Conecte-se conosco

Hi, what are you looking for?

Babados

Ongina se manifesta sobre Grindr compartilhar sorologia HIV de seus usuários com terceiros

🕓 3 min de leitura

A denúncia foi originalmente feita pela ONG norueguesa SINTEF e publicada pelo site Axios. A informação sobre HIV era enviada pelo Grindr junto com dados de GPS, telefone e e-mail do usuário, para duas companhias contratadas para monitorar como o programa é usado e desenvolver formas de aprimorá-lo.

O SINTEF explicou que, desta forma, seria possível identificar os usuários. “O status de HIV estava ligado a todo resto, esse é o principal problema”, disse a organização ao site BuzzFeed.

O Grindr confirmou que, de fato, compartilhava estes dados com as empresas Apptimize e Localytics e, em um comunicado enviado à BBC Brasil, defendeu que essa é uma prática comum na indústria de aplicativos para lançar novas funcionalidades e resolver problemas.

>  Chloe x Halle se apresenta com rainhas de Drag Race

“Qualquer informação que fornecemos a nossos parceiros de software, inclusive o status de HIV, é criptografada, e em nenhum momento compartilhamos dados sensíveis como o status de HIV com anunciantes”, disse a empresa.

Antoine Pultier, cientista da SINTEF que detectou o envio desses dados, explicou à BBC Brasil que conseguiu “quebrar a criptografia” usada para garantir a segurança das informações. “Criamos dois usuários falsos e, com a ajuda de um computador, um programa e dois celulares, interceptamos a transmissão das informações.”

O Grindr não esclareceu se dados de usuários brasileiros também eram compartilhados com terceiros. Diante da polêmica, a empresa anunciou ter parado de enviar essas informações para outras empresas.

“Esse é mais um incidente de uma série que faz aumentar ainda mais a preocupação com a forma como dados pessoais são coletados, armazenados e usados por várias plataformas”, diz Carlos Affonso, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-Rio).

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Neste caso, a diferença é que ser portador do vírus HIV é uma das informações mais sensíveis que se pode ter, e isso requer um tratamento especial.”

>  AS5 | Shea Couleé revela que voltará num All Stars

Informações da BBC Brasil.

Declaração de Ongina

Ongina, drag queen que declarou na primeira temporada de RuPaul’s Drag Race ser HIV+ e hoje é uma ativista em prol de pessoas soropositivas, usou seu twitter para se manifestar contra tal prática do Grindr.

“Discutimos isso em nosso podcast, hoje, e é muito preocupante que o Grindr faça isso. Eu sei que é um site público e os usuários têm a opção de compartilhar ou não seus status, mas duvido que eles soubessem que seriam compartilhados fora do aplicativo Grindr. Isso coloca as pessoas em risco… (pt1)

>  Fã com doença terminal verá o novo filme dos Vingadores antes da estreia

(Pt2) Para alguns que divulgam seu status soropositivo em aplicativos de namoro como Grindr é um grande passo. Especialmente com o estigma, mas acho ótimo ser franco e honesto, para que ambas as partes possam ter um bom e saudável sexo (ou relacionamento). Mas compartilhar essa informação com terceiros não é legal.

Por fim, trabalhei para essa empresa no passado e tive a melhor interação com sua equipe. Mas infelizmente não concordo com essa prática”.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Veja Também

RPDR

Com a temporada 2020, RuPaul’s Drag Race totalizou 19 Emmys ao longo dos anos e fez história ao se tornar o reality recordista da...

All Stars

Saiba como as drag queens são selecionadas pelos produtores para participarem de RuPaul’s Drag Race All Stars.

Drag Queens

Jaida Essence Hall, postou um emocionante depoimento em suas redes sobre sua trajetória em RuPaul’s Drag Race.

Season 12

Na atual temporada de premiações, RuPaul’s Drag Race tem feito bonito e levado várias estatuetas do Emmy 2020 para casa, confira quais prêmios o...

Propaganda

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.