Conecte-se conosco

Moda

Dragula S3 | Comentários e looks do episódio 06

Publicado

on

🕓 6 min de leitura

Hello uglies! Após algumas semanas de atraso, causadas pelas confusões que Amazon nos fez atrasando e adiantando os episódios, nós voltamos para comentar os episódios e os looks do reality mais repulsivo da internet. Dessa vez, vamos fazer uma versão resumida do episódio 06.

Após uma triste eliminação no ultimo episódio, Dragula volta com uma grande missão: continuar a temporada sem Hollow Eve. A queen era uma grande personalidade que movimentava o boudoir gerando discussões e questionamentos. Outro grande desafio é superar o último episódio, cheio de looks incríveis e participações maravilhosas.

EP 06 HOSPITAL DO HORROR

Logo no começo os competidores discutem sobre a eliminação de Hollow e seu posicionamento durante o ultimo episódio. Dollya se sentiu incomodada pelo som pedante de Hollow, já Landon, como mulher cis, disse que algumas vozes precisam falar mais altas e soar mais agressivas que as outras, para que possam ser ouvidas. No final das contas Eve sempre será um personagem icônico que está abrindo portas para várias expressões artísticas.

A sirene do recreio toca e as Boulet soltam a bomba: O desafio da semana será criar um look baseado em hospital de horror e os competidores terão de posar para um photoshoot dentro de um hospital abandonado. Assim que todos voltam para o boudoir, Louisiana compartilha uma história sobre quando ficou doente e pelos seus trejeitos os médicos pediram um teste de HIV, ao saber disso sua mãe ameaçou expulsa-la de casa. Dollya também compartilhou sua história sobre aceitação de seus pais, como eles se arrependem e agora apoiam sua carreira drag.

Durante a semana do episódio Louisianna participou de uma incrível campanha de sua cidade sobre prevenção de HIV:

Let’s get pooky spooky:

Dollya Black

Dollya se inspirou em ”Ilha do Medo” e nos tratamentos com sangue suga, eu realmente consegui enxergar tudo disso lá, porém o look era muito pedestre comparado as outras queens e até mesmo comparando com qualquer look da própria Dollya.

Seria basicamente uma peruca loira e uma roupa de hospital se Dollya não desse tudo de si nas fotos e conseguisse shoots interessantes que conversassem com seu personagem. Porém, não podemos deixar passar que além de bem simples Dollya ainda teve o descuido de fazer uma publi da Kanvil Klein e mostrar sua cueca durante a Runway, Antes fosse uma fralda geriátrica, assim ao menos conversaria com o tema hospitalar. Toot, mas só pelo conceito…

Esse look merece: 3 coroas!

Maddelynn Hatter

A inspiração de Madd foram as enfermeiras sexualizadas dos filmes clássicos de terror. Nessa semana, mais uma vez, a queen usou uma peruca vermelha, mas dessa vez eu consegui interpretar de uma forma diferente e menos exigente: Madd está apenas se divertindo dentro do programa!

O look da queen foi extremamente genérico e parecia barato, seu reveal lembrava o conceito de sua montação do segundo episódio, pois além de toda a referencia trash de enfermeira de terror, sua personagem também era demoníaca (???).

Não precisamos falar de que era um macacão e uma capa né? BOOT.

Esse look merece: 2.5 coroas!

Landon Cider

Landon, por sua vez, se inspirou em uma critica sobre a medicina ocidental que tem o foco em busca pelo conhecimento. Seu médico louco transmitia todo o conceito que o king imaginou. Como sempre rico em detalhes, Landon possuía uma grande quantidade de acessórios mas mesmo assim tinha um visual bem editado.

O ponto alto dos detalhes foi sem duvida a lace em volta do cérebro que saltava em sua cabeça, tudo isso mostra como Landon pensa milimetricamente sua estética. Mesmo achando que o king sempre carrega um constante ar de party city, com algumas montações que mais parecem fantasias, é impossível negar o grau de complexidade e criatividade em que ele trabalha. SHOOT!

