Conecte-se conosco

Drag Queens

Dancing Queen | Alyssa Edwards fala da série na DragCon NY

Publicado

on

🕓 2 min de leitura

Enquanto a maioria de nós conhece Alyssa Edwards como sendo a rainha roubada de fazer o top 3 de RuPaul’s Drag Race All Stars 2, a diva do “estalo de língua” é muito mais do que uma rainha peculiar. Ela é uma dançarina, professora e uma inspiração.

É estranho pensar no dubladora assassina como sendo inspiradora, mas a verdade é que Alyssa, ou melhor Justin Dwayne Lee Johnson, é. E a sua Dancing Queen, série Netflix, mostra a verdadeira profundidade da rainha All Star.

Na DragCon NY no último fim de semana, Alyssa não só mostrou os primeiros 11 minutos do primeiro episódio de Dancing Queen para uma sala lotada, ela também falou sobre o processo da série. Durante a entrevista, ela mostrou a todos os fãs presentes sobre a outra metade dela que as pessoas podem não saber: Justin, um instrutor e dono de um estúdio de dança de elite em Mesquite, Texas.

“Eu comecei meu estúdio de dança em uma garagem. Beyond Belief é meu primeiro amor”, revelou Alyssa.

Alyssa trouxe dois ex-alunos – agora professores da Beyond Belief – que trabalham com Justin há mais de doze anos. Com a ajuda deles, ele discutiu como ensina as meninas na cidade conservadora de Mesquite.

“Eu sou um professor de amor de ferro. Não é meu trabalho dizer a você e tranquilizá-lo todos os dias. Mas eu vou moldar você para ser uma dançarina de sucesso. Eu vou ser como Debbie Allen e comandar essas crianças por aí”, contou Alyssa.

Mas a quantidade de amor que Justin tem por seus filhos é a de um pai verdadeiro. É claro que ele faria qualquer coisa para ajudar seus alunos a ter sucesso. Ele não ensina apenas seus alunos a dançar, ele os ensina a viver, perseverar e serem boas pessoas.

“Você me ensinou como ser minha própria estrela e como ser uma boa pessoa e um líder. Eu sou muito grato por isso”, disse um ex-aluno a Justin no palco.

O show de Justin é filmado em estilo documentário e é muito mais no estilo de Queer Eye do que de Drag Race. Você começa a ver Justin interagir com suas alunas e também com as mães mais “agressivas” das dançarinas.

Vamos ser claros. Não há nada como as mulheres do Texas.

Disse Justin sobre as mães em seu estúdio de dança.

>  Plastique Tiara defende Yvie Oddly de ataques de fãs

Você também tem um vislumbre do que é ser um homem gay extravagante na pequena cidade texana.

“Temos pessoas que são super conservadoras, mas elas ficam tipo ‘somos gratas por você estar aqui para as crianças’.

Alyssa, em seguida, concluiu a palestra dizendo: “O show, acima de tudo, vai ser inspirador”.

>  Dancing Queen, série da Alyssa Edwards na Netflix

Todos os episódios de Dancing Queen estarão disponíveis na Netflix em 5 de outubro.

Assista ao trailer de Dancing Queen abaixo!

>  Blair St. Clair fala sobre sobriedade e o estupro que sofreu

Via OUT.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2019 © Todos os direitos reservados.