Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

RuView

CDR S1 | RuView do 7º episódio

Confira o resumo e análise crítica de tudo que rolou no sétimo episódio da primeira temporada de Canada’s Drag Race.

Compartilhe!
🕓 8 min de leitura

Ela é linda e tem graça! Um desafio de improviso de concurso aumenta a pressão sobre as rainhas.

A relação de RuPaul’s Drag Race com a cena de concursos drag sempre foi tensa. Muitas rainhas de concurso passaram pelas portas do show, e muitas vezes são alguns de seus personagens mais atraentes – lembra quando Alyssa Edwards e Coco Montrese criaram um drama digno de uma temporada a partir de uma disputa de concurso? Mas apenas duas rainhas do concurso realmente entraram no círculo dos vencedores: Tyra Sanchez, neta da realeza do concurso Stasha Sanchez, e a atual campeã Jaida Essence Hall. (Se você contar All Stars, Trinity the Tuck é a terceira rainha de concurso a vencer.)

A categoria de “pageant [concurso]” tem sido frequentemente usada como uma arma para classificar certas competidores. Quantas vezes vimos rainhas de concursos na defensiva sobre sua experiência em drag, ansiosas para provar que não são apenas isso? Quantas vezes elas perderam para rainhas peculiares? O mais impressionante é que o show nunca apresentou um desafio de concurso real; embora o desafio de estreia da 9ª temporada tenha sido chamado de concurso “Miss Charisma Uniqueness Nerve and Talent”, foi realmente apenas uma passarela dupla.

Tudo isso para dizer que, embora seja bom ver a versão canadense de Drag Race finalmente apresentar um desafio de concurso, no fim foi meio decepcionante, pois na verdade foi apenas uma tarefa de improvisação definida em um concurso de beleza de uma pequena cidade do interior. Sim, o “Miss Loose Jaw Pageant” tem categorias de Talento, Maiô e Entrevista. Mas todas essas são apenas oportunidades individuais para as rainhas arrancarem risadas dos jurados – os regulares, bem como um painel especial para o desafio composto pela lendária rainha canadense Michelle DuBerry, a amiga esquilo do Canadá, Traci Melchor, e Stefan Brogren de Degrassi.

Talvez um desafio de concurso completo não funcionasse em Drag Race, mas é uma pena que o primeiro desafio do tipo acabe, de forma geral, tirando sarro de concursos. Tem que haver uma maneira melhor de incorporar essa diversidade rica do mundo drag – da mesma forma que o show encontra espaço para desafios de ball, personificações de celebridades, dublagem e assim por diante. Infelizmente, esse desafio de improviso é o que temos por enquanto. E apesar de suas deficiências, fornece a algumas rainhas a chance de se destacar. Mas outras outras talvez prefiram um formato tradicional de concurso no longo prazo.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Como vencedora do desafio da semana passada, Rita Baga atribuiu às seis rainhas remanescentes suas personagens femininas do concurso, personas que vão desde a malcriada Miss Fits (Lemon), a triste Miss Erable (Ilona Verley) e a excitada Miss Behavin’ (uma Jimbo encantadora). Scarlett Bobo fica com a Miss Informed, uma sabe-tudo que não é sua primeira escolha, ela queria a senhorita Behavin’. Mas depois de perder o que parecia ser uma vitória infalível na semana passada, ela sente a pressão em suas costas. Ela está chateada e quer vencer.

>  AS5 | RuView do 3º episódio
>  S12 | Entrevista: Aiden Zhane

Ela pode não ser a mais engraçada, mas Miss Informed de Scarlett é uma das personagens mais completas. Parabéns a Scarlett por realmente se comprometer com esta: Ela torna a Miss Informed uma sabe-tudo perspicaz, e cada uma de suas respostas se encaixa nessa personalidade. Ela se diverte muito tocando os bongôs, a princípio alisando o topo deles com os dedos à la Sandra Bullock tocando os copos d’água em Miss Simpatia.

Outros duas realmente impressionaram – uma por ser a mais engraçado e outro por inventar o melhor personagem. Jimbo é uma bagunça absoluta como Miss Behavin’ , exagerando em tudo e até mesmo fazendo garganta profunda no microfone durante a entrevista. Já Lemon constrói o melhor personagem como Miss Fits, uma perdedora de vários concursos que está convencida de que este é o momento para ela vencer.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Jimbo recebe muitos elogios por seu desempenho, mas sua passarela é tão criticada – falarei mais a seguir – que ela fica fora da corrida pela vitória. Fica entre Lemon e Scarlett, e a edição mais uma vez dá a entender que será a noite da vitória de Scarlett. (A apresentadora convidada Allie X diz que talvez este seja finalmente a sua hora depois de tantas ocasiões em que não ganhou.) Scarlett obtém o maior foco em todo o episódio, irritada por sua falta de vitória até então e descontando em outros (especialmente Ilona). Combinado com sua apresentação deslumbrante na passarela, isso parece um sinal de que essa pode ser a vitória de Scarlett.

