais esta nova era em que estamos, que pode ser resumida na frase “muito Drag Race, o tempo inteiro”. Treze novas rainhas entrarão na sala de trabalhos para a décima terceira temporada de RPDR no primeiro dia do ano novo. E dentre essas drags há uma que está fazendo história e rompendo barreiras.

Gottmik é o primeiro homem trans da competição

Gottmik é um famoso maquiador que já trabalhou com várias celebridades e agora se tornou o primeiro homem trans a competir em RuPaul’s Drag Race. Antes disso, tivemos outras competidoras que revelaram sua transgeneridade durante a competição como Sonique (S2), Monica Beverly Hills (S5) e Peppermint (S9). Posteriormente outras rainhas se revelaram também mulheres trans como Carmen Carrera (S3), Jiggly Caliente (S4), Stacy Layne Mathews (S3), Gia Gunn (S6) e Kenya Michaels (S4). Mesmo com essas artistas lendárias, por anos o show foi devidamente criticado por sua não ser tão inclusivo quando se tratava de mulheres cis e trans, por isso a participação de Gottmik é um marco em RPDR.

>  S11E10 | Runway | Caftan Realness
>  Um Década de Drag Race: as rainhas destrincham as 13 temporadas

Gottmik o maquiador das celebridades

Ao longo da sua carreira, Gottmik trabalhou com várias celebridades e por isso várias delas a parabenizaram por entrar na S13. A rainha teve apoio de artistas como Pabllo Vittar, Amanda Lepore, Pаtrick Stаrrr, Gigi Gorgeous e James Charles. Além é claro, de várias RuGirls que também a parabenizaram, como Bianca, Bob, Violet, Shangela, Sasha Velour e muitas outras.

>  S10 | Prévia do sétimo episódio
>  Mayhem Miller acusa motorista do Uber de recusar viagem por ela estar em drag

Gottmik quer mostrar que a interpretação de qualquer um é válida

Em uma entrevista sobre a temporada, para a Entertainment Weekly, Gottmik falou sobre estar no programa e fazer história. Desmontado o artista usa os pronomes ele/dele, mas em drag como Gottmik é ela/dela. Confira algumas de suas declarações:

“Eu sempre fui bom em maquiagem e, se saía como drag, era a única vez que as pessoas pensavam que eu era um homem. Eu estava vivendo para isso, tipo, eu amo isso! Eu não iria sair a menos que estivesse da cabeça aos pés como drag. Mesmo que eu esteja com enchimento, sobrancelhas e maravilhosa, sou feminina, mas é uma coisa estranha e alienígena, não quero ficar muito bonita. Assim que fiquei mais confortável comigo mesmo fora do drag, meu personagem drag foi capaz de realmente ser minha arte, e foi quando eu comecei a levar isso a sério.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Os caras trans que eu vi [na mídia antes disso] não eram eu. Muito masculino, muito hetero… Eu olhava em volta, tipo, todos os meus amigos homens são tão femininos, o que significa que posso ser feminino também! Quando eu percebi isso, o jogo acabou. Estou tão animado e em um lugar tão bom e estou pronto para lutar pela minha comunidade e representá-los”.

Em suma, Gottmik quer provar que arte drag não é apenas uma coisa e que todos podem ser quem são e fazer o que quiserem.

>  S13 | Prévia do 3º episódio
>  RuPaul vence Emmy de Melhor Apresentador pelo quarto ano consecutivo

“A principal coisa que quero deixar bem claro é que o espectro de gênero é realmente louco, e eu sinto que fazer drag feminina é confuso para muitas pessoas. Eu quero mostrar a todos que não importa qual seja sua transição, menino ou menina, há todo um espectro de gênero no meio do qual você pode brincar e se divertir, e isso não significa que sua identidade seja menos válida”.

Para mais notícias da S13 clique aqui.

Compartilhe!

Entre pro nosso canal do Telegram aqui!

APADRINHE A DRAGLICIOUS: Ajude a manter a Draglicious viva celebrando a arte drag, doando pelo nosso PIX, chave: draglicious@outlook.com. Ou doe pelo meu PicPay na conta @saullete, o link é: https://app.picpay.com/user/saullete. Ou nos apadrinhe em padrim.com.br/draglicious.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Rumores

Saiba como será a grande final da S13 de RuPaul’s Drag Race e o suposto top 2.

Drag Queens

É chegada a hora de avaliarmos o desempenho das rainhas finalistas. E aí, Gottmik merece vencer RuPaul’s Drag Race S13? Confira nessa análise final!

RuView

Confira os comentários e análise crítica da Reunião da S13 de RuPaul's Drag Race.

Drag Queens

É chegada a hora de avaliarmos o desempenho das rainhas finalistas. E aí, Symone merece vencer RuPaul’s Drag Race S13? Confira nessa análise final!

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2021 © Todos os direitos reservados.