S11 | Plastique Tiara fala sobre início de sua arte drag

“Enquanto todos estavam ocupados aprendendo sobre Mariah, aos 17 anos eu criava arte" - Tiara, Plastique.

Modo Escuro

Plastique Tiara, drag queen da décima primeira temporada de RuPaul’s Drag Race, usou seu Instagram para falar como deu início a sua vida drag. Confira a seguir.

>  DRUK S1 | Cheryl Hole promete “drama e confusão”
>  S11 | Rumor | Spoilers do terceiro episódio
>  AS4 | Cinco rainhas negras, cinco desculpas para o fandom de Drag Race ser racista

Enquanto todos estavam ocupados aprendendo sobre Mariah Carey, esta era eu aos 17 anos, no meu banheiro com um anel de luz caseiro, feito de papelão e luzes de Natal, fazendo ensaios fotográficos e criando arte. Arte era minha saída, minha fuga do mundo, um lugar onde eu podia ser eu mesma. Tendo crescido com muitas inseguranças, fui atraído por diferentes tipos de beleza em todo o mundo, e desde então eu queria expressar uma mensagem de que a beleza realmente existe quando se está feliz consigo mesmo. Eu queria frequentar escola de artes, mas não tinha dinheiro, então drag se tornou minha salvação abençoada. Eu nunca fiz drag ou esses tipos de arte para serem vistos apenas como “lindos”. Eu fiz isso porque foram as primeiras decisões que eu pude fazer por mim na minha vida. E eu fiz porque me fez feliz!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here