Dragula S03E03 | Floorshow | Monstros do Rock

O tema monstros do rock, da segunda temporada, esta de volta e dessa vez promete arrasar muito mais com os looks incríveis das queens da terceira temporada!

Modo Escuro

Hello uglies, voltamos para mais uma semana comentando os looks do ultimo episódio de Dragula. O desafio dessa semana é derivado do terceiro episódio da segunda temporada: Monsters of Rock!

Boulet Brothers

 

Neste episódio nós finalmente nos livramos das lentes brancas e vestidos longos, ainda seguindo a linha de colocar o headpeace como peça central, o que eu particularmente gosto pois cria uma identidade visual para as apresentadoras, as Boulet trouxeram um visual rock’n’roll e sexy para o palco. O que torna a silhueta icônica é a polidez do visual bem editado, na parte de cima temos um volume anguloso e na de baixo as curvas das irmãs. TOOT, mais uma vêz nossa nota máxima para as rainhas.

Hollow Eve

Hollow assumiu uma forma bem monstruosa essa semana, spikes, chifres, rosto deformado, maquiagem escuro, performance com sangue, um pacote completo para o floorshow. O look era interessante, foge um pouco do esperado para o tema do desafio? Talvez, mas não podemos negar que sua performance foi bastante rock’n’roll essa semana. Analisando o look da semana, Hollow ainda parecer um pouco ‘fantasia’ para mim, isso não é algo negativo quando estamos em dragula, porém a silhueta muito carregada não me conquistou por completo, poderia ser um pouco melhor editado, mas ainda sim é um visual muito interessante e com personalidade. TOOT, 4 COROAS!

Landon Cider

Esse é um dos motivos pelo qual ter um drag king na competição é tão entusiasmante, a infinidade de estéticas não exploradas em realitys é imensa, Landon tem uma vasta biblioteca para brincar sem ter medo de mostrar algo repetido, qualquer persona interpretada por ele soará como novidade. O look da semana estava incrível, algo muito próximo do robbie zombie, e outros muitos barbudos do mundo do rock, Landon trouxe um astro direto para o palco. O chapeu com pelucia combinava com a guitarra, que fez parte do gag da performance, as amarras da jaqueta que revelavam a ‘pele’, as franjas que davam movimento junto ao dread da peruca, um verdadeiro show do rock. SHOOT!! 5 Coroas!

Louisianna Purchase

Louisianna trouxe claras referencias oitentistas para o palco, o look estava ok, bem acabado, mas o foco era sua performance, como sempre uma mulher fatal sexy e flexível. E impossível não comentar que o cabelo cacheado deu o pingo nos i’s ao visual. TOOT, 4 coroas.

Maxi Glamour

Preciso confessar que toda essa história da cara azul de Maxi está começando a fazer sentido na minha cabeça, é todo um universo já estabelecido e que a queen se esforça para encaixar nos temas propostos, sobre o look, estava bem poderoso, algo além da roupa e da maquiagem, a participante estava confiante nesse floorshow. A make muito bem acabada, a pedraria da roupa foi essencial para colocar o Glamour em Maxi e ainda diferenciou às demais, a silhueta limpa e bem construída e minha paixão dessa semana foi essa peruca verde, que deveria ‘descombinar’ de tudo que vimos mas estava perfeitamente coesa. TOOT! 4 Coroas.

>  Dragula | Rumor | Suposto elenco da terceira temporada
>  S10 | Billboard entrevista: Mayhem Miller
>  AS4E01 | Runway | Entrada

Evah Destruction

Evah tinha um embasamento, falou suas referencias, uma jaqueta com seu nome… Mas não me convenceu muito. Eu entendo o universo do look, os artistas, principalmente dos anos 80/90, a performance também era bem clara, mas o visual era simples, muito simples, beirando ao clichê, comparado as outras competidoras que também pegaram referencias humanas e mais básicas, Evah ainda assim estava sem personalidade (no visual). Ganhando por sua performance, realmente boa, seu look do desafio principal era mais interessante do que do desfile. BOOT, desculpe evah, 3 coroas.