Esse look merece: 4 coroas!

Louisianna Purchase

Lu Lu, estava realmente incrível, por mais simples que possa parecer seu visual uma segunda olhada revela vários detalhes e te leva para o universo da enfermeira de doces do mal, que carrega um fígado no lugar de chocolates e uma pelúcia macabra. Seu personagem era um dos mais interessantes e suas fotografias ficaram incríveis, porém já estamos chegando na reta final e Louisianna precisava de algo que saísse de sua zona de conforto e surpreendesse a todos.

Sua performance, no geral, foi muito interessante, durante o floorshow dava para ver todo o esforço de Louisianna em interagir com os elementos, estava tudo em ordem e a queen mereceu muito seu high. TOOT!

Esse look merece: 4 coroas!

>  Bob Conhece fã de 9 anos no Halloween
>  Kim Chi leva golpe de estilistas e expõe tudo nas redes sociais (pt4)

Priscilla Chambers

Priscila foi de longe a mais criativa dessa semana, além de explorar a folclórica doença da vaca louca, ela ainda por cima trouxe uma maquiagem bem diferente. Bem, no conceito estava tudo maravilhoso, todos sabemos que a execução foi bem abaixo do esperado e não fez jus a todo o esforço da queen.

Dentre os defeitos podemos destacar a barriga mal planejada, a falta de ‘roupa’ ou elementos em seu corpo também puxou o visual um pouco para baixo e dentro desse ‘universo bovino’ existem várias coisas para serem exploradas que Priscilla poderia levar para sua apresentação.

Sua fotografia, por outro lado, estava até interessante, principalmente quando a queen revelou que seu ‘objeto de cena’ era um cadáver real de um bezerro natimorto. Boot consciente de um conceito shoot.

Esse look merece: 3 coroas!

Evah Destruction

Nossa pequena Evah (Evah), também optou por referenciar estéticas clássicas de filmes de terror de hospitais, na verdade, jogos de terror de hospitais, com uma provável ligação ao Silent Hill. Porém, para o azar de Evah seu look passou longe das assustadoras enfermeiras do jogo. A queen, mais uma vez, mostrou um visual básico e nada interessante. Ao lado de um médico louco por conhecimento e uma fantasma doceira, a enfermeira com tumores expostos ficou apagada.

Suas ficaram interessantes e o fato dela incorporar a monstruosidade da personagem durante os ensaios nos mostra o quanto Evah é dedicada em suas performances. Infelizmente não estamos recebendo o mesmo empenho nos looks: BOOT!

Esse look merece: 3 coroas!

Neste episódio o Top foi formado por Dollya, Lousianna e Landon que garantiu seu segundo Win! O bottom foi formado por Evah, que foi salva, Priscilla e Madd, que foram para a extermination.

Neste episódio a prova de extermination era uma versão gigante do jogo Operando, em que os jogadores precisam retirar partes do corpo humano de uma mesa com uma precisão cirúrgica, na versão Dragula, caso a cirurgiã não fosse cuidadosa ela levaria um choque no pescoço. Preciso expressar toda minha empolgação com essa prova pois joguei operando minha infância toda!

>  S10E08 | Runway | Glitterific
>  S12E02 | Runway | Tulle

E assim demos adeus para Madd, que foi morta da mesma forma que a garotinha de ‘Hereditário’ do filme. A queen já estava se esgotando na competição, mostrou para o que veio mas não conseguia evoluir entre as criticas dos jurados e já tinha virado figurante lá no terceiro episódio. Agora restam poucas queens e a final se aproxima, para quem vai sua torcida para levar a coroa e o banho de sangue?

Esse episódio merece: 3.5 coroas!

Confira as fotos do photoshoot no Hospital Abandonado:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia mais sobre a terceira temporada de Dragula aqui.

Toda semana após a exibição de Dragula eu comento o desenrolar do episódio no meu twitter, me segue por lá para comentar o episódio junto comigo. Meu perfil é o @dragliciouz. Até semana que vem!

Compartilhe!
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.