RuPaul e Nirvana, a história por trás da foto mais épica do VMA

Modo Noturno

Há algumas imagens que definem os MTV Video Music Awards, fotos por excelência do programa que surgem ano após ano. Rose McGowan andando no tapete vermelho com Marilyn Manson, exposta em um vestido desnudo; Britney Spears com uma cobra em volta do pescoço; Kanye West encolhendo os ombros depois de interromper o discurso de aceitação de Taylor Swift.

Mas há um certo conjunto de imagens para as quais temos um verdadeiro ponto fraco: uma série do VMAs de 1993 com RuPaul, Kurt Cobain, Dave Grohl e Krist Novoselic do Nirvana, e Courtney Love alegremente acenando para a câmera, com a bebê Francis Bean Cobain chorando nos braços de Ru. Desculpe usar excessivamente “icônico”, mas o que são estes se não icônicos ao extremo? Observe o sorriso largo de Grohl.

Em uma entrevista com o AV Club, RuPaul revelou a história por trás das fotos. “Eu, literalmente, conheci o Nirvana no tapete vermelho do MTV Awards, e Kurt Cobain me disse: ‘Você sabe, nós fomos ver você se apresentar em Seattle, mas você já tinha se apresentado e ido embora na hora que chegamos lá.’ Porque foi uma daquelas apresentações em que acho que eu poderia ter chegado às 10 ou tipo assim, e isso me fez cócegas”, contou ele.

>  Drag Me Down the Aisle | Drag queens realizam casamento dos sonhos em programa especial

Todos os membros do Nirvana eram grandes fãs de RuPaul e entendiam sua arte. “Essas são crianças que vêm da mesma mentalidade irreverente, hippie e boêmia da qual eu venho”, continuou Ru. “Então é claro que eles vão gravitar em direção ao que eu estou fazendo. E muitas pessoas não entendem isso. Muitas pessoas não têm esse programa de computador para entender o que é isso, essa irreverência, essa ruptura que é drag. Muitas pessoas se ofendem com isso e isso é o fim”.

>  Segredos dos 10 anos de RuPaul's Drag Race, pt3

“Então Kurt Cobain, Courtney Love e os outros garotos da banda adoraram, e você pode ver isso em seus rostos quando eles estão tirando as fotos. Eles não estão vaiando ou tratando como uma piada. É tipo, ‘Isso é legal pra caralho’”.

RuPaul foi uma influência importante nos rockstars. Cobain frequentemente brincava com representação de gênero, e Courtney Love sempre foi inspirada por drag, dizendo ao Gay Times que seu “primeiro ano aprendendo como ser um astro do rock era apenas sair com drag queens”. Eles sabiam que as fotos seriam “legais”. Além de sua música, Cobain, Love e RuPaul são todos conhecidos por seu estilo, pela capacidade de criar momentos inesquecíveis. Eles claramente fizeram um acontecer aqui.

Nirvana e RuPaul mantiveram um relacionamento importante, ainda que breve. A banda até apareceu no especial de Natal de Ru naquele ano, cantando “We Wish You a Merry Christmas”. Foi ao ar apenas alguns meses antes de Cobain morrer em 5 de abril de 1994.

>  Aja vai focar mais em carreira musical e menos em drag

Courtney Love apareceu como jurada convidada na décima temporada de RuPaul’s Drag Race. “Acho que drag e o punk vêm do mesmo lugar – um lugar para viver a sua verdade e quebrar as regras”, disse ela ao Yahoo. “Drag queens não tem medo de empurrar limites todos os dias, e você tem que empurrar limites no punk também”.

Seu episódio foi ao ar no 26º aniversário da morte de Cobain.

RuPaul também se reuniu com Frances Bean este ano. Ela compartilhou, no Instagram, em maio a reunião, mas já foi excluída. Contudo, ela ainda, orgulhosamente, exibe sua foto chorando. É o “primeiro headshot” ideal.

Com informações da PaperMag.

DEIXE UMA RESPOSTA

Conecte com




Please enter your comment!
Please enter your name here