Conecte-se conosco

All Stars 5

Jujubee, Miz Cracker e Shea Coulee, quem merece o hall da fama de Drag Race?

Com um top 3 tão forte e consistente, qual rainha merece levar a coroa do All Stars 5: Jujubee, Miz Cracker ou Shea Couleé? Confira a análise final do desempenho dessas rainhas!

Compartilhe!

Publicado

on

🕓 5 min de leitura

Durante oito semanas acompanhamos dez competidoras incríveis, mas nem sempre bem aproveitadas, disputarem a atenção dos jurados e votos de suas rivais em uma das edições mais insatisfatórias de RuPaul’s Drag Race All Stars, que chega ao fim com um top 3 consistente: Jujubee, Miz Cracker e Shea Coulee.

JUJUBEE

A rainha que deu o ar de sua graça pela primeira vez na S2 de Drag Race e posteriormente no AS1, mostrou semana após semana porque é uma das favoritas do fandom. Com um carisma de fazer inveja em muita celebridade do time A de Hollywood, Jujubee nos conquistou pela sua simpatia e humor afiado. E pelo visto a terceira vez é realmente um charme, pois finalmente pudemos acompanhar as habilidades de Juju para além do humor, pois arrasou na atuação, costura e canto, provando que sua arte segue mais atual do que nunca.

Foi ótimo assistir a lenda asiática brilhar por conta própria sem Raven a tiracolo, como ocorreu no AS1 e Drag U. E mais lindo ainda foi vê-la finalmente vencendo um desafio principal, o que ainda não tinha rolado em nenhuma participação anterior dela no show, o que emocionou a todos pela tão merecida e esperada conquista.

Com um win na bagagem, mesmo que não vença, Jujubee já tem garantido seu lugar no Hall da Fama de Drag Race por aclamação popular.

>  S12 nos presenteou com a reunião das melhores amigas de RuPaul
>  S11 | Rumor | Spoilers do 12º episódio

MIZ CRACKER

A filha drag de Bob The Drag Queen, saiu da S10 com fama de amargurada por não ter aceitado muito bem a vitória de Aquaria e por deixar que seu sabotador interno falasse mais alto na maioria dos desafios que enfrentou.

Ao chegar no AS5, a impressão inicial era de que a Miz Cracker da S10 se faria presente também nesta temporada, especialmente por começar sua corrida entrando em atrito com Ongina, ao desmerecer seu trabalho, e Alexis Mateo, com quem teve discussões acaloradas, nos remetendo aos conflitos da rainha com Aquaria.

Contudo, após sua primeira vitória, Miz Cracker acordou para o jogo e deixou que sua cabeça não tirasse o melhor dela. Embora razoável no improviso, quando lhe foi apresentado desafios de comédia roteirizada Miz Cracker brilhou com suas piadas inteligentes e sagazes. E na costura também fez bonito, vencendo um desafio de design e comédia.

Tendo conquistado três maxi-challenge, a grande vitória de Miz não foi apenas na corrida, mas especialmente ao superar seus demônios internos não deixando-os derrubá-la. Assim ao focar no que é boa, sua arte e em ser uma grande competidora, Cracker busca seu lugar entre as campeãs do All Stars.

>  S12 | RuView do segundo episódio
>  AS4 | Comentários do 10º episódio, Grande Final

SHEA COULEE

A rainha de Chicago chegou na competição com um grande alvo nas costas, por ser considerada a “mais cotada” da temporada, pois de todas do elenco, ela teve o melhor desempenho em sua participação original. Tirando sua queda no terceiro episódio que rendeu bom drama para TV, seja ao receber dois votos para ser eliminada ou pela falsa campanha para eliminá-la, Shea foi consistente em sua jornada mantendo-se sempre entre as melhores na maioria dos desafios.

Assim como na S9 Shea arrasou na dança, música, atuação e comédia, foi pacote completo de verdade. Suas passarelas foram impecáveis, com looks de tirar  fôlego. E neste caso, justiça seja feita, a queen recebeu algumas críticas injustas sobre seus visuais apenas para justificar sua não-vitória no desafio da semana, pois foi de longe aquela que teve, em média, os melhores looks da edição.

Mas dessa vez Shea foi mais contida em sua passagem por Drag Race. Com uma postura mais comedida, a rainha foi praticamente uma Miss Simpatia, sempre com discursos prontos sobre trabalho em equipe e valorização da arte drag e comunidade LGBT. Aquela rainha da S9 que não levava desaforo para casa não se fez presente desta vez, talvez por já conhecer o fandom insano do show, ela preferiu se abster de se envolver em polêmicas e assim ficar longe dos ataques racistas e de ódio.

Contudo, quem não deu sossego para Couleé não foi nenhuma de suas concorrentes, mas a produção e RuPaul, que enfatizaram por vários episódios seu trauma passado vivido no próprio show: a fatídica derrota da rainha durante o lipsync for the crown na S9 em que as pétalas de rosas de Sasha Velour selaram seu sashay away. Entretanto, Shea assumiu o controle da narrativa e mostrou maturidade em aceitar que sua derrota na S9 foi dura. Mas isso já é assunto superado e águas passadas, pois agora com 2 wins nas costas, a drag está pronta para assumir seu lugar no Hall da Fama de Drag Race.

>  RuPaul revela que celebridade faria no Snatch Game
>  AS5 | Rumor | Spoilers do sexto episódio

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Qualquer que seja a rainha que sairá vitoriosa, isso não tirará o gosto amargo que esta temporada deixou em nossas bocas devido as várias decisões e críticas controversas por parte dos jurados e também das rainhas com seus votos muitas vezes injustos, eliminando antes da hora grandes competidoras, beijos Mariah. Outro fator negativo foi a busca insistente por drama, que culminou em mais injustiça, afinal ainda estamos digerindo o fato de Alexis ter sido eliminada por uma mentira inventada por India Ferrah que deixou as competidoras desconfiadas da honestidade de Miss Mateo no jogo. Torço para que a produção siga os exemplos das edições britânica e canadense e volte às suas origens, focando mais na competição e menos no reality.

Diferentemente de outras temporadas All Stars, nesta quinta edição temos um top 3 muito forte e consistente e qualquer uma das três que vencer será justo. Embora eu acredite que a coroa irá cair no colo de Shea Couleé por uma questão de “justiça” que o fandom clama desde que ela perdeu a nona temporada, o que se reflete na rainha conquistando a maioria dos votos populares nas redes sociais.

E aí, para qual drag vai sua torcida: #TeamJujubee, #TeamMizCracker ou #TeamShea?

Para ler mais notícias do All Stars 5 clique aqui.

Compartilhe!

Saullete é preto, gay e comunicólogo que criou a Draglicious com o intuito de compartilhar com outros fãs seu amor pela arte drag e por Drag Race. Além de informar e entreter seu público, Saullete levanta discussões relevantes para amantes da arte drag e para a comunidade LGBT.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

We're born naked & the rest is drag. Portal de notícias, humor e babados sobre RuPaul's Drag Race, drag queens, arte drag, comunidade LGBTQ+ e cultura pop.

Contato: draglicious@outlook.com

Draglicious 2020 © Todos os direitos reservados.