Então Stacey McKenzie declarou Lemon a campeão, dando a ela uma segunda vitória em um desafio principal. É merecido: Lemon supera o desafio e a passarela em um look infantil que é hilário e bem executado. Ela tem uma abordagem muito intelectual esta semana, que compensa muito; o uso que ela faz da mímica como talento da Mis Fot é genial, já que o verdadeiro talento de uma rainha de concurso é a pompa. Não estou nem perto de ficar tão irritado quanto na semana passada com a terceira vitória de Rita, já que esta é apenas a segunda de Lemon. Mas é difícil não sentir pena de Scarlett quando ela diz baixinho e tristemente em seu confessionário: “Ninguém me vê”.

>  S12 | RuView da Grande Final, episódio 14
>  Uma Década de Drag Race | S9 | Nina Bonina Brown

Estou desapontado por Scarlett, mas no final das contas sinto que os jurados tomaram uma decisão defensável. Eu também acho que eles foram corretos quando se trata do bottom 2: Priyanka e Ilona foram uma nota só como Miss Demeanor e Miss Erable, respectivamente. Elas não fizeram o suficiente para diversificar seus personagens e torná-los engraçados. É uma pena ver Priyanka no bottom 2 de novo em mais um desafio de improvisação, mas é difícil argumentar que ela não merecesse estar lá. Ilona, ​​entretanto, no decorrer das últimas semanas parecia uma queda inevitável. Considerando as habilidades de dublagem de Priyanka, o resultado é quase certo.

Mas onde o julgamento sai dos trilhos é quando se trata de Rita e Jimbo. Eu escrevi algumas vezes que o elevado foco na passarela nesta versão do show está levando a alguns resultados complicados – e o problema piora esta semana. Jimbo acertou no desafio, enquanto o personagem de Rita foi uma bagunça chata. (Você acha que seria difícil ser bagunçado e desinteressante ao mesmo tempo, mas ela foi!) Na passarela, no entanto, Jimbo fica absolutamente arrasado pelas críticas. Brooke Lynn Hytes odeia sua roupa, e Jeffrey Bowyer-Chapman acha que não é glamoroso.

Essa última nota faz Jimbo perder a compostura no Mini-Untucked, produzindo um discurso que muitos críticos do JBC provavelmente irão se deliciar:

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Jeffrey disse que eu não pareço glamoroso. Uma coisa é dizer, acho que você deveria ser mais glamoroso, ou minha versão de glamour. Mas dizer que não sou nem um pouco glamorosa – é como dizer ‘nunca foi’. Acho que ele talvez precise procurar a palavra glamour. Você questiona meu senso de moda? Eu questiono seu conhecimento da língua inglesa”.

É verdade que as críticas de Jeffrey foram marcadamente não descritivas – como seu uso excessivo do termo “básico”. Mas acho que o discurso de Jimbo é menos sobre o uso do termo “glamour” em particular e mais uma liberação de ressentimentos ao longo da competição. Jeffrey não gostou de Jimbo, repreendendo-a sobre sua administração de tempo e, em seguida, dando-lhe as boas-vindas à competição depois que ela ganhou um desafio. Não estou surpreso que Jimbo esteja farta. Não acho que sua passarela nesta semana seja digna de uma crítica tão forte, e certamente não deveria ter sido o suficiente para pontuá-la abaixo de Rita.

É o que acontece, porém, quando Rita é salva antes de Jimbo, apesar de seu fraco desempenho no desafio. Sua passarela aumentou sua pontuação, e foi absolutamente linda, mas ela leva uma pancada por causa da peruca, o que você acha que seria o suficiente para mantê-la firmemente no grupo de pontuação baixa. Em vez disso, Jimbo pega seu lugar.

Acho que o foco na pista tem sido prejudicial para Canada’s Drag Race. Se o painel tivesse bom gosto consistente, claro, isso poderia funcionar. Mas quando a crítica dos looks é tão arbitrária, usá-la como uma parte importante da pontuação pode criar resultados desconcertantes, como visto esta semana. Rita e Jimbo estão com ótimas pontuações, então isso não afeta muito os resultados. Mas é o suficiente para mais uma vez colocar em dúvida o julgamento deste programa.

