Conecte-se conosco

Babados

RuPaul acha que fazer sexo é superestimado

Publicado

on

🕓 2 min de leitura

Durante um episódio recente de seu podcast, RuPaul foi sincera com a convidada Cara Delevingne sobre sexo. De acordo com o apresentador de Drag Race, transar é um pouco superestimado.

“Eu diria que provavelmente posso contar em duas mãos a quantidade de vezes que eu gostei de fazer sexo”, disse Ru na última edição de What’s The Tee? Com a co-apresentadora Michelle Visage. “Provavelmente em duas mãos, talvez em uma mão, talvez minha mão direita”.

“Eu sei que nas músicas e nos filmes eles nos dizem que devemos realmente gostar… somos forçados a dizer: ‘Oh, isso é a melhor coisa'”, explicou a lenda drag, que vive numa fazenda em Wyoming com seu marido, o pintor australiano Georges LeBar.

“Eu gosto de rir mais do que gosto de fazer sexo”, admitiu RuPaul.

>  Uma Década de Drag Race | S1 | Ongina
>  Blair St. Clair não será presa por violar ordem judicial
>  #73 | A grande estréia de RuPaul’s Drag Race S12, Ep1/Ep2

Delevingne, que foi jurada convidada do quinto episódio da S11 de Drag Race, concordou que “o riso no sexo é tão importante. Porque você assiste a filmes e fica tipo… assim que será o sexo quando você transar, e você fica tipo: ‘Uau’”.

A modelo bissexual e atriz também se abriu sobre sua própria vida sexual, admitindo que acha:

Muito difícil receber prazer e amor e coisas do tipo, então eu amo dar [prazer e amor]. É diferente com homens e mulheres. Para mim, sou sempre muito submissa com os homens, sempre. Mas então, com as mulheres, sou o oposto”.

Delevingne, que está namorando Ashley Benson, de Pretty Little Liars, confessou que, embora fosse uma garota festeira:

“Atualmente prefira fazer sexo do que sair”. Ela também disse que “parte do sexo – essa conexão – é feroz. Você conhece alguém, mas quando você entra no quarto, é outro animal. Para mim, isso é tão interessante. Há certas pessoas que são super-sexy e elas flertam com você, então você faz sexo com elas e elas são terríveis. Mas eu gosto de pessoas que parecem realmente pudicas, quando entram no quarto, elas ficam tipo “O que?!” É como uma transformação completa”.

Delevingne também explicou que ela não tem pudores. “Se eu entrar em uma sala e todo mundo estiver fazendo sexo, provavelmente vou participar”. Vamos torcer para RuPaul não esteja na sala.

Via OUT.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.