Yovska

Yovska buscou referencias distantes essa semana, mesmo que visualmente interessante, particularmente eu amei, ainda é algo dificil de entender de onde vêm, o motivo de ser um visual rock’n’roll. Sim, esse é mais um momento Loris/Erika Klash, a queen outsider que mesmo fazendo um bom trabalho esquece de que está em um competição e vai ser julgada por isso, é muito importante passar mensagens claras para que todos consigam entender o que se passa. O look em geral tem sim seus defeitos, a parte de cima é complexa, com glitter, uma maquiagem chamativa, enchimentos e tudo mais, o resto, da cintura pra baixo, é pobre e parece estar ali sem motivo, pois até mesmo o sapato que seria uma peça chave, pareceu desconfortável e desforme. Ainda não é um visual ruim no geral, eu gosto da maquiagem, da peruca principalmente, que parece uma ironia visual, mas tem MUITA coisa ali que não esta conversando. BOOT, 3 coroas.

Priscilla Chambers

Essa é uma aula de como transformar algo simples em interessante, mesmo sendo um visual preto e apoiado no couro, um clichê/clássico quando o assunto é rock, Priscilla conseguiu colocar camadas, dando profundidade ao personagem, não só esteticamente quanto na sua performance, um exemplo disso são as botas que se encontram na cintura, por baixo uma meia arrastão e por baixo a calcinha. A maquiagem da queen vem me conquistando a cada episódio, os detalhes cartunescos como o contorno da boca e as sobrancelhas douradas deram muitos pontos para Chambers essa semana. TOOT, 4 coroas.

Maddelyn Hatter

Maddelyn mais uma vez parece ter parado no meio do caminho, mesmo esse sendo meu look favorito dos que ela apresentou ainda parece faltar alguma coisa. Primeiramente essa peruca vermelha já ficou cansativa. Sua performance ainda é confiante e animadora, a roupa era bonita, os glitters amarelos saltavam e se destacam, as franjas estavam um pouco de mais, mas confesso que para mim funcionaram ao complementar o visual. A questão é que isso tudo sem um contexto claro passava uma mensagem genérica dentro de um look ok. BOOT, 3 coroas.

Dollya Black

Eu não sei se é a minha preferencia por Dolya gritando ou se o look estava realmente bom, mas eu nem fiz questão de ir afundo em uma história por trás do visual. É tudo tão grotesco e bizarro, uma maquiagem tão fora desse mundo, uma lupa enorme no MONSTERS no título monsters od rock. Dollya abandonou sua marca feminina para nos entregar algo mais genderfuck mas que ainda conversa com o universo que a queen vêm nos apresentando. O exagero no tamanho das caveiras, as ombreiras que mal cabiam em seu corpo esguio e os detalhes do figurino davam o ar grotesco que Dollya ianda não tinha apresentado. Para mim esse visual conversa com a proposta que a Hollow nos preparou essa semana, eu sinceramente sinto falta de motivos realmente roqueiros, que nos conecte com a questão musical e não só por ser algo visualmente chocante. Mas mesmo assim está incrível, TOOT, 3,5 coroas!

>  S11E06 | Runway | All That Glitter
>  AS4 | Estilista acusa Gia Gunn de ter lhe dado golpe (pt3)

Neste episódios nós tivemos bons looks, escolhas difíceis e outras divertidas de acompanhar. O tema da semana deu abertura para um foco mais expressivo nas performances, isso é muito interessante de assistir. Algumas queens interpretaram o floorshow de um jeito unico e conseguiram trazer coisas originais e se destacar das demais. Mais um ótimo episódio com visuais ricos e monstruosos. 4 coroas para o Monsters of Rock!

Veja os comentários do episódio aqui.
Leia mais sobre a terceira temporada de Dragula aqui.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here