Uma decisão verdadeiramente inquestionável: Priyanka vence Ilona na dublagem ao som de “Hello” de Allie X. Ilona vai bem, mas Priyanka é um caos engraçado. Ela dá uma interpretação distintamente cômica na música sem perder sua dublagem real no processo. Isso mostra sua competência em vários estilos de lipsync, considerando que a dublagem de “I Drove All Night” foi totalmente dramática. Priyanka se torna a mais recente lipsync assassin da temporada e, em termos de estilos de desempenho variados, destaca-se como um performer superior.

De repente, temos cinco finalistas! Faltam apenas duas semanas de jogo competitivo antes da final. Scarlett finalmente vencerá um desafio? Jimbo vai entrar em uma briga no palco principal com Jeffrey? Rita navegará para a vitória? Priyanka terá que dublar até o fim? E alguém vai duvidar de Lemon novamente depois que ela calar a boca de seus críticos? Tudo isso e mais por vir em Canada’s Drag Race!

>  Ilona Verley lança moletom com sua bunda estampada
>  Impressões da Werq The World Tour, por Saullete

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Allie X, Stacey Mckenzie, Jeffrey Bowyer-Chapman e Brooke Lynn Hytes.

Ilona realmente critica Rita em seu primeiro confessionário, chamando-a de velha: “No final do dia, Rita ainda é uma cidadã idosa e eu não!” Mas isso não é nada comparado com a patada que Jimbo dá em Rita depois que ela deu sua opinião sobre o visual de Jimbo na passarela. Eu entendo que Jimbo está apenas descontando suas frustrações em Rita, mas ouvi-la dizer “Esse cabelo é nojento” em retribuição depois que ela fez uma crítica construtiva é uma loucura.

Lemon é tão naturalmente engraçado em seus confessionários (“É um novo dia na sala de trabalho e todas essas vadias me odeiam!”), mas eu não a curti citando diretamente o “Isso é muita emoção para [alguém]salvo” de Trixie Mattel no All Stars 3 em referência a Scarlett. Por um lado, ela é mais engraçada sozinha; por outro lado, Trixie estava se referindo à explosão emocional de Milk depois de apenas dois episódios. Scarlett está em sete episódios, várias colocações no top e a única dos cinco finalistas sem uma vitória. Situações realmente não comparáveis!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Interessante que Priyanka realmente notou que o show pulou o mini-desafio desta semana. Não tenho certeza se alguma concorrente em RuPaul’s Drag Race já notou um salto como esse.

Fique atento para ver se a vulnerabilidade de que Rita e Brooke Lynn falam na sala de trabalho retorna. Se Rita não está destinada a vencer nesta temporada, podemos ver isso sendo usado contra ela nas últimas semanas. (Engraçado, foi exatamente isso que aconteceu com Brooke Lynn na 11ª temporada)

Devo admitir que não sabia muito sobre Michelle DuBarry. Mas eu amo que a série não apenas nos ensinou sobre ela durante os momentos de maquiagem na sala de trabalhos, mas também deu a ela tanto destaque como jurada. Ela é uma piada absoluta – “É isso? Estou indo para casa” – e embora pareça haver alguma controvérsia sobre quem exatamente é a drag queen viva mais velha (aparentemente o Guinness revogou o título dela e o deu à rainha americana Darcelle XV em 2016), o fato dela ter trabalhado como drag por décadas é inegável. Que lenda ter no programa, e estou ansioso para aprender ainda mais sobre ela agora.

>  #03 | Drag Race AS3E02: Divas Lip Sync Live
>  DRUK S1 | Entrevista: Vinegar Strokes

Enquanto seu julgamento permanece questionável, direi que gostei de Jeffrey como o anfitrião do concurso drag. Conseguir interpretar um personagem parece ajudá-lo, o que esclarece por que ele brinca ao ler o diálogo de apresentação. Infelizmente, esse personagem não funcionou tão bem.

Dito isso, devo presumir que o clipe de Jeffrey dizendo: “Não tenho ideia do que está acontecendo agora” terá um uso substancial no Twitter. Foi feito para virar meme!

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

Então este episódio merece 4 coroas!

Confira os looks individuais a seguir:

>  CDR S01E07 | Runway | Pageant Perfection

Recap por Xtra. Para ler mais sobre a S1 de Canada’s Drag Race clique aqui.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

Entrevistas

Priyanka fala sobre sua vitoriosa trajetória em Canada's Drag Race, o que sua coroa representa para pessoas não brancas, “ameaça” Ilona, manda mensagem para...

RPDR

Com a temporada 2020, RuPaul’s Drag Race totalizou 19 Emmys ao longo dos anos e fez história ao se tornar o reality recordista da...

All Stars

Saiba como as drag queens são selecionadas pelos produtores para participarem de RuPaul’s Drag Race All Stars.

Drag Queens

Jaida Essence Hall, postou um emocionante depoimento em suas redes sobre sua trajetória em RuPaul’s Drag Race.

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.