Conecte-se conosco

Babados

DRUK | Sum Ting Wong recebe apoio dos pais após revelar ser LGBT e drag

Publicado

on

🕓 3 min de leitura

Sum Ting Wong e marido na festa de lançamento da S1 de Drag Race UK

No segundo episódio de Drag Race UK, Sum Ting Wong revelou às suas irmãs de competição Scaredy Kat e Vinegar Strokes que seus pais não estavam cientes de sua carreira de drag e não sabiam que ela morava com seu parceiro há cinco anos:

“Eu acho que é uma coisa cultural. É um pouco diferente ser chinês de primeira geração. Eu tinha cerca de 12 anos de idade quando disse ao meu pai que era gay e ele me ignorou, por isso não falei mais sobre [minha sexualidade] desde então… Eu não quero jogar na cara deles como ‘Ahh, você tem um filho gay’. Ter esse lado de mim completamente alheio a minha mãe e meu pai parece que eu não vou deixá-los aproveitar o meu sucessos também”.

>  Gloria Groove apresentará reality de drags na Netflix Brasil
>  S11 | Prévia do 5º episódio

Scaredy Kat, Sum Ting Wong e Vinegar Strokes no segundo episódio da S1 de Drag Race UK

Logo após a exibição do episódio, Sum Ting escreveu no Instagram que foi o episódio “mais difícil” para ela assistir, porque ela raramente se abre sobre seu relacionamento com os pais e “nunca o fez corretamente”. Para a rainha sua participação em Drag Race UK foi a oportunidade perfeita para dizer quem ela realmente é, embora sua mãe “sempre tenha imaginado” que ela é gay, mas nunca a perguntou por respeito. “Ela não é estúpida, rs”, brincou. Confira a seguir o relato completo da queen.

>  Barraco Drag: Yvie Vs. Raja e Aquaria
>  S6 | Divulgação

“Este foi o episódio mais difícil de Drag Race UK para eu assistir, pois é algo que a menos que eu seja pressionada a falar sobre, eu raramente menciono. Eu nunca me assumi da forma correta para meus pais.

Crescendo em uma família oriental tradicional, eu sempre soube que era um pouco diferente, mas, sendo o primeiro filho de uma família chinesa/vietnamita de primeira geração, senti que tinha o mundo nos ombros e a responsabilidade de ser o ‘filho perfeito’. Meu pai sempre me dizia: “Você e seus irmãos são como um trem, você é o mais velho e a frente do trem; e se você sair do curso, seus irmãos também sairão”, então eu sempre senti que tinha a responsabilidade de ser normal, para ser exatamente o que meus pais queriam para mim, mas esse não foi o caso.

Sum Ting Wong criança

Eu senti que ser gay seria a carga que quebraria as costas do camelo e eu perderia todo o respeito dos meus pais, porque eu seria o primeiro homossexual (bi/poli na verdade, mas isso é outra história) enquanto eu vivesse, e eu faria tudo para manter isso longe deles. Todos os meus sucessos, todas as minhas realizações, meu parceiro de 6 anos que eu amo muito, escondido para sempre.

‘Você é um homem grande, tem coragem de me dizer que é gay. Eu tenho um filho gay! E eu não ligo! E se alguém disser ‘seu filho é gay’, eu não ligo! Porque eu te amo, você é o melhor filho, meu primeiro filho, meu filho favorito’.

>  #81 | RuPaul’s Drag Race All Stars 5 pt. 1
>  S10E04 | Runway | Martian Eleganza Extravaganza

E não sei dizer quanto tempo esperei para ouvir essas palavras, eu só queria compartilhar minha história, porque eu sei que alguém aqui fora está na mesma situação que eu. Você não precisa se apressar, mas com o tempo tudo acontece por um motivo.

Gostaria de agradecer a Drag Race UK, World of Wonder por finalmente deixar eu ser a minha melhor versão de mim mesma, minha homossexualidade sem remorsos, com todo mundo que eu amo, beijos”.


Para ler mais sobre a S1 de Drag Race UK clique aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.