Pela primeira vez RuPaul’s Drag Race tem modelo trans, Laith Ashley, como Pitcrew

Modo Noturno

No último episódio de RuPaul’s Drag Race (S10E09) um novo marco na representatividade de gênero do show foi atingido, quando escalaram um modelo trangênero entre os pitcrew (os ajudantes seminus e sarados que ajudam as drags em alguns desafios).

O modelo, Laith Ashley, apareceu durante o mini-desafio Pants Down Bottoms Up, em que as queens tinham que pedir aos modelos para abaixarem suas calças e verem suas cuecas, aí as drags teriam que fazer o mesmo com outro modelo em busca do par correspondente de cueca.

>  S10 | Divulgação
Laith é o modelo de placa número 7.

Laith, é natural de Nova York e um dos modelos trans mais proeminentes do mundo. Ele já fez campanhas para marcas famosas, como Diesel. Em 2016 participou do reality Strut, do canal dos EUA Oxygen, que acompanhava os membros da primeira agência do mundo de modelos trangêneros.

>  S10E04 | Runway | Miami Summer Realness

No Twitter, Laith agradeceu todo carinho e apoio que recebeu das pessoas após aparecer em Drag Race: “Eu preciso agradecer todos os comentários que tenho recebido pela minha participação em RuPaul’s Drag Race. Eu estou encantado. Um grande obrigado à RuPaul e World of Wonder [produtora do reality]”.

Além da carreira de modelo, Laith também é cantor. Suas músicas tem uma pegada r&b e pop, tipo Before You Go (de 2017) que você confere no player abaixo. No Instagram o modelo tem mais de 200 mil seguidores, na rede posta mensagens positivas e fotos de suas campanhas.

>  Por dentro do processo seletivo de RuPaul's Drag Race

Com informações da Advocate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here